Terremoto de Chūetsu de 2004

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Danos causados pelo terremoto de Chūetsu.

Terremoto de Chūetsu de 2004 (中越地震, Chuetsu jishin, oficialmente denominado pela AMJ?) foi um sismo que ocorreu às 17:56 (UTC +9) do dia 23 de outubro de 2004, num sábado, que atingiu uma magnitude de 6.8 MW. O terremoto inicial causou perceptível agitação em metade da ilha de Honshu, incluindo partes de Tohoku, Hokuriku, Chūbu e regiões de Kanto.[1]

Terremoto[editar | editar código-fonte]

O sismo teve início às 17:56 (UTC +9). Segundo a Agência Meteorológica do Japão, o terremoto alcançou uma magnitude máxima de 7 na escala japonesa de Shindo na Prefeitura de Niigata. Segundo a agência o epicentro foi em 37.3° N′ 138.8 E° 00′ {{{6}}} e o hipocentro ocorreu a uma profundidade de 45,8 km.

Danos[editar | editar código-fonte]

Efeitos do terremoto nas ruas de Ojiya.

CE«erca de 8 mil pessoas foram feridas durante o incidente, em Niigata-ken. O maior dano foi o colapso das habitações. A 3 de novembro de 2004, foram confirmadas 69 vítimas do desastre, quando alguns tremores ainda se faziam sentir.[2]

O serviço de trem-bala, também conhecido como Shinkansen, foi seriamente afetado. Houve descarrilamentos, ruas completamente destruídas, liquefação do solo, pontes desabaram e edifícios destruídos. Deslizamentos de terra bloquearam estradas deixando várias aldeias isoladas naquele que foi o pior terremoto registado no Japão desde 1995.[2] [3]

Referências

  1. 新潟県中越地方の地震に伴う地殻変動(第一報) (em japonês) (2004). Página visitada em 13 de junho de 2013.
  2. a b Aid slow to reach Japan quake victims (em inglês). usatoday.com (23 de outubro de 2014). Página visitada em 13 de junho de 2013.
  3. 1964 Niigata earthquake, Japan (em inglês). ce.washington.edu. Página visitada em 13 de junho de 2013.