Texas Instruments

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Texas Instruments
Texas Instruments Inc.
Tipo Pública
Cotação NASDAQ: TXN
S&P 500 Component
NASDAQ-100 Component
Indústria Semicondutores
Fundação 1930 (como Geophysical Service Inc.)
1951 (como Texas Instruments)
Fundador(es) Cecil H. Green, J. Erik Jonsson, Eugene McDermott e Patrick E. Haggerty
Sede Dallas, Texas,  Estados Unidos
Pessoas-chave Rich K. Templeton
(CEO e Presidente)
Empregados 34.759 (2012)
Produtos Eletrônica Analógica
Calculadoras
Processadores de sinais digitais
Processadores de luz Digital
Circuitos integrados
Microcontroladores
Valor
de mercado
Baixa US$12.205 bilhões (2013)
Lucro Baixa US$ 10.807 bilhões (2013)
LAJIR Aumento US$ 2.832 bilhões (2013)
Faturamento Baixa US$ 18.938 bilhões (2013)
Renda líquida Aumento US$ 2.162 bilhões (2013)
Página oficial www.ti.com
A sede da Texas Instruments.
Escritório da Texas Instruments na Califórnia.

A Texas Instruments (ou simplesmente TI) é uma empresa estado-unidense atuante na área de semicondutores, especialmente no mercado de DSPs, microcontroladores e conversores (ADCs e DACs). A TI está sediada em Dallas, nos Estados Unidos.

A Texas Instruments tem criado, desde 1930 e até aos nossos dias, muitas inovações tecnológicas que incluem os primeiros transístores de silício comerciais, o primeiro circuito integrado (junto com a Fairchild Semiconductor) e a primeira máquina calculadora de bolso.

Todavia, tudo começou com a febre dos hidrocarbonetos, e com a procura de métodos e mecanismos que permitissem encontrar poços de petróleo.

J. Clarence Karcher, Eugene McDermott, Cecil Green e Erik Jonsson fundaram, em 16 de Maio de 1930, a Geophysical Service Incorporated, que foi a primeira a especializar-se no método de prospecção através de reflexos sismográficos.

A companhia começou com 12 explorações petrolíferas nos EUA ainda em 1930 e um ano mais tarde estendia as suas operações ao vizinho México para, em 1932, alargar as suas explorações ao vizinho mais a norte, o Canadá.

Ainda na década de 1930, as operações da GSI estenderam-se um pouco por todo o Mundo como por exemplo: Venezuela, Colômbia, Arábia Saudita, Java, Sumatra, Equador, Panamá, Índia e Golfo Pérsico.

Em 1939 o nome da companhia mudou para Coronado Corporation, passando a GSI a ser uma subsidiária da Coronado.

No início da década de 1940, mais concretamente a 6 de Dezembro de 1941, um dia antes do ataque japonês a Pearl Harbor, Eugene McDermott, Cecil Green, Erik Jonsson e Henry Bates Peacock compraram a GSI.

Com os novos donos, a companhia tomou um novo rumo saindo do negócio petrolífero, passando a produzir dispositivos para detecção de submarinos para o governo norte-americano fazendo parte do esforço da Segunda Guerra Mundial.

Em 1951 a companhia assume o nome de Texas Instruments, passando a GSI a subsidiária da Texas Instruments e dois anos mais tarde passava a estar cotada na bolsa de valores de Nova Iorque sob o símbolo TXN.

Na década de 1950 vários acontecimentos marcaram a história da TI, tais como a entrada no negócio dos semicondutores ao estabelecer a Semiconductor Products Division e a Central Research Division; estabelecimento da Texas Instruments Limited no Reino Unido, iniciando assim a sua expansão europeia; Fusão com a Metals Controls Corporation.

Ainda na década de 1950, em 1954, a TI desenhou o primeiro rádio transístor comercial que seria comercializado pela IDEA Corporation e produziu o primeiro transístor de silício comercial e em 1958 o inventor Jack Kilby fez a demonstração do primeiro circuito integrado.

Na década seguinte a TI aposta decididamente na globalização ao estabelecer-se em diversos países europeus, sul-americanos e asiáticos. Em 1967 a TI inventa a primeira calculadora de bolso e dois anos mais tarde os produtos da Texas Instruments equipam a nave espacial, da missão Apolo, que transportou o primeiro homem a pisar a Lua. Ainda em 1969, entrega o primeiro sistema guiado por laser para mísseis da força aérea norte-americana.

Na década de 1970 a TI continuou a expandir-se mundialmente. Em 1971 inventa o micro-computador de um único chip e recebe a primeira patente por esse invento. Em 1973 é estabelecida a Texas Instruments Equipamento Electrónico, Lda., em Portugal. Outra grande inovação ocorreu em 1978 quando a TI apresentou o primeiro chip sintetizador de voz que é o responsável por dar voz a muitos brinquedos e postais.

Nos anos 80 a TI continuou a surpreender o mundo com inovações tecnológicas espantosas, apresentando o chip processador de sinais digitais, um poderoso semicondutor ideal para uma rápida computação matemática intensiva. Em 1985 apresenta o primeiro módulo de memória DRAM de 4 megabits e um ano mais tarde entra no mercado de software comercial com a sua aplicação Information Engineering Facility integrada nas ferramentas CASE.

Ainda em 1987, produz o primeiro microprocessador a 32 bits que incorpora inteligência artificial e um ano depois faz a demonstração do primeiro transístor quântico. A década de 1980 termina com a criação da Information Technology Group (ITG) no sentido de enfatizar a estratégia de desenvolvimento de software.

De uma forma resumida, e porque muitos foram os acontecimentos na década de 1990, destaque-se a visão da TI em concentrar as suas actividades nas soluções digitais para a sociedade de redes. A companhia voltou a ser reconhecida pela qualidade dos seus produtos e serviços e anunciou produtos que iriam de certa forma mudar o modo de vida das pessoas. Algumas das inovações foram a capacidade de integrar 125 milhões de transístores num só circuito integrado, o desenvolvimento de ferramentas para a WWW, aplicações para processamento de sinais digitais e ainda a tecnologia de processamento de luz digital.

Na viragem do século a TI está concentrada nos processadores de sinal digital (DSP) e dispositivos analógicos. Os DSPs e os semicondutores analógicos potenciam uma vasta gama de dispositivos de comunicações desde telefones celulares aos acessos de alta velocidade em banda larga passando pelos leitores de música descarregada da Internet e pelas câmaras digitais de vídeo e fotografia.

A Texas Instruments é líder mundial em processamento de sinal digital e em tecnologias analógicas que são os motores dos semicondutores orientados à era da Internet.

A TI, segundo ela própria, visiona um mundo onde cada chamada telefónica, cada acesso à Internet, cada fotografia, cada música que se ouça, serão tocadas pelo poder dos DSPs e tecnologias analógicas da Texas Instruments.

Lançou a calculadora TI-Nspire.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]