Texas Mexicano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com Coahuila y Texas. Por favor crie o espaço de discussão sobre essa fusão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Perceba que para casos antigos é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e não se esqueça de levar toda a discussão quando levar o caso para a central.
Editor, considere adicionar mês e ano na marcação. Isso pode ser feito automaticamente, com {{Fusão|1=Coahuila y Texas|{{subst:DATA}}}}.
Map of Coahuila and Texas in 1833.jpg

Texas Mexicano é o nome dado à história do Texas no período entre 1821 e 1836, quando o Texas era governado pelo México. A Constituição Mexicana de 1824 juntou o Texas com Coahuila para formar o estado de Coahuila y Tejas.

O primeiro incidente violento ocorreu em 26 de junho de 1832 na Batalha de Velasco. Em 2 de março de 1836, os texanos assinaram sua declaração de independência. A Revolução do Texas terminou em 21 de abril de 1836 quando Santa Anna foi tomado como prisioneiro após a Batalha de San Jacinto. Apesar do Texas então se autogovernar como a República do Texas, México se recusou a reconhecer sua independência.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Anderson, Gary Clayton (1999), The Indian Southwest, 1580–1830: Ethnogenesis and Reinvention, Norman, OK: University of Oklahoma Press, ISBN 080613111x 
  • Barr, Alwyn (1996), Black Texans: A history of African Americans in Texas, 1528–1995 (2nd ed.), Norman, OK: University of Oklahoma Press, ISBN 080612878X 
  • Barr, Alwyn (1990), Texans in Revolt: the Battle for San Antonio, 1835, Austin, TX: University of Texas Press, ISBN 0292770421, OCLC 20354408 
  • Davis, William C. (2006), Lone Star Rising, College Station, TX: Texas A&M University Press, ISBN 9781585445325  originally published 2004 by New York: Free Press
  • de la Teja, Jesus F. (1997), "The Colonization and Independence of Texas: A Tejano Perspective", in Rodriguez O., Jaime E.; Vincent, Kathryn, Myths, Misdeeds, and Misunderstandings: The Roots of Conflict in U.S.–Mexican Relations, Wilmington, DE: Scholarly Resources Inc., ISBN 0842026622 
  • Edmondson, J.R. (2000), The Alamo Story-From History to Current Conflicts, Plano, TX: Republic of Texas Press, ISBN 1-55622-678-0 
  • Henson, Margaret Swett (1982), Juan Davis Bradburn: A Reappraisal of the Mexican Commander of Anahuac, College Station, TX: Texas A&M University Press, ISBN 9780890961353 
  • Horton, David M.; Turner, Ryan Kellus (1999), Lone Star Justice: A Comprehensive Overview of the Texas Criminal Justice System, Austin, TX: Eakin Press, ISBN 1571682260 
  • Manchaca, Martha (2001), Recovering History, Constructing Race: The Indian, Black, and White Roots of Mexican Americans, The Joe R. and Teresa Lozano Long Series in Latin American and Latino Art and Culture, Austin, TX: University of Texas Press, ISBN 0292752539 
  • Nofi, Albert A. (1992), The Alamo and the Texas War of Independence, September 30, 1835 to April 21, 1836: Heroes, Myths, and History, Conshohocken, PA: Combined Books, Inc., ISBN 0938289101 
  • Vazquez, Josefina Zoraida (1997), "The Colonization and Loss of Texas: A Mexican Perspective", in Rodriguez O., Jaime E.; Vincent, Kathryn, Myths, Misdeeds, and Misunderstandings: The Roots of Conflict in U.S.–Mexican Relations, Wilmington, DE: Scholarly Resources Inc., ISBN 0842026622 
  • Ward, Forrest E. (October 1960), "Pre-Revolutionary Activity in Brazoria County", Southwestern Historical Quarterly 64 (2), http://www.tshaonline.org/shqonline/apager.php?vol=064&pag=221 
  • Williams, David A. (1997), Bricks Without Straw: A Comprehensive History of African Americans in Texas, Austin, TX: Eakin Press, ISBN 1571680411 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]