Texto teatral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde Dezembro de 2008). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

O texto teatral , também chamado de Peça, ou Roteiro; é um texto que apresenta discurso direto (Fidelidade na reprodução da fala dos personagens) e serve para o elenco de um espetáculo teatral ter como base, e saber de todas as ações que acontecerão. Sua parte narrativa é bem resumida, e estas são chamada de rubrícas. Na maioria dos casos o texto teatral não apresenta um narrador. Os fatos (ações) ocorrem por meio de diálogos.

A estrutura do texto teatral[editar | editar código-fonte]

Os gêneros são muito importantes. Esse gênero apresenta introdução ou apresentação, complicação, clímax e desfecho.

Introdução ou Apresentação

Momento do texto em que os fatos iniciais são apresentados (Espaços, personagens e situação inicial).

Complicação

Momento do texto em que surge um problema gerando a ação dos fatos.

Clímax

Ponto de maior tensão do texto.

Desfecho

Acontecer no tempo do espetáculo. É formado somente pela fala dos personagens.

Primeiro vem o nome de quem vai falar e depois o que é dito, podendo ter antes da fala observações, como o estado de espírito do personagem ou observações cênicas, que são as rubricas (vêm geralmente entre parênteses).