Tha Blue Carpet Treatment

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Tha Blue Carpet Treatment
Álbum de estúdio de Snoop Dogg
Lançamento 21 de novembro de 2006
Gravação 2005-2006
Gênero(s)
Duração 77:50
Gravadora(s) Geffen Records
Produção
Certificação Gold.png Ouro (RIAA)
Cronologia de Snoop Dogg
Último
Último
R&G (Rhythm & Gangsta): The Masterpiece
(2004)
Ego Trippin'
(2008)
Próximo
Próximo
Singles de Tha Blue Carpet Treatment
  1. "Vato"
    Lançamento: 15 de agosto de 2006
  2. "I Wanna Love You"
    Lançamento: 14 de Setembro de 2006
  3. "That's That"
    Lançamento: 10 de Outubro de 2006
  4. "Candy (Drippin' Like Water)"
    Lançamento: 12 de Dezembro de 2006
  5. "Boss' Life"
    Lançamento: 10 de Abril de 2007

Tha Blue Carpet Treatment é o oitavo álbum de estúdio do rapper Snoop Dogg, lançado a 21 de novembro de 2006,[1] pela gravadora Geffen Records.[1] A produção do álbum ocorreu entre 2005 e 2006 em vários estúdios de gravação e foi feita por Dr. Dre, The Neptunes, Battlecat, DJ Pooh, Timbaland, Danja, Mark Batson, Terrace Martin e Mr. Porter.

O álbum estreou no número cinco na Billboard 200, vendendo 264 mil cópias em sua primeira semana. Após a seu lançamento Tha Blue Carpet Treatment recebeu geralmente críticas positivas dos críticos de música.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

A frase "Blue Carpet" no título do álbum, faz referência ao "Tapete vermelho" usada em eventos formais.[2] A cor azul refere-se a filiação de Snoop Dogg com a gangue de rua Crips, que usam azul para contrastar com vermelho de sua gangue rival, os Bloods.[3] A capa do álbum foi submetido a várias revisões. A primeiro arte foi revelado em agosto de 2006 no site oficial do rapper, sendo o cão dos desenhos animados, representando Snoop Dogg, exibindo sinais de gangue Crips sobre um tapete azul modelado como uma bandana, Abrangendo usar as semelhanças dos desenhos animados do rapper, que foi projetado por seu primo Darryl Daniel. Uma versão atualizada da capa do disco foi apresentada no decimo terceiro aniversario do talk show Late Show de David Letterman em 30 de agosto de 2006,[4] que contou com uma paródia da famosa placa de Hollywood, estilizada como "LONG BEACH". Chegando a capa final, que foi postada no site do rapper.[5] O álbum voltou ao estilo nativo da do rap Long Beach, Califórnia, levando Snoop de volta a suas raízes gangsta. O rapper disse ao site da MTV que o álbum lhe permitiu "abraçar sua verdadeira natureza". "Eu fui para a direita de volta a raíz" disse Snoop sobre a produção de seu álbum. "Eu voltei para o básico. Eu tenho vindo a feito um monte de canções pop, muitas músicas de R&B. Músicas que possa ter feito os meus fãs terem sentido que vacilei pelo que eu era naturalmente acostumados a fazer. Mas eu sou um animador e minha função é entreter as pessoas e isso é o que eu estava sentindo no momento. Mas agora, estou me sentindo de volta para a raíz".

Pharrell Williams da dupla The Neptunes, participou da produção de diversas faixas, incluindo a canção 10 Lil' Crips.

Pharrell disse que vídeo da música "Vato" não só vai mostrar só o lado gangsta de Snoop, mas também vai abordar a questão da violência entre os afro-americanos e hispânicos em Los Angeles e falar sobre as questões raciais que o tema aborda.[6] Snoop Dogg, se juntou com DJs conhecidos das costas Oeste, Leste e Sul e lançaou a Tha Blue Carpet Treatment Mixtape, que foi produzida pelo DJ Skee, DJ Whoo Kid, e DJ Drama. Ela continha todas as faixas cortados da lista final de seu álbum final. Foi lançado algumas semanas antes do álbum oficial.[7]

A faixa "Think About It" foi composta por Frequency um ano e meio antes de o álbum, em seu dormitório enquanto ele era um estudante na Virginia. O material foi passado para Mike Chavez da Geffen Records, que a cedeu para Snoop Dogg. Snoop usou a faixa para mostrar o seu filho mais velho, que na não tinha o pai como rapper favorito.[8] [9]

O rapper e produtor Dr. Dre que produziu e participou do hit "Imagine"

Originalmente, a música "Imagine" foi programado para estar presente no álbum The Big Bang de Busta Rhymes. Rhymes afirmou em várias entrevistas, pouco antes do lançamento de The Big Bang, que a amostra de "Imagine" ainda estava tentando ser encaixadas em seu álbum, afirmando que não tinha certeza de que as amostra seriam produzidas a tempo do lançamento de seu álbum, por isso teve de ser excluída de seu trabalho. Então sendo cedida a Snoop, que em seguida lançou à com a participação de Kam, e mais tarde na versão oficial do álbum, com Dr. Dre e D'Angelo.[10] Apos o lançamento do álbum de Tha Blue Carpet Treatment Busta Rhymes lançou um remix da faixa, que seria cogitado pelos críticos como a versão original não usada em seu álbum. Artistas como Nas, Adil Omar, Ja Rule e Black-Ty fizeram freestyles da canção.[11]

A faixa "Which One of You" foi gravada originalmente pelo grupo N.V. sendo produzida pela equipe 1500 or Nothin'.[11] A canção "' Round Here" usa samples da canção "Thank You" da cantora Dido, que Eminem usou no seu single Stan. Porem Snoop alegou que não estava ciente do fato, e que ele não ouve Eminem, por ele ser um gangsta e o Eminem não ,[12] porem não declarou nenhuma magoa pessoal ao seu colega de The Up in Smoke Tour.[13] [11] "L.A.X." contem sample da canção "More Bounce to the Ounce" de Zapp, que já tinha sido usada por Snoop na faixa "Snoop Bounce" de seu segundo álbum Tha Doggfather. "That's That Shit", "Boss' Life" e "Imagine" tiveram a composição não creditada dos artistas da Aftermath Entertainment Stat Quo e The D.O.C..

Gravação[editar | editar código-fonte]

Snoop Dogg disse à revista Billboard que trabalhou na produção e gravação de Tha Blue Carpet Treatment durante nove meses. Durante esse tempo ele colaborou com os artistas como R. Kelly no single bem sucedido "That's That", produzido por Nottz e outros destaques no disco foram as presenças de Ice Cube, Pharrell, D'Angelo, Akon, Nate Dogg, B-Real do Cypress Hill, e até Stevie Wonder. Ele também confirmou que Dr. Dre teve uma grande participação no álbum, produzindo várias faixas e participando de um verso na faixa "Imagine", os artistas não trabalhavam juntos em uma canção desde 2000. Ele também fez o dueto com Akon no single I Wanna Fuck You mas teve de lançar uma versão censurada para as rádio, chamado "I Wanna Love You".[14]

Entre as canções que ficaram fora da lista final estão, "Wannabes" com Young Jeezy e Nate Dogg, produzida por DJ Quik, "Smokin' Smokin' Weed" com Ray J, Slim Thug, Shorty Mack e Nate Dogg, e "Put This Thang on You" com o cantor de R&B Ne-Yo.

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Pontuações agregadas
Fonte Avaliação
Metacritic (70/100)[15]
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
About.com 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg [16]
AllHipHop (8/10)[17]
Allmusic 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg [18]
The A.V. Club B+ [19]
Okayplayer 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg [20]
Pitchfork Media (7.5/10) [21]
Robert Christgau (choice cut)[22]
Rolling Stone 3 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar empty.svgStar empty.svg [23]
USA Today 3.5 de 4 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar half.svg [24]
XXL 4 de 5 estrelas.Star full.svgStar full.svgStar full.svgStar empty.svg (XL) [25]

Tha Blue Carpet Treatment recebeu críticas positivas dos críticos de música. O álbum manteve críticas positivas com IGN chamando-o de "um dos esforços mais fortes de Snoop em um longo tempo, com as batidas, rimas, e os convidados todos elogiando o Doggfather com grande rapidez." Ele recebeu um quatro estrelas de cinco possíveis do Allhiphop.com, About.com e do Allmusic. Ryan Dombal do site Entertainment Weekly escreveu que "Blue Carpet se destaca pela parceria com Dr. Dre em quatro faixas, sendo algo nostálgico, em destaque 'Imagine'." avaliando o disco com a nota B+.[26] A revista VIBE escreveu "Tha Blue Carpet Treatment se destaca como uma forte declaração de um veterano ainda empurrando seus limites artísticos."[15] Blender escreveu que o álbum é "Um regresso a seu baú auge no G-funk." dando-o três estrelas e meia de cinco possíveis.[15] XXL escreveu que "O fogo lírica de Snoop parece ressuscitado, como ele entrega seu mais consistentemente trabalho pós-Doggystyle."[25] Rolling Stone escreveu que "oitavo LP de Snoop não faz muito para quebrar a tendência. A produção é bastante quente, com batidas de alta definição, que vão do funk de Boss' Life para obscuridade de "Vato". A faixa "That's That Shit" com R. Kelly teve de ser adaptada para as radio, da mesma forma que a faixa "Gangbangin 101" com The Game tendo faixas fortes como "Think About It", e alguns rappers poderiam fazer um minimalista "Drop It Like It's Hot" como "Candy (Drippin' Like Water)" de estilo singular." The A.V. Club analisou o álbum e escreveu que "Snoop sempre foi capaz lançar singles contagiosas, mas seus álbuns geralmente vertente algumas músicas contagiantes em meio a oceanos de faixas preguiçosas, oportunistas e tendênciosas, e derivado, de segunda categoria do G-funk sonolento. Álbuns recentes anticlímax de Dogg Pound e 213 (Snoop, Warren G e Nate Dogg) não conseguiram despertar Snoop fora de seu funk de longa data. Então, por que chocantemente Tha Blue Carpet Tratament soa mais como um frouxo, flow revitalizado de Doggystyle?. O reaparecimento de Dr. Dre, certamente, não faz mal. Dre sempre trouxe o melhor de Snoop, e sua presença parece ter reacendido a paixão e a fome de Snoop. Nenhuma pista melhor exemplifica do que a delirante de "Candy (Drippin 'Like Water) ", um doce-revestido insanamente cativante canção R&B com acenos inteligentes para hyphy (E-40 e produtor Rick rock) e retro jazz-rap (confira que louco amostra Digable Planets!), além de um exercito de raps gangstas convidados. Quando confrontados com uma escolha, Snoop aqui inevitavelmente escolhe todos os itens acima. Assim, o disco dá ouvintes Dr. Dre e The Neptunes, The Game e Ice Cube, entusiasta poligamia com Akon e velhos amigos como Nate Dogg, George Clinton e Stevie Wonder. Com seu exuberante Blue Carpet Tratament, Snoop Dogg, finalmente, parece decidido a construir e expansão de seu legado musical, ao invés de meramente se escorar sobre ele".[27]

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Produtor(s) Duração
1. "Intrology" (com George Clinton) Battlecat 1:59
2. "Think About It"   Frequency 3:37
3. "Crazy" (com Nate Dogg) Fredwreck 4:26
4. "Vato" (com B-Real) The Neptunes 4:44
5. "That's That" (com R. Kelly) Nottz 4:17
6. "Candy (Drippin' Like Water)" (com E-40, MC Eiht, Goldie Loc, Tha Dogg Pound) Rick Rock 4:48
7. "Get a Light" (com Damian Marley) Timbaland, Danja 3:41
8. "Gangbangn 101" (com The Game) Terrace Martin 4:01
9. "Boss' Life" (com Akon1) Dr. Dre 3:22
10. "LAX" (com Ice Cube) Battlecat 3:21
11. "10 Lil' Crips"   The Neptunes 3:15
12. "Round Here"   Dr. Dre 3:42
13. "A Bitch I Knew" (com Traci Nelson) Rhythum D, Battlecat 4:32
14. "Like This" (com Western Union, LaToiya Williams, Raul Midón) Soopafly 3:56
15. "Which One of You" (com Nine Inch Dix) 1500 or Nothin' 3:32
16. "I Wanna Fuck You" (com Akon) Akon 2:59
17. "Psst!" (com Jamie Foxx) N8, Brainz, Jamie Foxx 2:59
18. "Beat Up on Yo Pads"   Mr. Porter, DJ DDT-Da Busta 2:57
19. "Don't Stop" (com The Warzone, Kurupt) Chris "THX" Goodman 3:22
20. "Imagine" (com Dr. Dre & D'Angelo) Dr. Dre, Mark Batson 4:42
21. "Conversations" (com Stevie Wonder, Azuré) DJ Pooh, Stevie Wonder 3:38
Duração total:
70:50
Notas
  • 1 Participação de Akon na versão do álbum, e de Nate Dogg videoclipe.
Sample usados

Singles[editar | editar código-fonte]

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do portal Allmusic.[54]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Tha Blue Carpet Treatment estreou no número cinco na Billboard 200 com 264 mil cópias vendidas em sua primeira semana.[55] O disco foi listado na posição 97 pela Nielsen SoundScan entre os 100 melhores álbuns de 2006, no final do ano o número de vendas do disco chegou a 637 mil cópias apesar de ter sido lançado em meados de novembro. O disco foi o primeiro álbum de estúdio do artista a não vender pelo menos 1 milhão de copias no Estados Unidos, porem é altamente considerado pela crítica como o seu melhor disco desde seu álbum de estréia Doggystyle.[56]

Desempenho nas paradas[editar | editar código-fonte]

Certificações[editar | editar código-fonte]

País Certificação Vendas certificadas
 Estados Unidos (RIAA)[80] Gold.png Ouro 637,000*
 França (SNEP)[81] Gold.png Ouro 75,000*
 Reino Unido (BPI)[82] Silver.png Prata 60,000*
 Rússia (2M)[83] Gold.png Ouro 25,000*
*número de vendas baseado na certificação
^ figuras embarques com base apenas na certificação
ºnúmeros não especificados baseando-se apenas na certificação

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato(s) Gravadora(s) Ref.
 Estados Unidos 21 de novembro de 2006 CD, Descarga digital, Vinil Geffen [84]
[85]
Austrália Australasia Descarga digital, CD Geffen Records
Doggystyle Records
União Europeia Europa
 Nova Zelândia

Tha Blue Carpet Treatment Mixtape[editar | editar código-fonte]

Tha Blue Carpet Treatment Mixtape
Mixtape / Remix de Snoop Dogg
Lançamento 18 de novembro de 2006
Gravação 2005-2006
Gênero(s)
Duração 1:17:24
Formato(s)
Gravadora(s)
  • CMP
Produção
  • DJ Whoo Kid
  • DJ Drama
  • DJ Skee
  • Snoop Dogg
Cronologia de Snoop Dogg
Último
Último
Welcome to tha Chuuch: Da Album
(2005)
Unreleased Heatrocks
(2007)
Próximo
Próximo
Capa do relançamento

"Tha Blue Carpet Treatment Mixtape" é a Mixtape com as faixas que foram excluídas do álbum principal e com remix de alguns dos sucessos do álbum, tendo um total de 26 canções, com participações de artistas como Ice Cube, Xzibit, Nate Dogg, The Game, Timbaland, entre outros. O álbum foi lançado oficialmente em 18 de novembro de 2006, como uma prévia para o álbum oficial lançado três dias depois. Em 26 de Março de 2007 a mixtape foi re-lançada como uma nova capa promocional.[86] estima-se que a mixtape tenha sido adquirida virtualmente por mais de 100 mil downloads.

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Desde o seu lançamento o álbum teve cerca de 35 mil downloads digitais na plataforma DatPiff,[87] e cerca de 8 mil na mixtape monkey.[88]

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Duração
1. "Intro From "Blue Carpet Treatment Mixtape""   1:19
2. "Wannabes"   4:04
3. "Bad Bitch"   3:27
4. "Keep Bouncing"   1:29
5. "Lax"   3:15
6. "Interlude From "Blue Carpet Treatment Mixtape""   0:45
7. "Look Around"   3:40
8. "Vato"   4:45
9. "California Vacation"   4:24
10. "Real Shit"   2:46
11. "Skit"   0:36
12. "Territory"   3:18
13. "L.A. Zoo"   0:54
14. "Pass That"   4:00
15. "Killas"   4:43
16. "Gang Bang 101"   0:49
17. "Crazy"   4:21
18. "Real One"   3:41
19. "Got My Own"   3:08
20. "Candy"   4:16
21. "All That I Need"   1:16
22. "Hollywood"   3:22
23. "We Do"   3:29
24. "Long Gone"   4:22
25. "Listen"   3:02
26. "Outro From "Blue Carpet Treatment Mixtape""   2:13

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do portal Allmusic.[89]

The Adventures of Tha Blue Carpet Treatment[editar | editar código-fonte]

Tha Adventures of Tha Blue Carpet Treatment
 Estados Unidos
2008 • 81 min 
Direção Snoop Scorsese
Elenco Mike Epps
B-Real
E-40
Snoop Dogg
Katt Williams
Charlie Wilson
Gênero Comédia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

" Bigg Snoop Dogg Presents: The Adventures of Tha Blue Carpet Treatment" é um filme animado de Snoop Dogg que conta com as cancões e videoclipes do álbum original.[90] [91] O curta-metragem foi lançado oficialmente em 24 de Junho de 2008, tendo sido dirigido pelo próprio Snoop, com a alcunha de Snoop Scorsese, juntamente com Terence C. Ball, tendo aproximadamente 81 minutos de duração.[92]

Algumas das canções receberam videoclipes exclusivos para o filme, como a versão animado do vídeo do single Vato.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O filme segue o enredo das canções do álbum, descrevendo a vida na West Coast, a violências das gangues e outros temas abordados no disco.[93] Sendo descrito pelo AllMovie como "uma viagem psicodélica pelo Hip-Hop contemporâneo, conseguindo ser agradável para os olhos e ouvidos."[94]

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Lançamento, género e gravadora Allmusic. Visitado em 2 de abril de 2010.
  2. G1: Daniel Radcliffe e Emma Watson posam no tapete vermelho.
  3. Los Angeles-based Gangs — Bloods and Crips Florida Department of Corrections.
  4. Late Show with David Letterman (1993– ) Imdb.
  5. Tha Blue Carpet Treatment Amazon.
  6. "New Snoop Dogg Album To Drop In The UK This November", Musicrooms, 2006-08-26.
  7. MixUnit.com - The World's Largest Hip-Hop Store
  8. Frequency Interview West Coast News Network dubcnn.com (2007).
  9. Diva, Amanda. Snoop Dogg: From the Left Pocket Part 1 AllHipHop. Cópia arquivada em 2006-10-20.
  10. Snoop Dogg – Chart History: Bubbling Under R&B/Hip-Hop Songs Billboard Prometheus Global Media.
  11. a b c d Snoop Dogg Interview Part 3 West Coast News Network dubcnn.com (2007).
  12. Snoop Dogg: "Eu não curto Eminem. Eu sou um Gangsta" noticiario-periferico.com.
  13. Up in Smoke Tour (em inglês) no Allmovie
  14. "Snoop Dogg: Tha Blue Carpet Treatment" (#87). New York: Harris Publications. ISSN 1093-0647.
  15. a b c Critic Reviews for Tha Blue Carpet Treatment Metacritic.
  16. Snoop Dogg - Tha Blue Carpet Treatment About.com (2006).
  17. AllHipHop review
  18. "Snoop Dogg: Tha Blue Carpet Treatment > Review" (em inglês) no Allmusic
  19. The Blue Carpet Treatment The A.V. Club.
  20. Snoop Dogg: Tha Blue Carpet Treatment Okayplayer.
  21. Snoop Dogg: Tha Blue Carpet Treatment Pitchfork Media.
  22. CG: Snoop Dogg Robert Christgau.com.
  23. "Snoop Dogg: Tha Blue Carpet Treatment". Straight Arrow. ISSN 0035-791X.
  24. USA Today review
  25. a b "Snoop Dogg: Tha Blue Carpet Treatment" (#87). New York: Harris Publications. ISSN 1093-0647.
  26. Dombal, Ryan. . "Tha Blue Carpet Treatment Review". Entertainment Weekly.
  27. avclub
  28. Vato & Candy - Single iTunes Store. Apple Inc.
  29. Biografia de Cypress Hill no Allmusic
  30. http://pandora.nla.gov.au/pan/23790/20061220-0000/issue871.pdf
  31. http://www.ifpi.fi/tilastot/virallinen-lista/artistit/snoop+dogg/vato
  32. "Akon Album & Song Chart History" Billboard Hot 100 para Akon.
  33. SNOOP DOGGY DOGG Chart History on Official Charts Company (em inglês) Official Charts Company UK Singles Chart para Snoop Doggy Dogg.
  34. Recording Industry Association of America RIAA. Visitado em 2012-08-15.
  35. Week Ending June 14, 2009: America Eats Its Peas | Chart Watch - Yahoo! Music New.music.yahoo.com.
  36. http://www.aria.com.au/pages/ARIACharts-Accreditations-2007Singles.htm Aria.com.au.
  37. New Zealand Singles Chart
  38. New Zealand Chart facts
  39. Certificações de Akon na abpd (em inglês) ABPD. Visitado em 25/09/2009.
  40. Snoop Dogg - That's That / Crazy
  41. http://www.allmusic.com/artist/snoop-dogg-mn0000029086/awards
  42. Vato & Candy - Single iTunes Store. Apple Inc.
  43. Snoop Dogg's Radio & Records radio playlist Position. Visitado em 27 de Abril de 2007.
  44. Snoop Dogg : News : Snoop Dogg on TRL
  45. Snoop Dogg – Chart History: Bubbling Under R&B/Hip-Hop Songs Billboard Prometheus Global Media.
  46. mariah charts for Snoop Dogg
  47. Snoop Dogg, Nate Dogg - Crazy BET.
  48. Snoop Dogg - 10 Lil Crips BET.
  49. Snoop Dogg - Gangbangin' 101 ft. The Game BET.
  50. Escândalo Lewinsky foi um "pesadelo" para Clinton (22 de junho de 2004).
  51. Snoop Dogg - A Bitch I Knew BET.
  52. 9 Inch Dix / Snoop Dogg Which One of You Allmusic.
  53. "Which One Of You" no YouTube
  54. Tha Blue Carpet Treatment – Snoop Dogg : Credits Allmusic. Rovi Corporation.
  55. "Jay-Z Scores Seventh #1 With Kingdom Come Chris Daughtry, Beatles, Snoop, Tupac make top 10 during big sales week.". MTV.
  56. Lançamento, género e gravadora Allmusic.
  57. Longplay-Chartverfolgung at Musicline (em alemão). Musicline.de. Media Control.
  58. Snoop Dogg - Tha Blue Carpet Treatment (em alemão). Austriancharts.at. Hung Medien.
  59. Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment (em holandês). Ultratop.be. Hung Medien.
  60. Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment (em francês). Ultratop.be. Hung Medien.
  61. Snoop Dogg Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Canadian Albums Chart para Snoop Dogg. Prometheus Global Media.
  62. Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment (em dinamarquês). Danishcharts.com. Hung Medien.
  63. Snoop Dogg Album & Song Chart History (em inglês). Billboard 200 para Snoop Dogg. Prometheus Global Media.
  64. Snoop Dogg Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Top R&B/Hip Hop Albums para Snoop Dogg. Prometheus Global Media.
  65. Snoop Dogg Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Top Rap Albums para Snoop Dogg. Prometheus Global Media.
  66. Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Digital Albums para Snoop Dogg. Prometheus Global Media.
  67. Snoop Dogg Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Top Tastemaker Albums para Snoop Dogg. Prometheus Global Media.
  68. Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment (em francês). Lescharts.com. Hung Medien.
  69. Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment (em inglês). Italiancharts.com. Hung Medien.
  70. mariah charts for Snoop Dogg
  71. Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment (em norueguês). Norwegiancharts.com. Hung Medien.
  72. Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment (em inglês). Charts.org.nz. Hung Medien.
  73. Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien.
  74. Oficjalna lista sprzedaży :: OLIS - Official Retail Sales Chart (em polonês). OLiS. Polish Society of the Phonographic Industry.
  75. Snoop Dogg - Tha Blue Carpet Treatment.
  76. Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment (em inglês). Swisscharts.com. Hung Medien.
  77. Best of 2006 – Billboard 200 Albums Billboard Prometheus Global Media.
  78. Best of 2006 – R&B/Hip-Hop Albums Billboard Prometheus Global Media.
  79. Best of 2006 – Rap Albums Billboard Prometheus Global Media.
  80. RIAA - Gold & Platinum Searchable Database: Snoop Dogg (em inglês) RIAA. Visitado em 25 de setembro de 2013.
  81. "French album certifications – Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment" Syndicat National de l'Édition Phonographique.
  82. "British album certifications – Snoop Dogg – Tha Blue Carpet Treatment". British Phonographic Industry.
  83. http://2m-online.ru/gold_n_platino/detail.php?COUNTRY=5076
  84. Snoop Dogg ‎– Tha Blue Carpet Treatment Discogs.
  85. Tha Blue Carpet Treatment iTunes Store. Apple Inc.
  86. The Blue Carpet Treatment Mixtape – Snoop Dogg > Overview AllMusic Rovi Corporation.
  87. Snoop Dogg Tha Blue Carpet Treatment (Tha Mixtape) datpiff.com.
  88. THA BLUE CARPET TREATMENT (THA MIXTAPE) mixtape monkey.
  89. Tha Blue Carpet Treatment Mixtape – Snoop Dogg : Credits Allmusic. Rovi Corporation.
  90. Bigg Snoop Dogg Presents: Tha Adventures of the Blue Carpet Treatment Amazon.
  91. snoop dogg bigg snoop dogg: adventures of tha blue carpet treatment" yourepeat.com.
  92. Bigg Snoop Dogg Presents: The Adventures of Tha Blue Carpet Treatment: Movie DETAILS MTV.
  93. Bigg Snoop Dogg Presents: The Adventures Of Tha Blue Carpet Treatment - DVD ucanhealth.
  94. Bigg Snoop Dogg Presents: The Adventures of Tha Blue Carpet Treatment on AllMovie (2008) AllMovie.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Tha Blue Carpet Treatment

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Snoop Dogg é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.