The 13th Warrior

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The 13th Warrior
O último viking (PT)
O 13º guerreiro (BR)
 Estados Unidos
1999 • cor • 102 min 
Direção John McTiernan
Roteiro William Wisher Jr.
Warren Lewis, baseado no livro de Michael Crichton
Elenco Antonio Banderas
Vladimir Kulich
Dennis Storhøi
Omar Sharif
Género aventura
Idioma inglês / norueguês
Página no IMDb (em inglês)

The 13th Warrior (O 13º guerreiro, no Brasil, O último viking, em Portugal) é um filme norte-americano de 1999, dirigido por John McTiernan.

Baseia-se no romance Eaters of the Dead, de Michael Crichton. Foi um fracasso de bilheteira, alcançando uma receita de apenas US$61.698.899 em todo o mundo [1] .

O romance em que o filme se baseia é, por sua vez, inspirado pela tradução para Inglês do relato real de Ahmad ibn Fadlan das suas viagens para cima do rio Volga, no século X [2] . O enredo é, contudo, em grande medida uma adaptação moderna do épico anglo-saxão Beowulf, com elementos extraídos das 1001 noites [carece de fontes?].

O filme esforça-se por atingir uma atmosfera histórica, incluindo o uso de diálogos em Árabe, Sueco, Norueguês, Dinamarquês, Grego e Latim. O actor norueguês Dennis Storhøi co-protagonizou a película como Herger, enquanto o actor sueco Sven Wollter interpretou um velho chefe viquingue. A veterana actriz norueguesa Turid Balke teve também um pequeno mas proeminente papel ao interpretar a feiticeira, assim como a actriz sueco-norueguesa Maria Bonnevie como Olga, a criada.

Originalmente intitulado Eaters of the Dead, o filme começou a ser produzido em Agosto de 1997. Percorreu diversas montagens e remontagens, após assistências de teste não terem reagido bem à montagem inicial. Após terem sido refilmadas diversas cenas, com Crichton como realizador (o que atrasou a saída do filme por mais de um ano), o título foi alterado para The 13th Warrior. O orçamento passou de 85 milhões de dólares para mais de 110 milhões de dólares. Com todas as refilmagens e despesas promocionais, estima-se que o custo final tenha acabado por rondar os 160 milhões de dólares. Com a fraca receita obtida, as perdas terão rondado os 100 milhões de dólares. Porém, o lançamento em vídeo permitiu recuperar algum do dinheiro investido.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Na era de 922, Ahmad ibn Fadlan (Antonio Banderas), um poeta e cortesão árabe, apaixona-se por uma mulher lindíssima, que pertence a outro homem.

O ciumento marido reclama com o califa, que então nomeia Ahmad embaixador na terra de Tossuk Vlad, uma região pobre e longínqua ao norte. Na prática, Ahmad é expulso de sua casa. Por vários meses, Ahmad atravessa a camelo as terras dos povos bárbaros e acompanhado de Melchisidek (Omar Sharif), um velho amigo de seu pai, deambula pela terra dos oguzes, dos azeris e dos búlgaros, até chegar terras dos tártaros, onde é atacado por um grupo desconhecido que acaba por desistir do saque após ver os barcos dos vikings.

Ibn Fadlan é intimidado pelos costumes dos vikings: a sexualidade pura e crua, o descuido com a higiene, os sacrifícios humanos a sangue frio. Até que Ahmad toma conhecimento de uma verdade aterrorizadora: foi escolhido para combater Wendol, um ser que mata vikings e devora-os. Uma vidente faz a revelação que treze guerreiros devem lutar contra estes inimigos, mas o décimo terceiro não pode ser um homem do norte. Assim, Ibn Fadlan luta ao lado dos Vikings num combate que dificilmente será vencido por eles.

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Box Office Mojo. Arrecadação de The 13th Warrior, acessado em fevereiro de 2011, em http://boxofficemojo.com/movies/?id=13thwarrior.htm
  2. CRICHTON, Michael. Devoradores de Mortos. Rocco ISBN 8532507166, 1987.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: 13º Guerreiro, O