The Adventure of the Golden Pince-Nez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gold-04.jpg

The Adventure of the Golden Pince-Nez(O Pincenê Dourado) é um conto de Arthur Conan Doyle protagonizado por Sherlock Holmes e Dr. Watson, foi publicado pela primeira vez na Strand Magazine, em Julho de 1904, com ilustrações de Sidney Paget e na Collier´s Weekly, em Outubro de 1904, com ilustrações de Frederic Dorr Steele.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Stanley Hopkins visita Holmes e Watson em busca de auxílio.

Durante uma tempestade o inspetor Stanley Hopkins procura o auxílio de Holmes para um caso muito singular, o assassinato de Willoughby Smith secretário do professor Coram. O jovem havia sido contratado há pouco tempo, com a função de escrever o que fosse pedido por Coram e pesquisar assuntos para os livros do professor. Mas Coram acaba sendo assassinado com uma facada no pescoço, e em sua mão foi encontrado um pince-nez de ouro.[1]

Anna se mata após confessar-se para Holmes.

Holmes começa as investigações, e descobre que o assassino está escondido dentro da casa de Coram, e que este é ninguém menos do que Anna, sua esposa. Anos antes do fato, que se passou em 1984, Coram(na verdade Sergius) junto a esposa faziam parte de uma irmandade, e assassinaram um policial, todos menos Coram foram presos, já que o mesmo havia entregado os outros a polícia, a única coisa que poderia salvar o restante da irmandade, era uma carta e o diário de Anna, que ficaram com Coram, e foi com o objetivo de recuperar as provas de inocência de um integrante da irmandade, Alexis, que Anna invade a casa de Coram, quando é descoberta pelo mesmo dá uma facada em seu pescoço, após contar a história Anna pediu a Holmes que entregasse o marido ao governo russo, e se matou. [1]

Referências

  1. a b c Mundo Sherlock O Pincenê Dourado Página visitada em 13 de Abril de 2011