The Adventures of Kathlyn

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Adventures of Kathlyn
As Aventuras de Catarina[1]  (BR)
 Estados Unidos
1913 • P&B • 13 capítulos min 
Realização Estados Unidos 29 de dezembro de 1913
Estados Unidos 19 de fevereiro de 1916 (versão editada)
Direção Francis J. Grandon
Produção William Nicholas Selig
Roteiro Harold MacGrath
Gilson Willets
Elenco Kathlyn Williams
Género Aventura
Idioma mudo
Estúdio Selig Polyscope Company
Distribuição The General Film Company
Cronologia
Último
Último
The Lost City (1920)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

The Adventures of Kathlyn é um seriado estadunidense de 1913, realizado pela Selig Polyscope Company, dirigido por Francis J. Grandon e inspirado em uma história de Harold MacGrath e Gilson Willets. Estrelando Kathlyn Williams como a heroína, foi filmado em 13 episódios, em Chicago. Alguns dias após o lançamento, que fora em 29 de dezembro de 1913, o livro com o mesmo título foi publicado por Harold MacGrath, em janeiro de 1914, sendo vendido nas livrarias ao mesmo tempo em que o filme era exibido nos cinemas.

The Adventures of Kathlyn foi o segundo seriado feito totalmente na América, e é considerado o primeiro com cliffhanger, recurso que faria enorme sucesso durante a próxima década.

O sucesso do seriado resultou numa reedição em 1916, sob o mesmo título[2] .

Produção[editar | editar código-fonte]

O seriado nasceu da necessidade do jornal Chicago Tribune em alcançar maior sensacionalismo. William Nicholas Selig, percebendo a popularidade das ficções seriadas em jornais e revistas, teve a idéia de levar o seriado para o jornal. Não obstante o fato de o "Tribune" ter sido a favor da abolição dos Nickel-Odeon apenas 5 anos antes, o editor James Keeley concordou e foi realizado um projeto promocional. Os capítulos do seriado foram realizados quinzenalmente, e a história era impressa como uma série de jornal no "Tribune"[3] [4] . O jornal acabou aumentando em 10% sua circulação, como resultado do sucesso do seriado.[3] [4]

Apesar de o primeiro seriado estadunidense ter sido What Happened to Mary?, The Adventures of Kathlyn foi uma peça importante da história do cinema. Foi o primeiro seriado a usar o cliffhanger ao fim de seus capítulos e assim se tornou reconhecido como o primeiro seriado.[3] Foram usados, na filmagem, animais do Selig Zoo e houve mais ação do que em What Happened to Mary?.[3]

Atualmente, este seriado é considerado perdido[3] , pois apenas existe o primeiro episódio nos arquivos de La Cineteca del Friuli, e alguns fragmentos no EYE Film Instituut Nederland[5] .

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Kathlyn Williams… Kathlyn Hare
  • Charles Clary… Umballah, The Hindu
  • William Carpenter… Ramabai
  • Lafe McKee… Coronel Hare (Lafayette McKee)
  • Tom Santschi… John Bruce (Thomas Santschi)
  • Goldie Colwell… Pundita
  • Franklin Hall… Gundah Singh (Franklyn Hall)
  • Effie Sackville… Winnie Hare
  • Roy Watson… Rajah
  • Charles Courtwright… Membro do Conselho
  • Charles Murphy… C.J. Murphy
  • Harry Huckins… Membro do Conselho

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  1. The Adventures of Kathlyn
  2. The Two Orphans
  3. The Temple of the Lion
  4. A Royal Slave
  5. A Colonel in Chains
  6. Three Bags of Silver
  7. The Garden of Brides
  8. The Cruel Crown
  9. The Spellbound Multitude
  10. A Warrior Maid
  11. The Forged Parchment
  12. The King's Will
  13. The Court of Death

Referências

  1. Memória do cinema
  2. The Adventures of Kathlyn (1916)
  3. a b c d e Stedman, Raymond William. Serials: Suspense and Drama By Installment. [S.l.]: University of Oklahoma Press. 6–9 p. ISBN 9780806109275
  4. a b Lahue, Kalten C.. Continued Next Week. [S.l.: s.n.]. 6–8 p.
  5. "The Adventures of Kathlyn no Silent era" Acessado em 17-08-2012

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]