The Adventures of Mimi Tour

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Adventures of Mimi
Mariah Carey em apresentação na cidade de Tampa, FL.
Turnê de Mariah Carey
Álbum(ns) associado(s) The Emancipation of Mimi
Data de início 22 de julho de 2006
Data de fim 28 de outubro de 2006
Número de
apresentações
40
Cronologia de turnês de Mariah Carey
Último
Último
Charmbracelet World Tour: An Intimate Evening with Mariah Carey
(2003)
Angels Advocate Tour
(2010)
Próximo
Próximo

The Adventures of Mimi: The Voice, The Hits, The Tour foi uma turnê realizada em 2006 pela cantora americana Mariah Carey. Foi uma das poucas turnês da cantora e foi nomeada a partir do título do diário da cantora.[1] A turnê começou em meados de Julho e terminou em Outubro daquele ano, com dois concertos na África e vinte e cinco cidades dos Estados Unidos, sete no Canadá e na Ásia.

História[editar | editar código-fonte]

Mariah Carey em apresentação em Tampa, Florida em 7 de Agosto de 2006.

Diferente de sua turnê anterior, três anos atrás a contar do lançamento desta, a cantora começou a turnê dezesseis meses depois do lançamento do até então último álbum, The Emancipation of Mimi. A cantora havia decidido não ter uma turnê do álbum pelas longas viagens, mas a pedidos dos fãs ela decidiu celebrar com eles uma das melhores fases de sua carreira.[2]

Similar com outras turnês, Mariah deu aos fãs a chance de enviar ideias para o repertório e para o título da turnê. O seu companheiro de longa data e jurado do programa American Idol, Randy Jackson, entrou para a turnê como diretor musical.

Durante a turnê, Mariah reformulou alguns de suas músicas com remixes e mashups de uma música com outra. Como de costume, a cantora também convidou seu amigo e companheiro desde início de sua carreira, Trey Lorenz, para cantar as canções "I'll Be There" e "One Sweet Day".

Durante a turnê, surgiram boatos que em Hong Kong o concerto foi cancelado por baixas vendas.[3] Ao contrário dos boatos, o empresário da cantora Benny Medina disse que foram vendidos mais de 8 mil ingressos e o concerto foi cancelado por falha do empresário local por não pagamento e por quebra de contrato.[4]

Abertura[editar | editar código-fonte]

Sean Paul e Busta Rhymes foram escolhidos para abrir o concerto. Sean Paul foi o que mais fez concertos. O cantor Ne-Yo abriu o concerto em San Diego, enquanto o rapper Chingy abriu o concerto em Anaheim.

Repertório[editar | editar código-fonte]

  1. "Rollercoaster" (Montanha-russa) [vídeo de introdução em que Mariah fala sobre a vida e a compara com uma montanha-russa]
  2. "It's Like That" (Com vocais gravados de Jermaine Dupri e Fat Joe)
  3. "Heartbreaker Remix/Heartbreaker" (Com vocais gravados de Da Brat, Missy Elliot e Jay-Z)
  4. "Dreamlover" (The Notorious B.I.G. "Juicy" Remix)
  5. "My All/My All Club Remix"
  6. "Shake It Off"
  7. DJ Clue Breaks (Parte em que DJ Clue coloca várias músicas enquanto a cantora troca de roupa)
  8. "Vision of Love"
  9. "Fly Like a Bird"
  10. "I'll Be There" (com Trey Lorenz)
  11. Trey Lorenz break - [o cantor faz algumas perfomances de músicas conhecidas de outros cantores enquanto a cantora troca de roupa]
  12. "Fantasy" (Remix) (Com vocais gravados de Ol' Dirty Bastard)
  13. "Don't Forget About Us"
  14. "Always Be My Baby"
  15. "Honey"(Com vocais gravados de Ma$e)
  16. DJ Clue break - current hip hop and club cuts [costume change to green/turquoise gown]
  17. "I Wish You Knew" (snippet)
  18. "Can't Let Go" (snippet)
  19. "Thank God I Found You" (Make It Last Remix) (com Trey Lorenz)
  20. "One Sweet Day" (snippet; full version sung with Boyz II Men in Anaheim)
  21. "Hero"
  22. "Make It Happen" (Retirada desde o concerto em Toronto e cantada depois em Anaheim)
  23. "We Belong Together"
  24. "Butterfly" (Outro)
  25. "All I Want for Christmas Is You" (Somente no Japão)

Outra canções foram incluídas no concerto como "Stay the Night" (cantada no lugar de "Vision of Love" em nos primeiros concertos nos Estados Unidos e em Verona, Uncasville, Tokyo, Nagoya, Osaka e o primeiro concerto em Saitama), "Without You" (cantada na Tunísia), "Breakdown" (cantada na Tunísia e Miami) e partes de "I Know What You Want," "Can't Let Go," "Melt Away" (Detroit), "Close My Eyes", "My Saving Grace," "Joyride" (Tampa), "Love Takes Time" e "Your Girl" (primeiro verso e o refrão em alguns concertos nos Estados Unindos).

Datas[editar | editar código-fonte]

Data Cidade País Local
África
22 de Julho de 2006 Tunis  Tunísia Stade El Menzah
24 de Julho de 2006
América do Norte
5 de Agosto de 2006 Miami  Estados Unidos American Airlines Arena
7 de Agosto de 2006 Tampa St. Pete Times Forum
9 de Agosto de 2006 Atlanta Philips Arena
11 de Agosto de 2006 Philadelphia Wachovia Center
13 de Agosto de 2006 Toronto  Canadá Air Canada Centre
15 de Agosto de 2006 Montreal Bell Centre
17 de Agosto de 2006 Atlantic City  Estados Unidos Trump Taj Mahal Casino Resort
19 de Agosto de 2006
21 de Agosto de 2006 Boston TD Garden
23 de Agosto de 2006 New York Madison Square Garden
25 de Agosto de 2006 Uncasville Mohegan Sun Arena
27 de Agosto de 2006 East Rutherford Continental Airlines Arena
29 de Agosto de 2006 Toronto  Canadá Air Canada Centre
1 de Setembro de 2006 Albany  Estados Unidos Pepsi Arena
3 de Setembro de 2006 Wantagh Nikon at Jones Beach Theater
5 de Setembro de 2006 Verona Turning Stone Resort & Casino
7 de Setembro de 2006 Washington, D.C. Verizon Center
9 de Setembro de 2006 Detroit The Palace of Auburn Hills
11 de Setembro de 2006 Chicago United Center
14 de Setembro de 2006 Houston Toyota Center
16 de Setembro de 2006 Dallas American Airlines Center
19 de Setembro de 2006 Winnipeg  Canadá MTS Centre
21 de Setembro de 2006 Edmonton Rexall Place
23 de Setembro de 2006 Vancouver General Motors Place
25 de Setembro de 2006 Calgary Pengrowth Saddledome
27 de Setembro de 2006 Sacramento  Estados Unidos ARCO Arena
30 de Setembro de 2006 Las Vegas MGM Grand Garden Arena
2 de Outubro de 2006 Oakland Oracle Arena
4 de Outubro de 2006 San Diego San Diego Sports Arena
6 de Outubro de 2006 Los Angeles Staples Center
8 de Outubro de 2006 Anaheim Honda Center
10 de Outubro de 2006 Phoenix US Airways Center
Ásia
16 de Outubro de 2006 Tokyo  Japão Nippon Budokan
18 de Outubro de 2006 Nagoya Nagoya Rainbow Hall
20 de Outubro de 2006 Saitama Prefecture Saitama Super Arena
21 de Outubro de 2006
24 de Outubro de 2006 Osaka Osaka-jō Hall
25 de Outubro de 2006

Box office score data[editar | editar código-fonte]

Local Cidade Ingressos vendidos / À venda Vendagem
Stade El Menzah Tunis 42,525 / 42,525 (100%) $5,626,738[5]
American Airlines Arena Miami 13,156 / 13,156 (100%) $1,074,620[5]
St. Pete Times Forum Tampa 13,354 / 13,542 (99%) $714,455[5]
Philips Arena Atlanta 11,226 / 13,288 (84%) $660,595[5]
Wachovia Center Philadelphia 15,160 / 15,160 (100%) $1,516,136[6]
Air Canada Centre Toronto 27,064 / 27,064 (100%) $2,039,161[7]
Bell Centre Montreal 13,200 / 14,161 (93%) $810,980[7]
Trump Taj Atlantic City 5,000 / 5,000 (100%) $750,046[7]
Trump Taj Atlantic City 5,000 / 5,000 (100%) $1,046,560[7]
TD Garden Boston 11,993 / 14,922 (80%) $1,034,794[7]
Madison Square Garden New York 13,930 / 13,930 (100%) $1,300,400[7]
Continental Airlines Arena East Rutherford 12,697 / 13,525 (94%) $1,076,790[7]
Pepsi Arena Albany 6,519 / 6,519 (100%) $4,511,211[8]
Nikon at Jones Beach Theater Wantagh 11,725 / 13,855 (85%) $654,534[8]
Verizon Center Washington 12,121 / 14,199 (85%) $839,643[9]
The Palace of Auburn Hills Auburn Hills 12,804 / 12,804 (100%) $894,399[9]
United Center Chicago 12,958 / 13,930 (93%) $919,268[9]
Toyota Center Houston 11,252 / 11,830 (95%) $828,293[10]
American Airlines Center Dallas 10,521 / 11,494 (91%) $806,096[10]
MTS Centre Winnipeg 8,915 / 9,557 (93%) $611,223[10]
Rexall Place Edmonton 12,013 / 12,578 (95%) $880,306[11]
General Motors Place Vancouver 14,189 / 14,652 (97%) $1,223,100[12]
Pengrowth Saddledome Calgary 11,984 / 11,984 (100%) $815,242[11]
ARCO Center Sacramento 12,353 / 12,510 (99%) $938,106[11]
MGM Grand Garden Arena Las Vegas 13,730 / 13,730 (100%) $1,844,530[11]
Oakland Arena Oakland 12,510 / 13,585 (92%) $960,369[11]
San Diego Sports Arena San Diego 9,480 / 10,000 (95%) $765,431[13]
Staples Center Los Angeles 12,844 / 13,882 (92%) $1,230,397[14]
Honda Center Anaheim 11,475 / 12,024 (95%) $918,283[14]
US Airways Arena Phoenix 12,049 / 13,136 (92%) $880,739[14]
Nippon Budokan Tokyo 13,509 / 13,509 (100%) $1,853,702[14]
Nagoya Rainbow Hall Nagoya 9,853 / 9,853 (100%) $1,425,184[14]
Saitama Super Arena Tokyo 35,227 / 35,227 (100%) $5,814,781[14]
Saitama Super Arena Tokyo 35,227 / 35,227 (100%) $5,530,412[14]
Osaka-jō Hall Osaka 13,105 / 13,105 (100%) $1,965,010[14]

Nota: Concertos em Hershey, Denver e Seattle foram inicialmente agendadas mas foram cancelados devidos a baixa vendas de ingressos.[15] A planned second Madison Square Garden date was also scrapped.[15] Com os treze concertos nos Estados Undios os ingressos foram esgotados foram escolhidas cidades no Canadá.[15] Canadá foi o país em que os ingressos venderam rapidamente e mais favorável a condições econômicas.[16] O conerto final em Hong Kong foi cancelado devido a conflitos com o promotor do evento.[17] [4]

Recepção[editar | editar código-fonte]

[[Ficheiro:Mariah Carey in August 2006 3.jpg|180px|thumb| Avaliações da turnê foram mistas, muitos críticos falaram sobre a transformação da cantora de uma pop star para uma cantora mais hip hop e dos vocais que a cantora apresentava.[15] [18] Outros críticos comentaram sobre a duração curta do concerto, especialmente as muitas trocas de roupas que a cantora faz,[19] [20] enquanto outros acham que a cantora estava tentando ao máximo fazer com que o público gostasse dela, especialmente o vídeo de introdução e a metáfora usada.[21]

Gravações[editar | editar código-fonte]

De acordo com o diretor musical Randy Jackson, o show no Honda Center em Anaheim em 8 de Outubro de 2006 foi escolhido como base para um futuro lançamento do DVD. Embora um pré-concerto foi filmado lá para incluir fans, regular a luz e a preparação técnica para então à noite o concerto ser gravado.

O resultado foi o DVD intulado The Adventures of Mimi, lançado em 19 de Novembro de 2007.

Equipe[editar | editar código-fonte]

Equipe de Produção[editar | editar código-fonte]

Executivos[editar | editar código-fonte]

  • Diretor: Mariah Carey & Benny Medina
  • Co-Diretor: Mark Sudack
  • Executivo: Michael Richardson
  • Handprint Entertainment: Melissa Ruderman
  • Maroon Entertainment: Gina Rainville

she the best

Concerto[editar | editar código-fonte]

  • Gerente: Michael Richardson
  • Diretor: Barry Lather
  • Diretor Musical: Randy Jackson
  • Coreografia: Rachel McIntosh
  • Coreógrafos: Rachel McIntosh, Eddie Morales, Anthony Talauega, Richmond Talauega, AJ Jones
  • Iluminação: Justin Collie/Art Fag
  • Projetor de som: Mike McKnight
  • Engenheiro de Som: Howard Page
  • Diretor de Vídeo: Chris Keating
  • Backline Tech: Shawn Atkins Drums & Bass Guitar/Key Bass
  • Vinhetas: Dirigidas por Spike Lee
  • Introdução: Bill Boatman & Michael Shores
  • Segurança: Darrel Clark
  • Segurança: Rob Payne
  • Maquiagem: Paul Starr
  • Cabelo: Lew Ablahani
  • Consultor de Moda: June Ambrose
  • Costureira: Nile Cmylo
  • Assistente Pessoal: Lisa Ripi
  • Treinadora esportiva: Patricia Gay

Artistas de Palco[editar | editar código-fonte]

Banda[editar | editar código-fonte]

  • Teclado: Eric Daniels
  • teclado: Lamonte Neuble
  • Bateria: Jerohn Garnett
  • Baixo/Guitarra: James Butler
  • Guitarra: Jon Clark
  • Percussão: Ollie E. Brown
  • Vocal de Apoio, dueto e cantor: Trey Lorenz
  • Vocal de Apoio: MaryAnn Tatum
  • Vocal de Apoio: Sherry Tatum

Dançarinos[editar | editar código-fonte]

  • Rachel McIntosh
  • Eddie Morales
  • Earl Wright
  • Joshuah Michael
  • Michelle Brooke]
  • Bryan Tanaka
  • Russel Wright

Participações Especiais[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. MSN Mariah Carey takes on Madonna with new tour
  2. Asbury Park Press, AP story by Nekesa Mumbi Moody, August 11, 2006.
  3. "Hong Kong Mariah Carey concert canceled over poor response, 'unreasonable' demands", 'International Herald Tribune', 2006-10-26. Página visitada em 2009-02-03.
  4. a b "Mariah Carey's Hong Kong Show Canceled" The Washington Post
  5. a b c d Billboard Boxscore Concert Grosses page 18 Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-08-26). Visitado em 2009-09-03.
  6. Billboard Boxscore Concert Grosses Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-09-09). Visitado em 2009-09-03.
  7. a b c d e f g Billboard Boxscore Concert Grosses Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-09-16). Visitado em 2009-09-03.
  8. a b Billboard Boxscore Concert Grosses Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-09-23). Visitado em 2009-09-03.
  9. a b c Billboard Boxscore Concert Grosses Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-09-30). Visitado em 2009-09-03.
  10. a b c Billboard Boxscore Concert Grosses Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-10-07). Visitado em 2009-09-03.
  11. a b c d e Billboard Boxscore Concert Grosses Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-10-21). Visitado em 2009-09-03.
  12. Billboard Boxscore Concert Grosses Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-10-14). Visitado em 2009-09-03.
  13. Billboard Boxscore Concert Grosses Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-11-11). Visitado em 2009-09-03.
  14. a b c d e f g h Billboard Boxscore Concert Grosses Billboard Nielsen Business Media, Inc. (2006-10-28). Visitado em 2009-09-03.
  15. a b c d Newsday What's wrong with Mariah Carey?
  16. Billboard.com Mariah Looking To Tour For Musical Inspiration
  17. Hong Kong Mariah Carey concert canceled over poor response, 'unreasonable' demands - iht,arts,celebrity news,Hong Kong Mariah Carey - Arts & Leisure - International Herald Tribune
  18. The Detroit News Mariah was on fire in her 1st Metro show
  19. The Connecticut Post Mariah Carey concert disappointing
  20. Mass Live Mariah Carey performance brief
  21. Palm Beach Post Mariah Carey concert review