As Aventuras de Tom Bombadil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Adventures of Tom Bombadil
As Aventuras de Tom Bombadil
As Aventuras de Tom Bombadil
Autor (es) J.R.R Tolkien
Idioma Inglês
País Inglaterra
Género Fantasia
Série O Senhor dos Anéis
Espaço onde decorre a história Terra-média
Arte de capa Pauline Baynes
Editora George Allen & Unwin
Lançamento 1962
Edição portuguesa
Tradução Ersílio Cardoso e Fernanda Pinto Rodrigues
Editora Europa-América
Lançamento Novembro de 2002 (6ª Edição)
Páginas 168
ISBN 978-972-1-04359-6
Edição brasileira
Tradução William Guedes e Krymse Ronald
Editora Martins Fontes
Lançamento 2008
Páginas 208
ISBN 8533624425

As Aventuras de Tom Bombadil é uma coletânea de poesias escritas por J.R.R Tolkien e publicada em 1962. O livro contém 16 poemas, mas apenas dois tratam de Tom Bombadil, um personagem que é mais conhecido por seu encontro com Frodo Baggins em A Sociedade do Anel ou a Irmandade do Anel (o primeiro volume do best-seller de Tolkien O Senhor dos Anéis). O resto dos poemas são uma coletânea de versos e rimas dos contos de fadas da Terra-Média. Dois dos poemas aparecem em O Senhor dos Anéis também.

O volume inclui o que W.H Auden considera o melhor poema de Tolkien, The Sea Bell, com o subtítulo Frodos Dreme. É uma peça com grande complexidade métrica e rítmica que narra uma viagem para uma terra estranha além do mar. Baseando-se em poesia medieval "visão de sonho" e Immram irlandês, a peça é marcadamente melancólica e a nota final é uma alienação e desilusão.

O livro foi originalmente ilustrado por Pauline Baynes e mais tarde por Roger Garland. O livro, como a primeira edição de A Sociedade do Anel, é apresentada como se fosse uma tradução real do Livro Vermelho do Marco Ocidental, e contém algumas informações básicas sobre o mundo da Terra-média que não é encontrada em outro lugar: por exemplo, o nome da torre de Dol Amroth e os nomes dos Sete Rios de Gondor. Há também uma certa ficção de informação nesses poemas, relacionando-os ao folclore Hobbit e literatura, bem como seus escritores reais (alguns deles foram escritos por Samwise Gamgee).

O livro também é notável, porque ele usa a letra "K" em vez de "C" para o som / k / em Sindarin, uma variante ortográfica Tolkien alternaram várias vezes em seus escritos.

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

Versão britânica[editar | editar código-fonte]

  1. The Adventures of Tom Bombadil
  2. Bombadil Goes Boating
  3. Errantry
  4. Princess Mee
  5. The Man in the Moon Stayed Up Too Late
  6. The Man in the Moon Came Down Too Soon
  7. The Stone Troll
  8. Perry-the-Winkle
  9. The Mewlips
  10. Oliphaunt
  11. Fastitocalon
  12. Cat
  13. Shadow-bride
  14. The Hoard
  15. The Sea-Bell
  16. The Last Ship

Versão portuguesa[editar | editar código-fonte]

  1. As Aventuras de Tom Bombadil
  2. O Ferreiro de Wootton Major
  3. O Lavrador Giles de Ham
  4. A Folha de Niggle

Ver também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal Terra-média

Ligações externas[editar | editar código-fonte]