The Battle for Wesnoth

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Battle for Wesnoth
Battle for Wesnoth logo.png
The Battle for Wesnoth-Title Screen.png
Tela principal
Produtora David White e Comunidade
Plataforma(s) AmigaOS 4, BeOS, DragonFly BSD, FreeBSD, GNU/Linux, Mac OS X, NetBSD, OpenBSD, OS/2, Solaris, RISC OS, Windows
Gênero(s) Estratégia baseado em turnos
Modos de jogo Singleplayer, Multiplayer
Média Download
Controles Mouse, Teclado
Hardware
Versão 1.10 (Estável)
1.9.15 (Desenvolvimento)

The Battle for Wesnoth (A Batalha por Wesnoth), também chamado simplesmente de Wesnoth, é um jogo de estratégia baseado em turnos em um mapa hexagonal. O jogo é programado em C++ e é um software livre, licenciado pela GPL. Ele possui versões para a maioria dos sistemas operacionais, rodando no AmigaOS 4, BeOS, DragonFly BSD, FreeBSD, GNU/Linux, Mac OS X, NetBSD, OpenBSD, OS/2, Solaris, RISC OS e no Windows.

Battle for Wesnoth foi originalmente desenvolvido em junho de 2003, por David White, que atualmente atua como o coordenador do projeto. Tendo se baseado nos jogos do Sega Genesis Master of Monsters e Warsong, ele procurou criar um jogo de estratégia de código-aberto que tivesse regras muito simples, mas com uma poderosa inteligência artificial, e ele obteve sucesso e diversão. A base filosófica de desenvolvimento de Battle for Wesnoth é o Keep it Simple Stupid (ou KISS); para uma nova idéia ser aceita, ela não pode complicar o funcionamento do jogo. Atualmente, o jogo está disponível em 35 línguas, as principais são: alemão, chinês, checo, espanhol, inglês, estoniano, finlandês, francês, húngaro, italiano, polonês, português, sérvio e turco.

O desenvolvimento de Battle for Wesnoth é muito intenso, e possui dois versionamentos, o estável e o de desenvolvimento. A versão estável é a 1.10 (lançada em 29 de janeiro de 2012) [1] e a de desenvolvimento é a 1.9.14 (lançada em 9 de janeiro de 2012)[2] .

Visão Geral[editar | editar código-fonte]

Battle for Wesnoth é ambientado em um cenário de fantasia, onde os jogadores podem construir exércitos com lutadores das mais variadas raças, como humanos, anões, mortos-vivos, dragões, elfos, orcs, lagartos, nagas, sereias, ogros , morto-vivos entre outros. Ele é um jogo de estratégia baseado em turnos com campanhas em nível single ou multi-player.

Cada unidade possui suas forças e fraquezas. A defesa de uma unidade é baseada unicamente no tipo de terreno em que ela se encontra, tornando o terreno e o local das unidades de grande importância. Diferentes tipos de ataques, de armas e a alternância dos ciclos diurnos e noturnos favorecem ora as unidades ordeiras, ora as caóticas(unidades neutras não são afetadas), incrementando a estratégia. ao longo das campanhas as unidades podem avançar para níveis mais altos, adquirindo ainda mais poder. Parte da diversão do jogo consiste na construção e aperfeiçoamento de um exército enquanto atravessa as campanhas.

Exemplo de música do jogo
Exemplo de música do jogo (compositor: Timothy Pinkham)(nome no jogo=wanderer.ogg)

Problemas para escutar este arquivo? Veja introdução à mídia.

O nome Wesnoth foi originalmente criado pelo criador do jogo como uma combinação de sílabas que ele achou ter um bom som e que também acreditou remeter à uma terra de fantasia. De acordo com que o jogo foi sendo largamente elaborado, os desenvolvedores criaram uma etimologia ficcional para o nome: os habitantes de Wesnoth vieram do Oeste e do Norte, ou seja, Westnorth, que posteriormente resultou em Wesnoth. Esta etimologia é explicada na campanha "The Rise of Wesnoth" (A ascensão de Wesnoth).


Devido à sua natureza livre, por ser um software-livre, o desenvolvimento de Wesnoth é descentralizado. As unidades e campanhas oficialmente adicionadas ao jogo são derivadas de índices criados pela comunidade, da mesma forma que índices de criação de personagens são utilizados em jogos proprietários. Os fóruns e Wiki de Wesnoth são usados para o desenvolvimento de novas campanhas, incluindo novos tipos de unidades e a arte-final da história. O jogo pode fazer download de novas campanhas do servidor central. Todo o conteúdo e as campanhas oficiais contidas no servidor precisa ser licenciado pela GPL, assim como o jogo.

Campanhas[editar | editar código-fonte]

Tutorial do jogo(versão 1.6.4)

A versão estável do jogo vem com 16 campanhas, sendo a maioria com três níveis de dificuldade. Mais campanhas, criadas por usuários, podem ser obtidas na forma de add-ons no servidor de campanhas de Wesnoth. A lista abaixo contém as campanhas contidas na versão 1.8 do jogo:

  • Heir to the Throne (Herdeiro do Trono): Konrad, o jovem herdeiro do trono de Wesnoth, alia-se com elfos rebeldes e outras raças para reclamar o trono da rainha usurpadora Asheviere, seu exército, e seus mercenários orcs. Esta foi a campanha original fornecido com o jogo e ainda é o principal produto, a partir do qual a maioria da história Wesnoth, geografia, tradições, e os personagens principais são derivadas. Com 25 cenários, Herdeiro do Trono também é uma das maiores campanhas do jogo.
  • A Tale of Two Brothers (Um conto de dois irmãos): Uma campanha curta concebido para os novatos, onde se segue a história de um cavaleiro que deve encontrar seu irmão e salvar uma pequena vila de um necromante.
  • An Orcish Incursion (Uma invasão de Orcs): campanha para novatos no qual o jogador deve repelir os primeiros Orcs a invadir o Grande Continente.
  • The South Guard (A Guarda Sul): Um jovem cavaleiro chamado Deoran é enviado para assumir o comando da Guarda Sul. A história da campanha pode seguir dois ramos, dependendo de escolhas do jogador. contém varias informações uteís que não estão listadas no Tutorial.
  • Liberty (Liberdade): Várias aldeias pobres são traídas pelo Reino de Wesnoth, que recentemente caiu sob a influência da opressiva Rainha Asheviere. Eles decidem voltar para lutar e tornar-se foragidos.
  • The Legend of Wesmere (A Lenda de Wesmere): Uma campanha de dificuldade intermediária que narra o conto de Kalenz, o Senhor Alto dos Elfos, que lutou contra a segunda invasão dos Orcs do Grande Continente.
  • The Eastern Invasion (A Invasão oriental): Nesta campanha, um oficial do exército de Wesnoth conhecido como Gweddry tenta salvar o Reino de Wesnoth de uma invasão de mortos-vivos.
  • The Hammer of Thursagan (O Martelo de Thurgasan): Uma campanha que foca a Aliança do Norte, uma facção composta principalmente de anões e humanos. Uma expedição de Knalga procura seus parentes na Kal Kartha e descobrem o destino do lendário Martelo de Thursagan.
    • A campanha foi escrita pelo hacker conhecido defensor de código aberto Eric S. Raymond.
  • Descent into Darkness (Declínio para Escuridão): Malin Keshar, um jovem mago da cidade de Parthyn, tenta defender sua casa de saqueadores Orcs recrutando a ajuda de um necromante chamado Darken Volk. Ao fazer isso, ele aprende as artes proibidas e o verdadeiro poder dos mortos-vivos.
    • A campanha é mais conhecida por seu único fim.
  • Delfador's Memoirs (Memórias de Delfador)*: Uma campanha apresentada na versão 1.8, que conta a Back-story do mago Delfador, uma personagem principal da campanha "Herdeiro do Trono".
  • The Sceptre of Fire (O Cetro de Fogo): Uma história com os anões de Knalga e a criação do Cetro de Fogo, um MacGuffin apresentado na campanha "Herdeiro do Trono".
  • Son of the Black Eye (Filho do Black Eye): A história de um Orc chamado Kapou'e, que é o filho de Black-Eye Karun, o único Orc a ter unificado as tribos orcs. Black-Eye Karun foi traído e assassinado pelos seres humanos. Kapou'e luta contra os condados humanos e tenta re-unir os clãs orcs sob sua bandeira.
  • The Rise of Wesnoth (A Origem de Wesnoth): Esta campanha é sobre a fundação de Wesnoth pelo príncipe Haldric, seu primeiro rei. Ele deve conduzir o seu povo da Ilha Verde, que está sendo infestada por orcs, a leste até sua futura casa. Como "Herdeiro do Trono", é uma das maiores campanhas do jogo e estabelece história inicial e a sabedoria de Wesnoth.
  • Northern Rebirth (Renascimento do Norte): O povo mantido em cativeiro pelos orcs na cidade de Dwarven Doors rebela-se contra seus mestres em uma luta que irá moldar o destino das Northlands (Terras do Norte).
  • Under the Burning Suns (Sob os sóis incandescentes): Situado no futuro distante de Wesnoth, onde os Elfos vivem no deserto com dois sóis queimando. Os meteoros caíram do céu e destruíram suas casas, forçando-os a embarcar em uma jornada a seguir o seu líder corajoso e visionário, Kaleh. Esta campanha tem muitas unidades e outros conteúdos que normalmente não estão disponíveis no jogo.[3]
  • Dead Waters (Águas Mortas): você interpreta Kai Krelis,um rei Seranico, mas é apenas uma criança. mortos-vivos estão tentando transformar seu povo em escravos morto-vivos! Guie seu povo para obter ajuda de uma feiticeira ao norte enquanto ganha o respeito de suas tropas.

Versões[editar | editar código-fonte]

O primeiro lançamento, ainda em fase de desenvolvimento, Wesnoth 0.1, aconteceu em 18 de junho de 2003. Em outubro de 2005, o jogo chegou à versão 1.0.[4] Dia primeiro de abril de 2010, a versão 1.8 foi liberada.[5] Várias versões de Wesnoth foram baixadas do servidor centra mais de quatro milhões de vezes.[6] Em 5 de julho de 2010 chegou à versão 1.8.3 [2] , e a versão 1.8.5 foi lançada em 26 de setembro de 2010 [2] . Atualmente, o desenvolvimento do jogo se dá em duas frentes, a estável (1.8.5) e a de desenvolvimento. Em 17 de janeiro de 2011 foi lançada a versão de desenvolvimento 1.9.4[2] .

Traduções[editar | editar código-fonte]

A partir de abril de 2010, o jogo está disponível em cerca de 50 idiomas, sendo que em 18 deles mais de 95% das expressões da versão estável oficial (1.8.5) estão traduzidas e 12 atingiram os 100%.[7] Para o português existem as duas formas, sendo que a tradução para o Português do Brasil (81,07% da versão 1.8.5[7] ) está mais completa que a tradução para o português europeu (4,57% da versão 1.8.5[7] ).

Da versão em desenvolvimento (1.9.4), até o final de janeiro de 2011, apenas duas das traduções havia atingido 100% das expressões traduzidas, sendo que a versão para o Português do Brasil está em 82,04% [8] e a versão em Português Europeu está em 4,03% [8] .

Modding[editar | editar código-fonte]

Por se tratar de um projeto de código aberto, há várias opções de modding.

Editor[editar | editar código-fonte]

Editor de mapas do The Battle for Wesnoth

The Battle for Wesnoth possui um editor de mapas, com suporte para vários recursos, como criação de mapas múltiplos e geração aleatória de mapas. O editor suporta todos os formatos de terreno presentes no jogo, bem como terrenos adicionais, criados especialmente para cada campanha. A hora do dia pode ser selecionada prevaimente ou pode ser criada uma iluminação artificial.[9]

WML[editar | editar código-fonte]

Usando qualquer editor simples de texto, novas campanhas podem ser criadas utilizando o que é conhecido como Wesnoth Markup Language (WML). Como seu nome sugere, WML é similar ao HTML e outras linguagem de marcação (como XML), cuja sintaxe com tags define eventos no cenário. Entretanto, WML evoluiu do que era para ser uma simples linguagem de marcação/configuração para uma linguagem de programação especializada, para facilitar as modificações dentro do jogo. Exemplos de utilização nas versões mais atuais podem ser encontradas na wiki do jogo.[10]

Lua[editar | editar código-fonte]

Após a versão 1.7, código em Lua podem ser inseridos dentro de eventos do WML, sendo executadas junto com o evento.[11] Depois da versão 1.7.14, Lua também começou a ser usada para criar implementações de Inteligência artificial.[12]

Referências

  1. Battle for Wesnoth 1.10 Release Notes. Página visitada em 11 de fevereiro de 2012.
  2. a b c d Battle for Wesnoth.
  3. Mainline Campaigns Wesnoth Wiki.. Página visitada em 2010-04-01.
  4. Battle for Wesnoth 1.0 Release Notes (2005-10-02).
  5. Battle for Wesnoth 1.8 Release Notes (2010-04-01).
  6. Sourceforge stats.
  7. a b c Wesnoth translation stats.
  8. a b Wesnoth translation stats.
  9. Built-in Editor in 1.6. Página visitada em 19 de maio de 2011.
  10. Building Campaigns. Página visitada em 19 de maio de 2011.
  11. LuaWML. Página visitada em 19 de maio de 2011.
  12. Wesnoth 1.7.14 aka 1.8-beta7 is out (2010-03-09).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre The Battle for Wesnoth
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre The Battle for Wesnoth
Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.