The Bells of Saint John

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
232 – "The Bells of Saint John"
Os sinos de Saint John (BR)
Episódio de Doctor Who
Informação geral
Escrito por Steven Moffat
Produtor Denise Paul
Produtor executivo Steven Moffat
Caroline Skinner
Compositor musical Murray Gold
Direção Colm McCarthy
Exibição original 30 de março de 2013[1]
Elenco
Doutor
Companhia
Convidados
  • Celia Imrie – Senhora Kislet[2]
  • Robert Whitlock – Mahler
  • Dan Li – Alexei
  • Manpreet Bachu – Nabile
  • Sean Knopp – Paul
  • James Greene – O abade
  • Geff Francis – George
  • Eve de Leon Allen – Angie
  • Kassius Carey Johnson – Artie
  • Danielle Eames – Menina
  • Fred Pearson – Barista
  • Jade Anouka – Garçonete
  • Olivia Hill – Apresentadora do jornal
  • Isabella Blake-Thomas – Criança
  • Matthew Earley – Homem
  • Antony Edridge – Piloto[3]
Cronologia
Último
Último
"The Snowmen"
"The Rings of Akhaten"
Próximo
Próximo
Lista de episódios

"The Bells of Saint John"[4] é o sétimo episódio da sétima temporada da série de drama e ficção científica britânica, Doctor Who. Estreou no Reino Unido em 30 de março de 2013, sendo o primeiro episódio da segunda metade da temporada. O episódio estrelou Matt Smith como Décimo primeiro Doutor e Jenna-Louise Coleman como Clara Oswald.[1] O enredo vê o Doutor encontrando Clara na Londres atual lutando contra um inimigo através da cidade mergulhada em uma "sopa de Wi-Fi".[5]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Prelúdio[editar | editar código-fonte]

Em 23 de março de 2013, a BBC divulgou um curto vídeo para o episódio, escrito por Steven Moffat.[6] No prelúdio, o Doutor está sentado as oscilações de um parque infantil, quando ele conhece uma menina. Eles falam sobre a perda de coisas, e o estado do Doutor que perdeu alguém duas vezes e ele espera que ele pode ser capaz de encontrá-la novamente. Quando a menina sai, o público descobre que seu nome é Clara Oswald.[7]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo.

Na sequência dos acontecimentos recentes, o Doutor começou a contemplar o mistério em torno de Clara Oswin Oswald, que é referida como "a mulher que morreu duas vezes", em um mosteiro de Cúmbria em 1207. Os monges logo trazem notícias, dizendo que o "Sinos de São João" estão tocando. O Doutor retorna rapidamente a sua TARDIS (próximo ao emblema da St. John Ambulance) e percebe que o telefone está tocando (algo que não deveria estar acontecendo). Ele opta por aceitar a ligação, achando do outro lado da linha uma jovem de 2013, em Ealing,[8] em Londres, que acredita que ela obteve um contato com o suporte técnico do Wi-Fi. Enquanto ajudando-a a ligar, ela começa a usar a frase "corra menino inteligente e lembre-se" como um mnemônico para sua senha de acesso ao Wi-Fi gratuito. Reconhecendo a mesma frase das versões anteriores de Clara em "Asylum of the Daleks" e "The Snowmen", o Doutor percebe quem ela é, e parte para o futuro em sua TARDIS.

Sem o conhecimento dele, Clara foi conectada a uma rede Wi-Fi diferente rotulada por alienígenas como símbolos. Este alerta partiu de um técnico que trabalhava sob as ordens da senhorita Kizlet, que instrui-lo a enviar um servidor móvel, um robô humanoide que pode tomar a aparência de qualquer um usando de memórias de uma pessoa, para o seu endereço. Os servidores são apelidado de 'Spoonheads" por causa de uma colher-como prato da antena na parte de trás de sua cabeça, que eles usam para fazer upload de suas vítimas para o armazenamento em nuvem de Kizlet. No momento que o Doutor chega, o Spoonhead está carregando a consciência de Clara. O Doutor interrompe a operação e restaura Clara. Sua interferência é conhecida pela senhorita Kizlet, a quem ele envia uma mensagem. Depois de informar a seu "cliente", ela ordena seus agentes para rastrear o Doutor e Clara.

Quando Clara se recupera, o Doutor explica que alguém está usando as redes Wi-Fi para baixar e conformar consciências humanas por toda a Londres para algum propósito desconhecido, ele também demonstra que Clara ganhou conhecimentos de informática devido a seu carregamento. Quando os agentes da senhorita Kizlet descobrem o par, ela ordena a rede Wi-Fi para ser ativada, fazendo com que a tripulação de um avião a caisse no sono, antes de pousar no aeroporto de Heathrow, fazendo-a descer em direção ao casal em rota de colisão. O Doutor arrasta Clara a TARDIS e embarca no avião. O par ajudada a prevenir a aeronave de cair e garante a tripulação e os passageiros que estão protegidos contra o acesso Wi-Fi, como eles começam a acordar, antes de partir.

Grande parte do episódio ocorre em torno do The Shard, dentro do qual a organização da senhorita Kizlet é indicada para trabalhar.

O Doutor e Clara viajam até a manhã seguinte e levam uma moto para um café ao lado da Catedral de São Paulo. O Doutor é incapaz de encontrar a base de operações para a rede Wi-Fi a partir do computador de Clara, mas ela se oferece para usar suas novas habilidades para fazê-lo. O Doutor entra na cafeteria para tomar um café quando a senhorita Kizlet, usando os patronos diferentes no café, provoca o Doutor e mostra suas habilidades para controlar a população de Londres. Enquanto isso, Clara descobre cortando as webcams e usando a mídia social de que todos os técnicos que trabalham para a senhorita Kizlet estão no The Shard. Ela diz isso ao Doutor, só percebendo que o que estava a sua frente era um Spoonhead, e sua consciência é baixada, quando o verdadeiro Doutor chega já é tarde demais para parar com isso.

O Doutor, não querendo perdê-la de novo, vai ao Shard em sua moto, e usa o recurso de anti-gravidade para escalar o Shard, batendo no escritório da senhorita Kizlet. Ela explica calmamente que ela está fazendo o trabalho de seu cliente que precisa da consciência humana para "seus" fins e se recusa a liberar as consciências armazenadas. O Doutor revela que ele é realmente um Spoonhead que ela enviou para o café, sendo controlado pelo verdadeiro Doutor, que ainda está lá. O Doutor descarrega a senhorita Kizlet para a matriz de outras consciências, em seguida, altera a obediência de seu segundo-em-comando para liberar todos eles. Clara é restaurada ao normal.

Como as forças da UNIT correm para garantir a instalação, a senhorita Kizlet explica a seu cliente, a Grande Inteligência, que ela falhou, e começa a "resetar o sistema", e ela e todos os outros técnicos são revertidos a um estado mental antes de eles serem parte do plano da Grande Inteligência - com todos consideravelmente confusos, embora a senhorita Kizlet se reverte para sua infância.

O Doutor se apresenta corretamente a Clara na TARDIS e se oferece para levá-la com ele para qualquer lugar no espaço ou no tempo. Ela rejeita o seu pedido, embora lhe diz para voltar no dia seguinte, como ela pode mudar sua mente. Ele concorda com prazer, e quando ela sai, ele dedica o seu tempo para desvendar o mistério por de trás dela.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Continuidade[editar | editar código-fonte]

  • Summer Falls, o livro que Clara conta a leitura de Artie, é escrito por "Amelia Williams", o nome de casada da companheira anterior do doutor e mãe-de-lei Amy Pond;[9] [10] ela tinha sido uma escritora de viagens no século 21[11] antes de ser permanentemente enviado de volta para o início do século 20, e tornando-se a editor do romance de sua filha detetive/guia.[12] . A encarnação Clara, do século 19, também involuntariamente referencia Amy quando ela passou no teste da Madame Vastra com a palavra única em "The Snowmen".
  • O Doutor pega um fez, o que antes era um ponto da trama em "The Big Bang", e referenciada várias vezes depois disso. Ele foi primeiramente usado no aniversário de 25 anos da série, Silver Nemesis, pelo Sétimo Doutor e Ace McShane.
  • O Doutor em um ponto dá a Clara um prato de Jammie Dodgers, em que ele tinha mostrado interesse no episódio "Victory of the Daleks", quando ele disse que um Dodger Jammie foi um interruptor de auto-destruição para destruir a TARDIS, e depois pedindo ao Presidente Nixon por um prato deles em 1969, em "The Impossible Astronaut".
  • O Doutor se refere a uma motocicleta que ele montou nos "Jogos Olímpicos da Anti-Gravidade de 2074"; os Jogos Olímpicos da Anti-Gravidade também foram referenciados nos momentos iniciais do episódio de 2006, "Tooth and Claw".
  • O telefone exterior de emergência de uso público da TARDIS apenas foi anteriormente usado no episódio do nono Doutor, "The Empty Child", também escrito por Steven Moffat.
  • A linha "Doutor quem?", tendo sido usado continuamente desde o episódio de estréia, "An Unearthly Child", e teve importância no universo a partir de "The Wedding of River Song". Cada um das três encarnações de Clara até agora têm pronunciado após a reunião com o Doutor.
  • A Grande Inteligência faz sua segunda aparição em uma linha depois de aparecer no episódio anterior, "The Snowmen". Da perspectiva da Inteligência, mais de um século foi decorrido.[13] Durante este tempo, a Inteligência encontrou o Segundo Doutor duas vezes, uma em 1935 (The Abominable Snowmen) e, novamente, 40 anos depois (The Web of Fear). Ele usa a aparência do Dr. Simeão para se comunicar.

Produção[editar | editar código-fonte]

O escritor Steven Moffat descreveu a premissa, "É a tradicional em Doctor Who coisa de tomar algo onipresente em sua vida e tornando-o sinistro, se algo o fez entrar no Wi-Fi, estaríamos presos. Ninguém tinha realmente feito isso antes, então eu pensei, 'É hora de receber as crianças assustadas de Wi-Fi!".[5] Foi o produtor Marus Wilson, que sugeriu que o episódio fosse um "thriller urbano", como a história já estaria definido na Londres contemporânea para introduzir Clara e os monstros do Wi-Fi gratuito.[14] Moffat comparou o estilo de James Bond e The Bourne Identity.[15]

Apesar de ter sido anunciado como a nova companheira, Jenna-Louise Coleman apareceu pela primeira vez como duas versões diferentes de Clara em "Asylum of the Daleks" e "The Snowmen", mas "The Bells of Saint John" apresenta a versão que será a companheira de viagem do Doutor.[16] [17] Moffat descreveu esta versão de Clara como "mais do mundo real".[2] Smith afirmou que Clara "reacende a curiosidade [do Doutor] no universo e dá-lhe o seu mojo de volta".[18]

A mesa de trabalho de "The Bells of Saint John", teve lugar em 19 de setembro de 2012, no Roath Lock.[9] As filmagens começaram em 8 de outubro.[9] Algumas filmagens tiveram lugar em Londres, no Westminster Bridge e ao lado do Rio Tâmisa.[19] As cenas de motos nos locais de Londres foram filmados em outubro de 2012.[20] [21] "The Bells of Saint John" é o primeiro episódio de Doctor Who que foi dirigido por Colm McCarthy.[9]

Os sobrenomes de George, Angie e Artie não está listados nos créditos. Sua rede doméstica, no entanto, é apresentado como "Família Maitland" quando Clara tenta fazer logon.

Transmissão[editar | editar código-fonte]

"The Bells of Saint John" vai ao ar no Reino Unido na BBC One em 30 de março de 2013,[22] e na mesma data, no Estados Unidos na BBC America[23] e no Canadá no Space.[24] Vai ser exibido também em 31 de março na Austrália pela ABC1[25] , no Prime na Nova Zelândia[26] e na África do Sul pela BBC Entertainment.[27]

Referências

  1. a b Doctor Who to Return with 'The Bells of St John' - First Official Picture! BBC Doctor Who (1 March 2013). Visitado em 1 March 2013.
  2. a b Doctor Who stars talk series return in 'The Bells of Saint John': video Digital Spy (18 March 2013). Visitado em 19 March 2013.
  3. The Bells of Saint John BBC. Visitado em 22 March 2013.
  4. http://www.radiotimes.com/rt-service/image/render/26849.jpg?imageUrl=/uploads/images/original/26849.jpg
  5. a b (7 March 2013) "". Doctor Who Magazine (458). Royal Tunbridge Wells, Kent: Panini Comics.
  6. Prequel for the Bells of Saint John: Here on Saturday! BBC (21 March 2013). Visitado em 23 March 2013.
  7. The Bells of Saint John: A Prequel (Video) BBC (23 March 2013). Visitado em 23 March 2013.
  8. The location of Clara's & the Maitland family's home is shown on the map when she connects to the network.
  9. a b c d The Bells of Saint John: The Fourth Dimension BBC. Visitado em 31 March 2013.
  10. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas SFX
  11. "The Power of Three"
  12. "The Angels Take Manhattan"
  13. "The Snowmen" was set at Christmas 1892; "The Bells of Saint John]]"'s modern-day scenes are approximately contemporaneous with their airing, making extensive use of and references to, WiFi, a term coined in 1989 and which did not enter the lexicon of lay users until the 21st century; the Shard was constructed in 2009-2012.
  14. BBC (18 March 2013). Interview with Steven Moffat. Press release. Página visitada em 20 March 2013.
  15. Frost, Vicky (18 March 2013). Doctor Who returns with a Bond-style opening episode The Guardian. Visitado em 23 March 2013.
  16. Jeffery, Morgan (19 March 2013). 'Doctor Who' new episode 'Bells of Saint John' - Spoiler-free preview Digital Spy. Visitado em 19 March 2013.
  17. Doctor Who to Return with 'The Bells of St John' - First Official Picture! BBC (1 March 2013). Visitado em 19 March 2013.
  18. Harp, Justin (28 March 2013). 'Doctor Who' star Matt Smith: 'Clara reignites The Doctor's curiosity' Digital Spy. Visitado em 29 March 2013.
  19. BBC (18 March 2013). Interview with Matt Smith. Press release. Página visitada em 20 March 2013.
  20. Jeffery, Morgan (16 October 2012). 'Doctor Who' shoots in London — new series pictures Digital Spy. Visitado em 20 March 2013.
  21. Golder, Dave (16 October 2012). Doctor Who Series 7: New On-Set Pics SFX. Visitado em 20 March 2013.
  22. Jeffery, Morgan (18 March 2013). 'Doctor Who': New series time slot confirmed Digital Spy. Visitado em 19 March 2013.
  23. Wicks, Kevin (23 January 2013). 'Doctor Who' Returns to BBC America March 30 BBC America. Visitado em 20 March 2013.
  24. Doctor Who returns to SPACE March 30 Space (24 January 2013). Visitado em 21 March 2013.
  25. Doctor Who - The Bells of Saint John Australian Broadcasting Corporation. Visitado em 24 March 2013.
  26. Tweet Prime (25 March 2013). Visitado em 26 March 2013.
  27. BBC (13 February 2013). BBC Entertainment brings latest series of Doctor Who to viewers in South Africa just one day after UK transmission. Press release. Página visitada em 21 March 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Doctor Who é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.