The Blue Dahlia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Blue Dahlia
A dália azul (BR)
 Estados Unidos
1946 • pb • 96 min 
Direção George Marshall
Roteiro Raymond Chandler
Elenco Alan Ladd
Veronica Lake
Género Policial
Noir
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Blue Dahlia (br.: A dália azul) é um filme estadunidense de 1946 do gênero Policial em estilo noir, dirigido por George Marshall. O roteiro é de Raymond Chandler, famoso escritor de histórias policiais. O filme foi a terceira vez que o casal de atores Alan Ladd e Veronica Lake trabalharam juntos.[1]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O capitão da aviação naval Johnny retorna da guerra juntamente com seus dois camaradas, Buzz e George. Separando-se deles para voltar para a sua esposa Helen, Johnny a encontra alcoólica e com um caso extraconjugal. Mesmo assim tenta continuar com ela, mas resolve abandoná-la quando a ouve dizer que mentiu sobre a morte do filho pequeno de ambos. Tentando sair da cidade sob uma forte chuva, ele encontra Joyce, que não sabe quem ele é. Johnny também não sabe que ela é a ex-esposa de Eddie, um dos donos da boate "Dália Azul" e o homem que tem um caso com Helen.

Johnny e Joyce começam um romance, que é interrompido quando Johnny ouve no rádio sobre a morte de Helen. Imediatamente ele vai atrás do ex-marido de Joyce a quem julga ser o assassino, mas sua busca é dificultada por ter os gângsters cúmplices de Eddie e toda a polícia de Los Angeles atrás dele.

Indicações[editar | editar código-fonte]

  • Indicado ao Oscar de melhor roteiro original, Raymond Chandler; 1947.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Na vida real uma aspirante a atriz, Elizabeth Short, foi assassinada em 1947. Ela ficou conhecida como "Black Dahlia" (Dália Negra), numa alusão ao título do filme lançado no ano anterior. A história do crime inspirou The Black Dahlia de 2006.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências