The Cathedral Quartet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Cathedral Quartet
Informação geral
Origem Stow, Ohio
País  Estados Unidos
Gênero(s) A cappella, country, southern gospel, gospel
Período em atividade 1963 - 2000
Página oficial Página oficial
Integrantes Ernie Haase
Scott Fowler
Glen Payne
George Younce
Roger Bennett

The Cathedral Quartet, também conhecido como The Cathedrals, foi um quarteto musical, estadunidense. Interpretava músicas cristãs. Existiu entre os anos de 1963 e 2000.

História[editar | editar código-fonte]

The Cathedral Trio — Bobby Clark, Glen Payne e Danny Koker - foi formado na Cathedral for Tomorrow(Catedral do Amanhã) em Akron, Ohio em 1963. Em 1964, juntaram-se com o baixo George Younce e formaram um quarteto. Durante seis anos de sua existência como quarteto, eles cantavam e viajavam, tendo como líder espiritual o evangelista Rex Humbard, pastor da Cathedral for Tomorrow.

Em 1967, o primeiro tenor lírico Bobby Clark deixou o grupo; dando lugar a outro tenor também lírico, Mack Taunton. Em 1969, Danny Koker, o barítono e pianista saiu do grupo; sendo substituído por George Amon Webster. Ainda em 69, George Younce e Glen fizeram do quarteto uma entidade de negócios separada, e por motivos legislativos não puderam mais ter parte na cathedral of Tomorrow, em Akron, mudando sua firma para Stowe, ainda em Ohio.

Nos anos seguintes, o quarteto lutava por sobrevivência. E por conta de problemas financeiros, o quarteto ocilou entre várias formações variando entre vários 1os tenores, barítonos e pianistas. Roger Horne entrou no lugar de Mack Taunton como primeiro tenor; deixou o grupo, que recebeu de volta Bobby Clark, durante apenas alguns meses. Roger Horne, Roy Tremble e Bill Dykes revezavam a posição de barítono. enquanto Lorne Matthews, Jim Garstang, and George Amon Webster revezavam o piano.

Entre 1972-74, e nos anos seguintes, o grupo manteve uma mesma formação. Roy Tremble passou a cantar primeiro tenor, e George A. Webster voltou a cantar barítono, e Haskell Cooley se juntou a eles como pianista. Chegaram a alcançar o ranking de 2o maior fenômeno do Southern Gospel em 1974, com seu hit de sucesso The last sunday, começando a gravar em várias rádios e obtendo vários prêmios awards.

No fim dos anos 1970, Bill gaither apresentou os Cathedrals a uma audiência contemporânea através de seus eventos Praise Gathering(que mais tarde se chamariam Homecomings, encontros de vários músicos do meio gospel ligados a ele). Sua popularidade ia se expandindo até entrar num declínio de sua formação em 1979, quando três de seus membros(Roy Tremble, George Webster e o recém chegado pianista Lorne Matthews) deixaram o grupo a fim de formar seu próprio trio(George Webster permaneceu durante algum tempo mais, servindo de parceiro ao novo 1º tenor Kirk Talley.) The Brothers.

Com o fim da formação, George e Glen chamaram Kirk Talley para cantar 1º tenor e Steve Lee para variar entre 2º tenor e barítono, devido à recente saída de George Amon Webster, e o grupo voltou a se reorganizar. Um ano depois, Steve Lee decidiu não participar mais de quartetos de muitos anos e encerrou sua carreira com os Cathedrals, sendo substituído pelo baixista e vocalista do grupo Kingsmen, Mark Trammell, e já tendo como pianista, Roger Bennett. Sendo assim, uma das formações mais populares do grupo havia se formado.

A formação durou até o fim do ano de 1983, quando Kirk Talley deixou o grupo para formar com sua família, o grupo The Talleys, dando a vez ao 1º tenor de Singing Americans, Danny Funderburk, dando início há mais uma famosa formação do quarteto, que durou mais alguns bons anos. Entre 1986 e 88, Roger deixou o grupo durante cerca de dois anos, e Gerald Wolfe tocou piano, e também se destacou cantando em algumas músicas, levando em conta sua maior performance como cantor, quando protagonizou ‘’Champion of Love’’, de seu álbum Symphony of Praise. Em 1987, George Younce sofreu um infarto, depois de um tempo de recuperação que teve no mesmo ano, ele poderia voltar à cantar normalmente.

Depois da saída de Gerald a fim de partir para carreira solo, Roger Bennett voltou e permaneceu com o grupo até o fim. Entre 1989 e 1990, Danny saiu e Kurt Young entrou para substituí-lo como 1º tenor, acompanhando Mark Trammell, mas permaneceu por um curto prazo de tempo(poucos meses) não gravando nenhum álbum com o grupo. George Younce então contratou o então namorado de sua filha, Ernie Haase, para cantar 1º tenor. Ernie e Mark gravaram com o grupo o álbum ‘’Climbing Higher and Higher’’, e permaneceram juntos até a saída de Mark, no fim de 1990, a fim de fundar o Greater Vision(juntamente com Gerald Wolfe, que cantou 2º tenor no grupo, por vezes, eles foram acompanhados por Danny Funderburk.), Mark foi substituído por Scott Fowler, também baixista e guitarrista.

A formação com Ernie Haase e Scott Fowler durou de 1991 até o fim do grupo, em 2000. O grupo anunciou sua retirada devido à saúde frágil do baixo George Younce, começando uma turnê de despedida chamada ‘’Farewell Tour’’. No entanto, Glen Payne adoeceu e faleceu de câncer durante a turnê, sobrando a Roger Bennett substituí-lo como 2º tenor para os concertos finais.

Formações[editar | editar código-fonte]

Fizeram parte do Cathedrals 18 cantores e 7 pianistas, compondo 16 formações. Todas elas buscaram pregar o evangelho através da música.

Primeira - 1963 a 1967


Segunda - 1967 e 1969
Terceira - 1969 a 1972
Quarta – 1972
Quinta – 1972 a 1973
Sexta - 1973 a 1974
Sétima - 1974 a 1978
Oitava - 1978 de 1979
Nona - 1979
Décima - 1980
Décima primeira - 1980 a 1983
Décima segunda – 1984 a 1986/1988 a 1990
Décima terceira - 1986 a 1988
Décima quarta - 1989 a 1990
Décima quinta - 1990 a 1991
Décima sexta - 1991 a 2000

Componentes: 1o tenores: Bobby Clark (1963-1967)/Mack Taunton (1967-1972)/Roger Horne (1972-1973)/Roy Tremble (1973-1979)/Kirk Talley (1979-1983)/Danny Funderburk (1983-1990)/Kurt Young (1989-1990)/Ernie Haase (1990-2000)/Roger Bennett (1980-1986/1988-2000)

2o tenores/Barítonos: Danny Koker (1963-1969)/George Amon Webster (1969-1972/1974-1979)/Roy Tremble (1973-1979)/Roger Horne (1972-1973)/Bill Dykes (1972-1974)/Steve Lee (1979-1980)/Mark Trammell (1980-1990)/Scott Fowler (1991-2000)/Gerald Wolfe (1986-1988)

Barítono/2o tenor(fixo): Glen Payne

Baixo(fixo): George Younce

Pianistas:Danny Koker(1963-1969)/George Amon Webster(1969/1972/1974-1979)/Lorne Matthews (1972-1974/1979-1979)/Jim Garstang (1972-1974)/Haskell Cooley (1974-1979)/Steve Lee (1979-1980)/Roger Bennett(1980-1986/1988-2000)/Gerald Wolfe (1986-1988)

Guitarristas e Baixistas: George Amon Webster(1969-1972/1974-1979)/Steve Lee (1979-1980)/Mark Trammell(1980-1990)/Scott Fowler(1991-2000)

Sobre os Componentes[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Cathedral Trio:

  • Introducing the Cathedral Trio (1963)
  • When the saints go marching in (1963)

Cathedral Quartet: Bobby Clark & Danny Koker:

  • Beyond the Sunset (1964)
  • Taller than trees (1965)
  • Presenting the Cathedral Quartet (1965)
  • The Cathedral Quartet with Strings (1965)
  • The Cathedral Quartet with Brass (1966)
  • Greatest Gospel Hits (1966)
  • Land of the Bible (1966)

Mack Taunton & Danny Koker

  • Family Album (1967)
  • Focus on Glen Payne (1968)
  • I saw the Light (1968)

Mack Taunton & George A. Webster

  • Jesus is coming soon (1969)
  • I´m nearer home (1969)
  • Music Time (1970)
  • A little bit of Everything (1970)

Mack Taunton & George A. Webster(Piano:Lorne Matthews)

  • Everything is alright (1971)

Roger Horne & George A. Webster

  • Somebody Loves Me (1971)

Roger Horne & Roy Tremble

  • Right On (1971)
  • Welcome to Our World (1972)
  • Seniors in Session (1973)

Roy Tremble & Bill Dykes

  • Town and Country (1973)
  • The Last Sunday (1971)

Roy Tremble & George A. Webster(Piano: Haskell Cooley)

  • Our Statue of Liberty (1974)
  • Live in Concert (1974)
  • Plain Ole Gospel (1975)
  • For Keeps (1975)
  • Albert E. Brumley Classics (1976)
  • Easy on Ears, Heavy on Heart (1976)
  • Then and Now (1977)
  • One at a Time (1978)
  • Oh! What a Love (1978)
  • Sunshine & Roses (1978)
  • You aint heard nothing yet (1979)

Roy Tremble & George A. Webster(Piano: Lorne Matthews)

Kirk Talley & George A. Webster

  • Keep on Singing (1979)

Kirk Talley & Steve Lee

  • Smooth as Silk (1979)
  • Interwoven (1980)
  • Better Than Ever (1980)

Kirk Talley & Mark Trammell

  • Telling the world about his love (1980)
  • Cherish That Name (1981)
  • Colors of His Love (1981)
  • Greater (1982)
  • Oh! Happy Day! (1982)
  • Something Special (1982)
  • Individually (1983)
  • Voices In Praise-Acappella (1983)
  • Live in Atlanta (1983)

Danny Funderburk & Mark Trammell(Piano: Roger Bennett)

  • Distinctively (1984)
  • The Prestigious Cathedral Quartet (1984)
  • An Old Convention Song (1985)
  • Especially For You (1985)
  • A Cathedral Christmas-Acapella (1985)
  • Master Builder (1986)
  • Travelin´ Live (1986)

Danny Funderburk & Mark Trammell(Piano: Gerald Wolfe)

  • Land of Living (1986)
  • Symphony of Praise (1987)
  • Goin´N´Style (1988)

Danny Funderburk & Mark Trammell(Piano: Roger Bennett novamente)

  • I´ve Just Started Living (1989)
  • 25th Anniversary (1990)

Ernie Haase & Mark Trammell

  • Climbing Higher and Higher (1990)

Ernie Haase & Scott Fowler

  • Best of Times (1991)
  • Camp Meeting Live (1992)
  • High and Lifted Up (1993)
  • Worship His Glory-Acappella (1994)
  • Raise the Roof (1995)
  • Radio Days (1996)
  • Florida Boys (1997)
  • Alive! Deep in the heart of Texas (1998)
  • Faithful (1999)

Outros

  • A Reunion (1996) - Concerto que reuniu componentes atuais e ex-componentes de formações de todas as épocas.
  • A Farewell Celebration (2000) - Celebração de despedida do quarteto, devido à aposentadoria de Glen e George, Glen falece durante a turnê dos mesmos.