The Cathedral Quartet

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Cathedral Quartet
Informação geral
Origem Stow, Ohio
País  Estados Unidos
Gênero(s) A cappella, country, southern gospel, gospel
Período em atividade 1963 - 1999
Afiliação(ões) Ernie Haase & Signature Sound, Greater Vision, Legacy Five, Mark Trammell Quartet
Página oficial Página oficial
Integrantes Ernie Haase
Scott Fowler
Glen Payne
George Younce
Roger Bennett
Ex-integrantes Bobby Clark
Danny Koker
Mack Taunton
George Amon Webster
Lorne Matthews
Roger Horne
Roy Tremble
Bill Dykes
Haskell Cooley
Kirk Talley
Steve Lee
Mark Trammell
Danny Funderburk
Gerald Wolfe
Kurt Young

The Cathedral Quartet, também conhecido como The Cathedrals, foi um grupo vocal (inicialmente um trio, posteriormente um quarteto) cristão do gênero southern gospel que existiu entre 1963 e 1999, sendo considerado por muitos um dos melhores do gênero.[1]

História[editar | editar código-fonte]

Década de 1960: Primeiros Anos[editar | editar código-fonte]

O grupo iniciou-se quando Glen Payne, Bobby Clark e Danny Koker (todos ex-membros do Weatherford Quartet) foram contratados pelo líder espiritual e evangelista Rex Humbard para formarem o grupo oficial da Cathedral of Tomorrow (Catedral do Amanhã) em Akron, estado de Ohio. Por estarem vinculados à catedral, o grupo foi chamado The Cathedral Trio, com Bobby como 1º tenor, Glen como 2º tenor (na nomenclatura norte-americana, lead singer) e Danny como barítono e pianista. O sucesso foi tamanho que, no ano seguinte, Humbard decidiu expandir o grupo para um quarteto, ao convidar George Younce, que cantava baixo com o Blue Ridge Quartet, para integrar o grupo. A partir de então o grupo passou a se chamar The Cathedral Quartet; George viria a se tornar co-proprietário e mestre de cerimônias do grupo.[2]

As primeiras alterações no grupo vieram quando, em 1967, Bobby Clark deixou o grupo, sendo substituído pelo tenor Mack Taunton. Dois anos depois, em 1969, foi a vez de Danny Koker deixar o grupo, sendo substituído por George Amon Webster, tanto como barítono quanto como pianista. Naquele mesmo ano, George Younce e Glen Payne decidiram desligar-se da Cathedral of Tomorrow, por terem sua agenda muito restrita aos eventos organizados pela igreja, deixando-os com pouca visibilidade. O desligamento ocasionou a mudança da base operacional do grupo de Akron para Stow, também no estado de Ohio.[3]

Década de 1970: Altos e Baixos e Crise Financeira[editar | editar código-fonte]

A década de 1970 foi marcada por muitas variações na formação do Cathedral Quartet. Em 1971, o pianista Lorne Matthews foi convidado a integrar o grupo, deixando George Amon Webster apenas com a posição de barítono. Porém, naquele mesmo ano, Mack Taunton e George Amon Webster deixaram o grupo, sendo substituídos por Roger Horne e Roy Tremble, respectivamente.[4]

Apesar do sucesso alcançado graças à influência da Cathedral of Tomorrow, o grupo passou por sérias dificuldades financeiras. No início dos anos 70, o Cathedral Quartet assinou com a gravadora Canaan Records, firmando uma parceria com Marvin Norcross, que se comprometeu a manter o contrato do grupo, mesmo que as vendas não estivessem boas. O grupo ainda contou com o apoio de Les Beasley, 2º tenor do Florida Boys, que lhes cedeu parte do horário do programa de televisão Gospel Singing Jubilee, do qual era apresentador.

Em 1973, foi a vez de Roger Horne deixar o grupo. Glen Payne resolveu designar o então barítono Roy Tremble para a posição de 1º tenor, após ouvi-lo cantando em studio uma canção que Roger solava. Como barítono, para substituir Tremble, foi contratado Bill Dykes.

Em 1974, o cantor e produtor Bill Gaither convidou o grupo para se apresentar no evento Praise Gathering, que contava com uma audiência mais contemporânea, diferente dos públicos que o grupo estava acostumado a se apresentar. A performance agradou, tendo um significativo aumento na demanda por shows e concertos. Naquele mesmo ano, Bill Dykes deixou o grupo, com o retorno de George Amon Webster à posição de barítono.

Quando o grupo parecia estar se firmando, em 1979, novamente o grupo passou por dificuldades. Roy Tremble, George A. Webster e e Lorne Matthews anunciaram juntos a sua saída do grupo para formar o seu próprio, ao serem convencidos por um empresário de que estavam sendo "atrasados pelos velhos".[5] Glen e George chegaram a cogitar o fim do grupo, mas incentivados por outros produtores, mantiveram o grupo, contratando Kirk Talley como tenor e Steve Lee como barítono e pianista.

Naquele mesmo ano, Kirk e Steve ouviram o jovem pianista Roger Bennett tocando para um grupo local que fazia abertura para um de seus concertos e chamaram Glen e George para ouvi-lo. Glen estava relutante, mas ao ouvi-lo, contratou-o como pianista. Poucos meses depois, Steve Lee resolveu deixar o grupo, alegando que a vida na estrada não era o que ele desejava. Para seu lugar foi contratado Mark Trammell, que até então cantava com o Kingsmen Quartet. Mark também tocava contrabaixo em algumas canções.[6]

Década de 1980: Ascenção e Sucesso[editar | editar código-fonte]

A década de 80 é considerada por muitos a Era de Ouro do Cathedral Quartet, com um crescimento enorme da popularidade do grupo, em parte graças aos eventos organizados por Bill Gaither. O grupo ganhou, nesta década, seus primeiros prêmios (Quarteto Favorito de 1982 a 1984, 1986 e 1987 pela Singing News Fan Award) e emergiu como um dos maiores quartetos da época.[7]

A formação Talley-Payne-Trammell-Younce-Bennett durou até o fim do ano de 1983, quando Kirk Talley deixou o grupo para formar o Talley Trio com seu irmão Roger Talley e a esposa Debra.[8] O substituto foi Danny Funderburk, que até então cantava com o Singing Americans, formando uma das formações mais populares da história do grupo.[9]

O pianista Roger Bennett deixou o grupo durante cerca de dois anos (de 1986 a 1988), e Gerald Wolfe assumiu o piano, se destacando também como cantor. Sua performance mais lembrada é a da canção Champion of Love, do álbum Symphony of Praise (1987).[10] Em 1988, George Younce sofreu um infarto, mas depois de um tempo de recuperação pode voltar a cantar normalmente.[11]

No final de 1988, Gerald deixou o grupo, a fim de se deidcar à carreira solo. Para seu lugar, Roger Bennett reassumiu e permaneceu com o grupo até o fim. No final de 1989, o Danny Funderburk deixou o grupo também para carreira solo, sendo substituído por Kurt Young.

Década de 1990: Auge da Carreira e Fim[editar | editar código-fonte]

Kurt Young pouco permaneceu com o grupo, não gravando um único álbum. Sua saída foi marcada por uma performance "desastrosa" na cerimônia de premiação do GMA Dove Awards de 1990, sendo despedido poucas semanas depois.[12] George Younce contratou o então namorado de sua filha, Ernie Haase, para substitui-lo. A formação com Ernie Haase e Mark Trammell gravou com o grupo o álbum Climbing Higher and Higher, em 1990, quando Mark deixou o grupo para formar, juntamente com Gerald Wolfe, o trio Greater Vision. Mark foi substituído por Scott Fowler, também baixista e guitarrista.

A formação com Ernie Haase e Scott Fowler durou de 1991 até o fim do grupo, em 1999, sendo uma das mais aclamadas da história do grupo. Receberam, entre outros prêmios, 5 indicações ao Grammy Award, na categoria "Melhor Álbum Southern Gospel", porém não vencendo nenhum. Em 1991, Bill Gaither deu início a uma série de concertos entitulada Homecoming Series, reunindo grandes nomes da música gospel norte-americana, como Gaither Vocal Band, The Blackwood Brothers, The Goodmans, entre muitos outros, nos quais o Cathedral Quartet foi presença constante, aumentando ainda mais a sua popularidade nos últimos anos de sua carreira. Em 1995, foi gravado um concerto entitulado Reunion, com a presença da maioria dos ex-membros do Cathedral Quartet, comemorando os 30 anos de carreira do grupo.[13] ,

Em 1999, o grupo anunciou sua retirada devido à saúde frágil dos membros sênior, Glen Payne e George Younce. Em 18 de maio de 1999, o Cathedral Quartet gravou seu último vídeo, entitulado A Farewell Celebration (Uma Celebração de Despedida), com participação de grandes artistas, como The Oak Ridge Boys, The Statler Brothers, Guy Penrod, Bill Gaither e Sandi Patty, iniciando uma turnê que se extenderia até o fim do ano. No entanto, Glen Payne foi diagnosticado com câncer no fígado em setembro,[14] vindo a falecer menos de dois meses depois, em 15 de outubro. O Cathedral Quartet encerrou a turnê com Roger Bennett fazendo as vezes de 2º tenor do grupo.[15]

Legado[editar | editar código-fonte]

O Cathedral Quartet deixou um legado enorme na música southern gospel, levado adiante por seus ex-membros. Bill Gaither disse certa vez, em um concerto da série Homecoming, que seria preciso um concerto inteiro somente para ouvir grupos de ex-membros do Cathedral Quartet. Ao deixar o grupo em 1983, Kirk Talley formou o Talley Trio (posteriormente The Talleys) com com seu irmão e sua cunhada[16] , e em 1999, juntamente com Ivan Parker (ex-lead do Gold City), e Anthony Burger (então pianista do Gaither Vocal Band) formou um trio chamado simplesmente The Trio, que permaneceu até 2006[17] , ano em que Anthony Burger faleceu.[18] Hoje Kirk segue carreira solo.[19]

Danny Funderburk, por sua vez, formou o Perfect Heart em 1990, saindo em 1994.[20] Após algumas aparições em outros quartetos, Danny fundou o Mercy's Way em 2000, sendo o último grupo vocal do qual participou, seguindo carreira solo desde 2006.[21] Também em 1990, o pianista e vocalista Gerald Wolfe, em parceria com o também ex-Cathedral Mark Trammell e o tenor Chris Allman, formou o trio Greater Vision, que acabou por se tornar um dos favoritos do público norte-americano.[22] Wolfe continua com o grupo até hoje, porém Trammell deixou o grupo em 1993, passando pelo Gold City entre 1993 e 2002, antes de formar o Mark Trammell Trio, que em 2010 tornou-se Mark Trammell Quartet com a adição do baixo Pat Barker.[23]

Com a morte de Glen Payne e o fim do grupo, os membros remanescentes tomaram direções diferentes. O barítono Scott Fowler e o pianista Roger Bennett formaram o Legacy Five, que permanece até hoje, sendo outro favorito de público.[24] Scott Fowler assumiu a posição de 2º tenor, enquanto Roger encarregou-se do piano, cantando em algumas canções até a sua morte em 2007, devido a complicações derivadas de leucemia, doença contra a qual lutava desde 1995.[25] Já George Younce e Ernie Haase formaram o Old Friends Quartet em juntamente com o lendário Jake Hess (ex-Statesmen Quartet, Imperials) o contrabaixista e barítono Wes Pritchard e o pianista Garry Jones. O grupo durou pouco tempo, devido à frágil saúde dos membros mais velhos, George e Jake, e encerrou suas atividades em 2003.[26] Haase, entretanto, formou um novo grupo juntamente com Jones, chamado Signature Sound Quartet, hoje Ernie Haase & Signature Sound.[27] George Younce faleceu em 2005 devido a problemas renais e cardíacos.[28]

Além de Glen, George e Roger, já faleceram os ex-membros: Bobby Clark (2014), Danny Koker (2008) e George Amon Webster (2013).

Homenagens e Tributos[editar | editar código-fonte]

Desde meados da década de 80, e com mais intensidade nos final dos anos 90, já haviam sido lançados inúmeros álbuns comemorativos e compilações celebrando o legado do Cathedral Quartet, e continuaram sendo lançados mais álbuns comemorativos depois do fim do grupo.[29] Entretanto, em 2012, Ernie Haase lançou por sua gravadora (StowTown Records) o álbum Moody Radio Presents The Cathedral Quartet Live In Chicago, um álbum gravado ao vivo em março de 1996, na Moody Memorial Church, em Chicago, estado de Illinois, e que tinha ficado perdido desde então.

Outros grupos gravaram discos celebrando o legado do Cathedral Quartet anteriormente, como:

Entretanto, em 2013 foi lançado aquele que talvez seja o tributo mais significativo ao Cathedral Quartet até hoje. O álbum Family Reunion reuniu os 4 grupos de maior expressão formados por ex-membros do Cathedrals: Ernie Haase & Signature Sound, Greater Vision, Legacy Five, Mark Trammell Quartet, e o solista Danny Funderburk.[30]

Formações[editar | editar código-fonte]

The Cathedral Quartet teve 21 componentes, em 21 formações durante seus 36 anos de carreira, sendo que apenas três formações não gravaram discos.

1ª Formação – 1963 (trio):

  • Bobby Clark (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Danny Koker (barítono/piano)

2ª Formação – 1963-1967 (quarteto):

  • Bobby Clark (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Danny Koker (barítono/piano)
  • George Younce (baixo)

3ª Formação – 1967-1969:

  • Mack Taunton (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Danny Koker (barítono/piano)
  • George Younce (baixo)

4ª Formação – 1969-1971:

  • Mack Taunton (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • George Amon Webster (barítono/piano)
  • George Younce (baixo)

5ª Formação – 1971:

  • Roger Horne (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Roy Tremble (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • George Amon Webster (piano)

6ª Formação – 1971-1972:

  • Roger Horne (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Roy Tremble (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Lorne Matthews (piano)

7ª Formação – 1972**:

  • Bobby Clark (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Bill Dykes (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Jim Garstang (piano)

8ª Formação – 1972-1973:

  • Roy Tremble (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Bill Dykes (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Jim Garstang (piano)

9ª Formação – 1973-1974:

  • Roy Tremble (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Bill Dykes (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Haskell Cooley (piano)

10ª Formação – 1974-1979:

  • Roy Tremble (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • George Amon Webster (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Haskell Cooley (piano)

11ª Formação – 1979:

  • Roy Tremble (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • George Amon Webster (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Lorne Matthews (piano)

12ª Formação – 1979:

  • Kirk Talley (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Steve Lee (barítono/piano)
  • George Younce (baixo)

13ª Formação – 1979-80:

  • Kirk Talley (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Steve Lee (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Roger Bennett (piano)

14ª Formação – 1980-1983:

  • Kirk Talley (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Mark Trammell (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Roger Bennett (piano)

15ª Formação – 1983-1986:

  • Danny Funderburk (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Mark Trammell (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Roger Bennett (piano)

16ª Formação – 1986-1988:

  • Danny Funderburk (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Mark Trammell (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Gerald Wolfe (piano)

17ª Formação – 1988-1989:

  • Danny Funderburk (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Mark Trammell (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Roger Bennett (piano)

18ª Formação – 1989**:

  • Kurt Young (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Mark Trammell (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Roger Bennett (piano)

19ª Formação – 1990:

  • Ernie Haase (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Mark Trammell (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Roger Bennett (piano)

20ª Formação – 1991-1999:

  • Ernie Haase (1º tenor)
  • Glen Payne (2º tenor)
  • Scott Fowler (barítono)
  • George Younce (baixo)
  • Roger Bennett (piano)

21ª Formação - 1999**:

  • Ernie Haase (1º tenor)
  • Roger Bennett (2º tenor/piano)
  • Scott Fowler (barítono)
  • George Younce (baixo)

**Apenas a 7ª, 18ª e a 21ª formações não gravaram nenhum álbum.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Durante seus 36 anos de carreira, o Cathedral Quartet gravou 71 álbuns:

1963-1969[editar | editar código-fonte]

The Cathedral Trio[editar | editar código-fonte]

  • Introducing The Cathedral Trio (1963 - Clark/Payne/Koker)
  • When The Saints Go Marching In (1963 - Clark/Payne/Koker)

The Cathedral Quartet[editar | editar código-fonte]

  • Beyond The Sunset (1964 - Clark/Payne/Koker/Younce)
  • Taller Than Trees (1965 - Clark/Payne/Koker/Younce)
  • Presenting The Cathedral Quartet, Mariner's Quartet, Gospel Harmony Boys (1965 - Clark/Payne/Koker/Younce)*
  • The Cathedral Quartet With Strings (1965 - Clark/Payne/Koker/Younce)
  • The Cathedral Quartet With Brass (1966 - Clark/Payne/Koker/Younce)
  • Greatest Gospel Hits (1966 - Clark/Payne/Koker/Younce)
  • Land Of The Bible (1966 - Clark/Payne/Koker/Younce)
  • I Saw The Light (1967 - Taunton/Payne/Koker/Younce)
  • Family Album (1968 - Taunton/Payne/Koker/Younce)
  • Focus On Glen Payne (1968 - Taunton/Payne/Koker/Younce)
  • Jesus Is coming Soon (1969 - Taunton/Payne/Webster/Younce)

1970-1979[editar | editar código-fonte]

  • I'm Nearer Home (1970 - Taunton/Payne/Webster/Younce)
  • It's Music Time (1970 - Taunton/Payne/Webster/Younce)
  • A Little Bit Of Everything (1970 - Taunton/Payne/Webster/Younce)
  • Everything Is Alright (1971 - Taunton/Payne/Webster/Younce)
  • Somebody Loves Me (1971 - Horne/Payne/Tremble/Younce/Matthews)
  • Right On (1971 - Horne/Payne/Tremble/Younce/Matthews)
  • Welcome To Our World (1972 - Horne/Payne/Tremble/Younce/Matthews)
  • Seniors In Session (1973 - Tremble/Payne/Dykes/Younce/Webster)
  • Town And Country (1973 - Tremble/Payne/Dykes/Younce/Webster)
  • The Last Sunday (1973 - Tremble/Payne/Dykes/Younce/Webster)
  • Our Statue of Liberty (1974 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • Live In Concert (1974 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • Plain Ole Gospel (1975 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • For Keeps (1975 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • Albert E. Brumley Classics (1976 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • Easy On The Ears, Heavy On The Heart (1976 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • Then And Now (1977 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • One At a Time (1978 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • The Cathedral Quartet Featuring Oh! What a Love (1978 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • Sunshine And Roses (1978 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • You Ain't Heard Nothing Yet (1979 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Cooley)
  • Live With The Cathedral Quartet (1979 - Tremble/Payne/Webster/Younce/Matthews)
  • Keep On Singing (1979 - Talley/Payne/Lee/Younce)
  • Smooth As Silk (1979 - Talley/Payne/Lee/Younce/Bennett)

1980-1989[editar | editar código-fonte]

  • Interwoven (1980 - Talley/Payne/Lee/Younce/Bennett)
  • Better Than Ever (1980 - Talley/Payne/Lee/Younce/Bennett)
  • Telling The World About His Love (1980 - Talley/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Cherish That Name (1981 - Talley/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Colors Of His Love (1981 - Talley/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Greater (1982 - Talley/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Oh! Happy Day! (1982 - Talley/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Something Special (1982 - Talley/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Individually (1983 - Talley/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Voices In Praise - Acappella (1983 - Talley/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Live in Atlanta (1983 - Talley/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Distinctively (1984 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • The Prestigious Cathedral Quartet (1984 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • An Old Convention Song (1985 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Especially For You (1985 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • A Cathedral Christmas - Acapella (1985 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Master Builder (1986 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Travelin' Live (1986 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Land Of Living (1986 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Wolfe)
  • Symphony Of Praise (1987 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Wolfe)
  • Goin In Style (1988 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Wolfe)
  • I've Just Started Living (1989 - Funderburk/Payne/Trammell/Younce/Bennett)

1990-1999[editar | editar código-fonte]

  • Climbing Higher and Higher (1990 - Haase/Payne/Trammell/Younce/Bennett)
  • Best Of Times (1991 - Haase/Payne/Fowler/Younce/Bennett)
  • Camp Meeting Live (1992 - Haase/Payne/Fowler/Younce/Bennett)
  • High And Lifted Up (1993 - Haase/Payne/Fowler/Younce/Bennett)
  • Worship His Glory - Acappella (1993 - Haase/Payne/Fowler/Younce/Bennett)
  • Raise The Roof - 30th Anniversary (1994 - Haase/Payne/Fowler/Younce/Bennett)
  • A Reunion (1995 - Haase/Payne/Fowler/Younce/Bennett) - Reunindo vários ex-componentes.
  • Radio Days (1996 - Haase/Payne/Fowler/Younce/Bennett)
  • Alive! Deep In The Heart Of Texas (1998)
  • Faithful (1999)
  • A Farewell Celebration (1999 - Haase/Payne/Fowler/Younce/Bennett) - Concerto de despedida do grupo, devido à aposentadoria de Glen e George.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Cathedral Quartet - SGHistory.
  2. Cathedral Quartet - SGHistory.
  3. Cathedral Quartet 1960's - SGHistory.com.
  4. Cathedral Quartet 1970's SGHistory.com.
  5. The Brothers - SGHistory.com.
  6. Cathedral Quartet - SGHistory.com.
  7. Singing News Fan Awards for Favorite Group.
  8. The Talleys - SGHistory.com.
  9. Cathedral Quartet 1980's - SGHistory.com.
  10. Gerald Wolfe - SGHistory.com.
  11. George Younce - SGHistory.com.
  12. an-era-how-the-cathedral-quartet-still-changed-gospel-music-forever-part-i/ 1990 - The Unfortunate End of an Era and How The Cathedral Quartet Still Changed Gospel Music Forever.
  13. Cathedral Quartet - SGHistory.com.
  14. Glen Payne - SGHistory.com.
  15. Cathedral Quartet - SGHistory.com.
  16. The Talleys - SGHistory.com.
  17. The Trio - SGHistory.com.
  18. Anthony Burger - SGHistory.com.
  19. Kirk Talley - SGHistory.com.
  20. Perfect Heart - SGHistory.com.
  21. Mercy's Way - SGHistory.com.
  22. Greater Vision - SGHistory.com.
  23. Mark Trammell Quartet - SGHistory.com.
  24. Legacy Five - SGHistory.com.
  25. Roger Bennett - SGHistory.com.
  26. Old Friends Quartet - SGHistory.com.
  27. Ernie Haase & Signature Sound - SGHistory.com.
  28. George Younce - SGHistory.com.
  29. Cathedral Quartet 2000's - SGHistory.com.
  30. Cathedral Family Reunion.