The Chosun Ilbo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Chosun Ilbo
Chosun IIbo Logo.svg

Logotipo do jornal
Periodicidade Diário
Formato Standard
Editor Kim Chang-gi
Fundação 1920
Orientação política Conservador
Idioma Coreano
Sede Seul, Coreia do Sul
Página oficial www.chosun.com
The Chosun Ilbo
Nome em coreano
Hangul 조선일보
Hanja 朝鮮日報
Romanização Revisada Joseon Ilbo
McCune-Reischauer Chosŏn Ilbo

The Chosun Ilbo (lit. Korea Daily News) é um dos principais jornais da Coreia do Sul. Com uma circulação diária de aproximadamente 2.200.000 exemplares, o Chosun Ilbo se comprometeu com as inspeções anuais desde que o Audit Bureau of Circulations foi estabelecido em 1993.[1] O Chosun Ilbo e sua companhia subsidiária, Digital Chosun, opera o site de notícias Chosun.com, que também publica versões web do jornal em inglês, chinês e japonês.

Chosun.com é classificação como o site de notícias coreano número um pela companhia de pesquisas de Internet Rankey.com.

História[editar | editar código-fonte]

Edição do Chosun Ilbo em 1º de janeiro de 1940

A organização de mídia recebeu esse nome da última dinastia na história da Coreia, que é também o nome que é usado para se referir à Coreia na Coreia do Norte (ver Nomes da Coreia).

A Chosun Ilbo Establishment Union foi criada em setembro de 1919, e a empresa Chosun Ilbo foi fundada em 5 de março de 1920. O jornal criticou, e às vezes esteve diretamente oposto, as ações do governo pró-japonês durante o domínio colonial japonês (1910-1945).

Em 27 de agosto de 1920, o Chosun Ilbo foi suspenso depois que publicou um editorial criticando fortemente o uso de força excessiva pela polícia japonesa contra os cidadãos coreanos. Este foi a primeira de uma série de suspensões.

Em vinte anos desde a sua fundação, o jornal foi suspenso pelo governo japonês por quatro vezes, e seus conteúdos confiscados mais de 500 vezes antes de 1932. Por causa da falência, a propriedade mudou de mãos, e a organização de notícias caíu sob um controle mais apertado dos japoneses para se tornar uma das organizações mais influentes para colaborar com o governo colonial.

Quando a Coreia conquistou a independência em 1945, o Chosun Ilbo voltou a ser publicado depois de cinco anos e três meses de hiato.

Subsidiárias[editar | editar código-fonte]

Além de jornal diário, a companhia também publica semanalmente Jugan Chosun, mensalmente Wolgan San (lit. Monthly Mountain), e outros jornais e revistas. As subsidiárias incluem a Digital Chosun, Wolgan Chosun, Edu-Chosun e ChosunBiz.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. The Asia-Pacific Perceptions Project National Centre for Research on Europe Universidade de Canterbury.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]