The Crooked Man

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Crooked Man
O Corcunda (BR)
CrookedMan-175MemoirsSherlock Holmes-1894.jpg
Ilustração do conto por Sidney Paget
Autor (es) Arthur Conan Doyle
Idioma inglês
País Reino Unido
Género romance policial
Série The Memoirs of Sherlock Holmes
Linha de tempo da história Século XIX
Espaço onde decorre a história Londres
Editora Strand Magazine
Lançamento Julho de 1893
Edição portuguesa
Edição brasileira
Tradução Antonio Carlos Vilela
Editora Melhoramentos
Lançamento 1998
ISBN 8506030943
Cronologia
Último
Último
The Reigate Puzzle
The Resident Patient
Próximo
Próximo

The Crooked Man(O Corcunda) é um conto de Sir Arthur Conan Doyle protagonizado por Sherlock Holmes e Dr. Watson e publicado pela primeira vez na Strand Magazine em Julho de 1893 com 7 ilustrações de Sidney Paget.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Sherlock Holmes faz uma visita a Dr. Watson em uma hora e momento um pouco peculiares, tarde da noite, e com muita chuva, para pedir que o médico acompanhasse-o numa de suas investigações. O coronel James Barclay foi assassinado de uma forma aparentemente violenta, e sua esposa Nancy é uma das principais suspeitas da polícia, mas Holmes não confia tanto nesta hipótese, e resolve investigar o caso, para evitar que um inocenta vá para a prisão. [1]

Referências

  1. a b Mundo Sherlock O Corcunda, completo e ilustrado. Página visitada em 6 de Março de 2011
Ícone de esboço Este artigo sobre Sherlock Holmes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.