The Cure for Insomnia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Cure for Insomnia
A Cura para a Insônia (BR)
 Estados Unidos
1987 • cor • 5220 min 
Direção John Henry Timmis IV
Produção Joseph Emm Matune
Roteiro Nickoli Schirripa
Elenco Lee Groban
Idioma Inglês
Cinematografia John Henry Timmis IV
Edição Sean Jay Manning
Lançamento Estados Unidos 31 de janeiro de 1987
Página no IMDb (em inglês)

The Cure for Insomnia (br: A Cura para a Insônia) é um filme estadunidense, dirigido por John Henry Timmis IV. O filme tem duração de 5.220 minutos, isto é, 87 horas (três dias e 15 horas). Nele aparece o poeta L.D. Groban lendo um poema seu de 4.080 páginas com pequenos cortes de heavy metal e cenas pornográficas.[1]

Só se projetou sem cortes uma vez, no dia de sua estréia, do 31 de janeiro ao 3 de fevereiro de 1987 no Art Institute of Chicago, Illinois. Não se sabe se o filme tem sido revelado ao público desde então.

Considerando que um DVD normal só pode armazenar 4 horas, The Cure for Insomnia ocuparia 22 discos. Seu propósito original era o de reprogramar o cérebro das pessoas que sofriam insônia.[1]

História[editar | editar código-fonte]

A cura para insônia é um paradoxo ao nome, já que possui assustadores 5.220 minutos, isto é, 87 horas (três dias e 15 horas). Em comparação à franquia de filmes de Harry Potter, por exemplo, os oito títulos juntos formam uma super série com um total aproximado de 1.191 minutos (o que não chega nem a 24 horas).

Escrito e dirigido por John Henry Timmis IV. Esse filme foi desenvolvido como parte de um programa experimental, na tentativa de “reprogramar” o relógio biológico dos insones para que eles pudessem voltar a dormir. A Cura Para a Insônia, foi exibido pela primeira vez, na íntegra, no Instituto de Arte de Chicago, nos Estados Unidos, em 1987. A sessão começou no dia 31 de janeiro e só terminou no dia 3 de fevereiro.

O ator principal é o poeta americano L.D. Groban, que aparece em cena lendo um poema épico de sua autoria com mais de 4 mil páginas. À leitura da obra literária misturam-se cenas de arquivo com os mais variados temas, de videoclipes e heavy metal a cenas de sexo explícito.


Referências

  1. a b A Cura Para Insônia (1987) (em português) Filmow. Visitado em 15 de setembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.