The Dark Knight Returns

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Batman: The Dark Knight Returns
O Retorno do Cavaleiro das Trevas (PT)
O Cavaleiro das Trevas (BR)
The Dark Knight Returns.jpg
Editora DC Comics
Publicação
Formato de publicação mini-série mensal
Publicação original Fevereiro de 1986
Última Publicação Junho de 1986
Qte. de edições 4
Personagens Batman
Equipe criativa
Roteirista(s) Frank Miller
Argumentista(s) Frank Miller
Arte Frank Miller
Arte-finalista(s) Klaus Janson
Colorista(s) Lynn Varley
Projecto Banda Desenhada  · Portal da Banda Desenhada

The Dark Knight Returns (no Brasil: O Cavaleiro das Trevas / em Portugal: O Retorno do Cavaleiro das Trevas) é uma publicação de História em quadrinhos editada pela editora norte-americana DC Comics em 1986, tendo como protagonista o personagem conhecido como Batman (cuja alcunha — "o Cavaleiro das Trevas" — dá título à obra). A publicação foi escrita e desenhada por Frank Miller, fazendo sua fama mundialmente e trazendo novos olhares sobre Batman e principalmente sobre a indústria dos quadrinhos.[1] [2]

A história é situada em um futuro alternativo do Universo DC, então não é considerada definitiva. Entretanto, certos elementos do conto de Miller acabariam aparecendo nas páginas da DC, mais notavelmente o pano-de-fundo da série. Por exemplo, o Batman de Miller é atormentado pela morte do segundo Robin, acontecimento que seria incorporado mais tarde com a morte de Jason Todd, assim como a explicação de Miller de como o Arqueiro Verde perdeu um braço (embora aqui a continuidade tenha sido ligeiramente desviada).

Quando de sua publicação, The Dark Knight Returns chamou a atenção de toda a indústria de quadrinhos. Esta obra ajudou a introduzir uma era de quadrinhos adultos no mundo fantasioso dos super-heróis, chamando a atenção da mídia para um gênero que até então era considerado entretenimento infantil. Até o formato do impresso era especial, diferente dos usados na época.

Considera-se que esta história, assim com Watchmen, de Alan Moore (publicada no mesmo ano) e Maus, de Art Spiegelman (1988), teriam ajudado a elevar o universo das HQs a um nível mais maduro de literatura, o qual se distanciaria dos "quadrinhos para crianças". Os críticos acusaram The Dark Knight de inaugurar a era do "grim and gritty" (algo como "durão e amargo") que assolou as histórias de super-heróis no final dos anos 80 até o começo dos anos 90, quando os quadrinhos começaram a lidar com muitos temas adultos (especialmente situações de sexo e violência) nos "limites da decência". Essas histórias motivaram as empresas de quadrinhos a investir em temas adultos e escritores alternativos. Personagens foram remodelados e a superficialidade começava a sumir das prateleiras. Grandes obras posteriores surgiram, como Asilo Arkham e Sandman, e personagens banais como o Homem-Animal, se tornaram palco para análises psicológias e filosofia. Autores como Neil Gaiman ou o próprio Frank Miller se tornaram escritores e diretores de cinema.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

The Dark Knight Returns conta uma história que começa 10 anos após a aposentadoria do vigilante mascarado Batman. Os heróis no mundo estão extintos por lei e Superman, o último em atividade, é um agente secreto americano, uma super-arma usada em casos de guerra ou crise internacionais. O aumento de criminalidade em Gotham City, com a gangue chamada de "mutantes" aliado a um incomum senso de justiça de Bruce Wayne, fazem o homem-morcego sair das trevas da aposentadoria e enfrentar os criminosos da cidade. Batman é representado por Miller como um homem atormentado pela vingança e traumatizado pelo seu passado, que usa inteligência e força bruta para fazer justiça sem limites, inclusive assassinando criminosos.

O renascimento do vigilante coloca o mundo em polvorosa. Batman é chamado de fora-da-lei e acusado de violência contra os direitos humanos. Um novo e polêmico Robin surge, uma adolescente que acrescenta mais lenha à fogueira da mídia. O Coringa, catatônico no Asilo Arkham, desperta quando vê Batman e acometido de uma insanidade sem limites, assassina crianças, espanca Selina Kyle, a antiga Mulher-Gato (que agora dirige uma agência de acompanhantes) e utiliza seu gás da morte na audiência de um programa televisivo. Harvey Dent, o Duas-Caras, aparentemente livre de sua psicopatia e curado fisicamente através de operações plásticas brilhantes, retoma a carreira do crime ao ver Batman em ação. O elo psicológico entre Batman e seus dois principais adversários é colocado à vista por Miller.

É quando o Governo americano coloca o Homem-de-aço no encalço do herói mascarado, protagonizando uma luta épica entre os dois personagens, com Batman lançando mão da inteligência e sagacidade para equilibrar o confronto com um inimigo superpoderoso com visão de calor, força extrema e invulnerabilidade.

Embora Batman jamais tenha sido uma figura tão obsessiva e poderosa como Miller o retrata aqui, sua obra foi tremendamente influente; desde que foi publicada originalmente, a caracterização de Miller para o personagem como uma figura sombria e obsessiva têm dominado a maioria dos projetos de Batman sempre com algum nível de intensidade.

A Animação[editar | editar código-fonte]

Houve uma adaptação animada da HQ de Frank Miller, dividida em duas partes. Dirigida por Jay Oliva, responsável por outras adaptações animadas da DC, e lançadas em setembro de 2012 e janeiro de 2013.

Parte 1[editar | editar código-fonte]

Bruce Wayne pendurou a capa do morcego, aos 55 anos, tentando levar o que mais se aproxima de uma vida comum, mas a onda de crimes em Gotham City não o deixa em paz.

Até que ele resolve vestir novamente o manto do morcego e, uma vez mais, perseguir os criminosos pelas ruas, o que desencadeará uma série de eventos que pode significar a destruição da cidade.

Parte 2[editar | editar código-fonte]

Batman e sua nova Robin retornaram a Gotham City e deram um raio de esperança em meio ao reino de terror dos Mutantes.

Com o retorno de Batman e a massiva cobertura da mídia, um perigo ainda maior ressurge do Asilo Arkham: o Coringa. Enquanto o arqui-inimigo do Batman coloca em movimento um plano para levar o Homem-Morcego à insanidade, uma catástrofe global se dirige a Gotham, trazendo em seu rastro o Superman.

Elenco Principal[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Jovem Nerd (7 de novembro de 2012). Trailer de The Dark Knight Returns, Parte 2. Visitado em 26 de dezembro de 2012.
  2. IGN. Batman: The Dark Knight Returns, Part 2 Preview (em inglês). Visitado em 26 de dezembro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]