The Doors (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
The Doors
The Doors - O mito de uma geração (PT)
The Doors - O Filme (BR)
 Estados Unidos
1991 • Cor • 140 min 
Direção Oliver Stone
Roteiro Randall Jahnson
Oliver Stone
Elenco Val Kilmer
Meg Ryan
Kyle MacLachlan
Frank Whaley
Kevin Dillon
Kathleen Quinlan
Billy Idol
Jennifer Tilly
Género Drama
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Doors (Portugal: The Doors - O Mito de uma Geração) é um filme de 1991 sobre Jim Morrison e os The Doors. Foi realizado por Oliver Stone, e teve Val Kilmer no papel de Morrison, Meg Ryan como Pamela Courson (companheira de Morrison), Kyle MacLachlan como Ray Manzarek, Frank Whaley como Robby Krieger, Kevin Dillon como John Densmore e Kathleen Quinlan como Patricia Kennealy.

O filme dos The Doors esteve em desenvolvimento durante quatro anos em diferentes estúdios. Durante bastante tempo, John Travolta era o mais apontado para o papel de Jim Morrison.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Uma das mais sensuais e excitantes figuras da história do rock explode nas telas em The Doors, um filme eletrizante sobre o homem, o mito, a música e a magia que foi Jim Morrison. Morrison (Val Kilmer), deus do sexo. Alto Sacerdote do excesso. Um poeta disfarçado na pele de um astro do rock. As mulheres o desejam, os homens desejam ser como ele. Numa época chamada anos 60, num lugar chamado Estados Unidos, nenhum sonho era mais brilhante do que ser o líder de uma banda de rock chamada The Doors.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Papel
Val Kilmer Jim Morrison
Meg Ryan Pamela Courson
Kyle MacLachlan Ray Manzarek
Frank Whaley Robby Krieger
Kevin Dillon John Densmore
Michael Wincott Paul Rothchild
Michael Madsen Tom Baker
Josh Evans Bill Siddons
Dennis Burkley Cachorro
Billy Idol Gato
Kathleen Quinlan Patricia Kennealy
Sean Stone Jim Morrison - jovem
Oliver Stone Professor de cinema da Universidade de Los Angeles

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

MTV Movie Awards 1992 (EUA)

  • Indicado nas categoria de Melhor Ator ("Val Kilmer).

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • The Doors levou cerca de 20 anos para ser enfim produzido. Neste período vários atores estiveram cotados para interpretar Jim Morrison, entre eles John Travolta, Tom Cruise e Jason Patric;
  • No período em que John Travolta esteve cotado para o filme, foi cogitada a possibilidade de que os demais integrantes do The Doors retornassem com a banda, com o ator assumindo os vocais;
  • Ian Astbury, cantor da banda The Cult, foi cogitado por Oliver Stone para interpretar Jim Morrison;
  • Antes mesmo de fazer seu teste para o personagem, Val Kilmer memorizou as letras de todas as músicas compostas por Jim Morrison. Além disto ele enviou ao diretor Oliver Stone um vídeo, com sua performance cantando as músicas;
  • Este é o 1º de 2 filmes em que o diretor Oliver Stone e o ator Val Kilmer trabalham juntos. O posterior foi Alexandre (2004);
  • As filmagens ocorreram entre 19 de março e 20 de junho de 1990;
  • Val Kilmer usou lentes de contato especiais nas cenas em que Jim Morrison estava sob o efeito de drogas, para que suas pupilas ficassem dilatadas;
  • Nas cenas de close é ouvida a voz do próprio Val Kilmer, enquanto que nas distantes é ouvida a de Jim Morrison;
  • Val Kilmer quebrou o braço durante as filmagens, ao rodar uma cena em que pulava na multidão;
  • Inicialmente a participação de Billy Idol em The Doors seria bem maior. Na época das filmagens o cantor sofreu um sério acidente de moto, que o deixou impossibilitado de andar. Desta forma, sua participação foi bastante reduzida no filme;
  • O poema que Jim Morrison lê logo na abertura do filme é na verdade a seleção de dois trechos de seu livro de poesias, "An American Prayer". As poesias são "Awake Ghost Song" e "Awake";
  • Oliver Stone fez diversos apelos para que Ray Manzarek, tecladista do The Doors, trabalhasse como consultor no filme. Manzarek não apenas recusou o convite, como posteriormente declarou que The Doors conta de forma horrível a história da banda;
  • Robbie Krieger, guitarrista do The Doors, aceitou ser consultor do filme por considerar o trabalho anterior de Oliver Stone, Salvador - O Martírio de um Povo (1986), um de seus filmes prediletos;
  • John Densmore, baterista do The Doors, fez uma pequena ponta como o engenheiro de som na cena de solo com a guitarra de Jim Morrison;
  • O verdadeiro túmulo de Jim Morrison é exibido ao término do filme. Na época a lápide foi trocada e as pichações foram retiradas, atendendo a pedidos da família do cantor;
  • O orçamento de The Doors foi de US$ 38 milhões.