The Drawn Together Movie: The Movie!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Drawn Together Movie: The Movie!
A Casa Animada: O Filme (BR)
 Estados Unidos
2010 • cor • 71 min 
Direção Greg Franklin
Produção Dave Jeser
Matt Silverstein
Produção executiva Dave Jeser
Matt Silverstein
Roteiro Jordan Young
Elenco Adam Carolla
Jess Harnell
Abbey McBride
Jack Plotnick
Tara Strong
Cree Summer
James Arnold Taylor
Seth MacFarlane
Vernon Wells
Idioma Inglês
Música Eban Schletter
Edição Tony Christopherson
Estúdio Double Hemm
Six Point Harness
Comedy Central
Distribuição Paramount Pictures
Lançamento Estados Unidos 18 de março de 2010

The Drawn Together Movie: The Movie! (também conhecido como A Casa Animada: O Filme no Brasil) é uma comédia cinematográfica diretamente em vídeo animada americana escrita e produzida pelos escritores e produtores executivos originais Dave Jeser e Matt Silverstein e dirigido por Greg Franklin. É o primeiro filme da série A Casa Animada lançado desde o cancelamento do show na TV, e o próprio filme se trata disso.

O elenco original voltou a dublar os personagens originais de Drawn Together. O filme apresenta a voz da convidada Seth MacFarlane como "I.S.R.A.E.L." (Intelligent Smart Robot Animation Eraser Lady) ou (Inteligente Sensata Robô Animada Exterminadora Linda "mais adaptada para o português"), mas a tradução original seria: Senhora Robô Inteligente e Elegante de Animação Eliminadora), e Vernon Wells como o Cabeça de Rede. O filme foi produzido pela Six Point Harness, completamente feito em animação em Flash usando a Toon Boom e Adobe Flash Professional.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em Bedrock, uma bêbada grávida avisa Toot que alguém vai vir vê-la. A visitante na verdade era sua antiga companheira da casa, a Chica Ximbica (Foxxy Love), que tenta lhe dizer que as suas vidas estão em perigo. E então, os relâmpagos levam elas de voltam para seis meses antes. Chica descobre que ela pode se apresentar sem ser censurada. Quando ela descobre a sala de controle do programa, ela percebe que o programa de TV Drawn Together foi cancelado. Os colegas da casa verificam suas listas de programação e descobrem que seu horário tinha sido tomado por um programa de TV chamado "The Suck My Taint Show". Chica liga para o canal para descobrir por que eles foram cancelados. O Cabeça de Rede (Network Head), ao ouvir Chica, descobre que os companheiros da casa ainda estão vivos e convoca a I.S.R.A.E.L. (Intelligent Smart Robot Animation Eraser Lady), uma robô projetada especificamente para apagar personagens de desenhos animados. O Produtor Judeu (Jew Producer) avisa os companheiros da casa antes que I.S.R.A.E.L. apareça, mas ele consegue escapar a tempo dentro da van de Chica.

Depois que eles escapam de I.S.R.A.E.L., Chica insiste no caminho para que eles possam sobreviver e fazer com que seu programa de TV volte ao ar, e sugere que eles procurem a ajuda da Suck My Taint Girl. A Princesa Clara (Princess Clara), recusando-se a acreditar que ela não é uma princesa de verdade, retorna ao seu reino, alegando que seu pai pode protegê-los. O Capitão Herói (Captain Hero), Xande (Xandir P. Wifflebottom), e o Ling-Ling decidem ir com a Princesa Clara, enquanto o Onanias (Spanky Ham) e o Imeia Delano (Wooldoor Sockbat) decidem ir com Chica para tentar trazer o seu show de volta ao ar. Enquanto os outros estão discutindo, Toot rouba a van e vai embora sozinha.

De volta ao canal, o Produtor Judeu diz ao Cabeça de Rede que ele não pode ter a coragem de apagar os companheiros da casa, se unindo a eles. O Produtor Judeu afirma que ele não vai ajudar o Cabeça de Rede com a sua missão, mas o Cabeça de Rede revela que ele raptou o filho do Produtor Judeu como uma ameaça. O Produtor Judeu relutantemente concorda em ajudá-lo, e a I.S.R.A.E.L. decolam em busca dos companheiros da casa mais uma vez. Clara, Herói, Molly (um herói cadáver que acredita ser sua namorada), Xande, e Ling-Ling chegam ao reino de Clara, esperando encontrar refúgio. No entanto, ninguém parece reconhecer Clara. Ela encontra o rei da terra, que não é seu pai, e ainda mais chocante, ela vê uma mulher que parece ser a princesa "real". Os guardas acabam matando Clara, mas os outros três conseguem escapar.

Enquanto isso, Chica, Onanias, e Imeia visitam o set de The Suck My Taint Show e conhecem a Suck My Taint Girl, que revela ser uma fã do programa dos colegas da casa. Ela diz ao grupo que eles foram cancelados porque o conteúdo vulgar e ofensivo só é aceitável quando o seu show "faz questão", e que, se eles querem fazer Drawn Together voltar ao ar, eles terão de obter uma questão, o que eles podem fazer é uma visita à Terra do Faça-Uma-Questão (Make-A-Point Land). Ela diz à Chica que se ela vai trazer o resto da gangue de Drawn Together para conhecê-la, ela irá levá-los para a Make-A-Point Land. Após rastrear os outros, o grupo restante retorna e faz conjunto com a The Suck My Taint Show. A Suck My Taint Girl concorda em levar o resto do grupo para Make-A-Point Land para que eles possam obter uma questão.

O feiticeiro da Make-A-Point Land concorda em dar ao grupo uma questão, e os apresenta uma caixa contendo uma questão. Onanias protesta, alegando que eles não devem abrir a caixa; porque ele é mais feliz sendo nojento sem motivo. Alguns outros concordam com Onanias. Imeia discorda, determinado a voltar ao ar. Ele abre a caixa para descobrir o que tem dentro, e quando a abre vê que contém uma bomba de borracha que apaga sua existência. O assistente explica que ele foi forçado a dar-lhes a caixa com uma bomba de borracha. É então que o Cabeça de Rede, o Produtor Judeu, e I.S.R.A.E.L. se mostram para apagar o elenco remanescente. Chica pergunta como eles sabiam que estavam indo para o palácio, e a Suck My Taint Girl revela que ela chantageou-los e que é a esposa do Cabeça de Rede.

I.S.R.A.E.L. se prepara para matar os colegas da casa, mas o Produtor Judeu consegue convencer I.S.R.A.E.L. que eles têm o direito de existir quanto a ela. Ela, então, espeta o Cabeça de Rede em um pico. O Cabeça de Rede em seguida, abre o casaco para revelar que ele tinha borrachas explosivas suficientes amarradas em sua cintura para destruir todos da Make-A-Point Land. À medida que o Cabeça de Rede cai, o controle remoto explode a Make-A-Point Land, a Suck My Taint Girl tenta agarrá-lo, mas o mergulho do Produtor Judeu em cima dela tenta impedi-la. Os colegas da casa, em seguida, fazem uma fuga. O Produtor Judeu e a Suck My Taint Girl lutam pela posse do detonador, no processo em que deixá-o cair, apagando todos da Make-A-Point Land, incluindo eles próprios. Os colegas da casa fogem pra fora na hora certa.

Os colegas da casa visitam os restos apagados da casa Drawn Together. O filho do Produtor Judeu aparece para informá-los que ele poderia ser capaz de ajudá-los, dando-lhes um filme lançado diretamente em vídeo. Todo mundo ri alegremente até que Onanias acidentalmente pisa em uma bomba de borracha que pegou no chão, apagando-los todos de suas existências.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Jess Harnell como o Capitão Herói, uma paródia do Super-Homem e outros super-heróis desse mesmo tipo, inclusive seu traço de desenho é inspirado na série animada do Superman criada por Bruce Timm e Max Fleischer. Tarado, pervertido, com pinta de galã barato, chauvinista e sem-vergonha / Road Runner/ Guarda Rinoceronte 1 (Brian) / O Rei.
  • Cree Summer como a Chica Ximbica, sátira da mulata pandeirista Valerie Brown do antigo desenho Josie e as Gatinhas com uma forte personalidade e uma língua afiada, do tipo que fala tudo o que lhe vem à cabeça sem se importar com o que vão pensar sobre ela / Suck My Taint Girl, a estrela de The Suck My Taint Show, uma paródia de South Park / A esposa do Cabeça de Rede.
  • James Arnold Taylor como o Imeia Delano (Wooldoor Sockbat): uma paródia de desenhos animados voltados para crianças como Bob Esponja, Ren & Stimpy e personagens do Looney Tunes, Imeia se comporta da maneira tipicamente bizarra dos desenhos que compõem seu tipo. / O Produtor Judeu, a pessoa responsável pelo show Drawn Together, que cresceu ligado aos personagens e defendeu-os de I.S.R.A.E.L. / Barney Rubble / Eddie, vizinho do Produtor Judeu / Brainy e Hefty Smurf / o feiticeiro de Make-A-Point / membro da audiência da "Suck My Taint Show".
  • Adam Carolla como o Onanias (Spanky Ham), um porco humanoide, vestindo camisa e calças. Onanias é uma representação de personagens de desenhos de internet feitos em Flash..
  • Tara Strong como a Princesa Clara (Princess Clara), uma princesa mimada, hiper-religiosa e intolerante que é uma paródia das princesas da Disney como a Ariel do filme A Pequena Sereia (1989) e Bela do filme A Bela e a Fera (1991) / Toot Braunstein, ma versão gorda, feia e sardenta da famosa vedete sexual dos anos 20, Betty Boop / Sasha, a filha do Cabeça de Rede / A princesa de cabelos vermelhos / Betty Rubble.
  • Abbey McBride como o Ling-Ling, o animal asiático que é uma sátira ao Pikachu e outros personagens gerais de animes ao estilo Pokémon. Ele fala num tipo de língua oriental (ou "Japoreano", como DiGregorio chama isto) totalmente incompreensível com direito a legendas em inglês.
  • Jack Plotnick como o Xande (Xandir P. Wifflebottom), uma versão gay do famoso herói Link da série de jogos A Lenda de Zelda da Nintendo.
  • Seth MacFarlane como I.S.R.A.E.L. (Intelligent Smart Robot Animation Eraser Lady), uma robô implantada pelo Cabeça de Rede para apagar permanentemente todo a gangue de Drawn Together. A antagonista secundária do filme.
  • Vernon Wells como o Cabeça de Rede, o chefe do canal de televisão e o principal antagonista do filme que cancelou Drawn Together e as tentativas de apagá-los por vários meios.
  • Dave Jeser (não creditado) como o Gigante que Caga em sua Própria Boca / Guarda Rinoceronte 2.
  • Matt Silverstein (não creditado) como o filho do Produtor Judeu.
  • Kaitlyn Robrock (não creditado) como a Smurfette / Velhinha / Bedrock bar loira.

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Embora originalmente anunciado para o lançamento em Novembro de 2009,[1] data de lançamento do filme foi adiada para 23 de Março de 2010, em seguida, lançada em 20 de Abril, 2010.[2]

O filme estreou em 2010 pelo festival SXSW Film em Austin, em 18 de Março de 2010.[3]

Mídia Local[editar | editar código-fonte]

O filme foi lançado dia 20 de abril de 2010 em DVD, e em Blu-ray exclusivamente na Best Buy.[4] O filme foi lançado em DVD na Austrália no final daquele ano em 06 de outubro de 2010.[5]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]