The Flamingo Kid

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Flamingo Kid
Flamingo Kid (PT/BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
1984 • cor • 100 min 
Direção Garry Marshall
Produção Michael Phillips
Nick Abdo (produtor associado)
Roteiro Garry Marshall
Neal Marshall
Bo Goldman
Elenco Matt Dillon
Hector Elizondo
Janet Jones
Richard Crenna
Jessica Walter
Gênero Comédia dramática
Comédia romântica
Idioma Inglês
Música Curt Sobel
Cinematografia James A. Contner
Edição Priscilla Nedd-Friendly
Estúdio ABC Motion Pictures
Distribuição 20th Century Fox (cinema)
MGM (DVD)
Lançamento Estados Unidos 21 de dezembro de 1984
Portugal 14 de fevereiro de 1993 (TV premiere)
Receita US$23,859,382
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Flamingo Kid (br/pt: Flamingo Kid) é um filme de comédia de 1984 dirigido por Garry Marshall, escrito por Marshall, Neal Marshall e Bo Goldman. É estrelado por Matt Dillon, Richard Crenna, Hector Elizondo, e Janet Jones. É um filme de amadurecimento sobre um garoto da classe trabalhadora, que tem um emprego de verão em um resort de praia e aprende valiosas lições de vida.

Foi o primeiro filme a receber uma classificação PG-13, embora tenha sido o quinto a ser lançado com essa classificação, depois de Red Dawn, The Woman in Red, Dreamscape, e Dune.

O filme foi lançado com o slogan: A lenda em sua própria vizinhança.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

No verão de 1963, Jeffrey Willis é um jovem de classe média morador do Brooklyn e batalhador que vai trabalhar no clube de praia Flamingo, em Long Island. Lá ele conhece um mundo diferente do que estava habituado, cheio de pessoas bonitas, ricas e com as vidas aparentemente perfeitas, e se apaixona por uma das frequentadoras do lugar, deixando de lado as suas origens, até descobrir que nem tudo é o que parece ser.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

  • O papel principal foi originalmente oferecido a Matthew Broderick, mas quando ele desistiu do projeto, o personagem foi reescrito para se adequar a Matt Dillon.
  • O roteirista Neal Marshall não é parente do diretor.
  • O filme marca a estréia de Marisa Tomei no cinema, num pequeno papel.

Locação[editar | editar código-fonte]

O principal local para o filme foi o Silver Gull Beach Club em Breezy Point em Nova Iorque Península de Rockaway, dentro de Gateway National Recreation Area. O clube foi fortemente danificado pelo Furacão Sandy em 2012, e a ala do clube, que se estende sobre a água está enfrentando provável demolição.[1]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

  1. Jesse Frederick – Breakaway
  2. Martha and the Vandellas(Love Is Like a) Heat Wave
  3. The ChiffonsHe's So Fine
  4. Acker Bilk – Stranger on the Shore
  5. DionRunaround Sue
  6. Little RichardGood Golly, Miss Molly
  7. Barrett StrongMoney (That's What I Want)
  8. The ImpressionsIt's All Right
  9. Hank Ballard & The Midnighters – Finger Poppin' Time
  10. The ChiffonsOne Fine Day
  11. The SilhouettesGet a Job
  12. Maureen Steele – Boys Will Be Boys

Remake[editar | editar código-fonte]

Deadline.com anunciado em setembro de 2012, que a Walt Disney Pictures tem planejado um remake de The Flamingo Kid. Brett Ratner e Michael Phillips estão produzindo e diretor de vídeos musicais Nzingha Stewart é o roteirista.[2]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Globo de Ouro 1985 (EUA)

  • Indicado na categoria de Melhor Atuação Masculina Coadjuvante em Cinema (Richard Crenna).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]