The Gun Club

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde maio de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
The Gun Club
Informação geral
Origem Los Angeles, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Pós-punk
Cowpunk
Death rock
Swamp rock
Período em atividade 1979 - 1996
Gravadora(s) Slash/Rhino
I.R.S. Records
New Rose Blues Records
Animal Roadrunner
Budha
Fire Records
Triple X Records
Afiliação(ões) The Cramps
45 Grave
Nick Cave & The Bad Seeds
Tex & the Horseheads
Blondie
Cypress Grove
Freeheat
Integrantes Jeffrey Lee Pierce
Brian Tristan (Kid Congo Powers)
Romi Mori
Mike Martt
Liz Montague
Randy Bradbury
Ex-integrantes Don Snowden
Brad Dunning
Ward Dotson
Rob Ritter
Terry Graham
Patricia Morrison
Jim Duckworth
Spencer P. Jones
Dee Pop
Billy Pommer, Jr.
Desperate Desi
Nick Sanderson
Rainer Lingk
Robert Marche
Efe
Simon Fish
Brock Avery

The Gun Club foi uma banda de pós-punk/Cowpunk de Los Angeles, California, criada em 1980. O seu estilo musical é caracterizado por influências punk e country.

História[editar | editar código-fonte]

Os Gun Club foram criados por Jeffrey Lee Pierce (vocais e guitarra), Brian Tristan (guitarra; mais tarde, muda o nome para Kid Congo Powers), Don Snowden (baixo; um crítico de música de Los Angeles) e Brad Dunning (bateria). O nome original da banda era The Creeping Ritual, mas foi alterado por sugestão do vocalista dos Circle Jerks, Keith Morris.

Ainda antes do primeiro álbum, Kid Congo deixa a banda para se juntar aos The Cramps. Fizeram, também, parte do grupo, Rob Ritter (baixo) e Terry Graham (bateria), ex-membros dos The Bags. Rob deixa a banda após o lançamento do primeiro álbum, para formar os 45 Grave, e muda de nome para Rob Graves. Mais tarde, Patricia Morrison (baixo), também dos The Bags, participa nos álbuns Las Vegas Story, de 1984 e Danse Kalinda Boom, de 1985, antes de se juntar aos The Sisters of Mercy, e The Damned.

O primeiro álbum dos Gun Club, Fire of Love, de 1981, é considerado como um clássico pela crítica (Allmusic). O crítico Stevo Olende comparou-o ao ambiente voodoo, aos livros de banda desenhada dos anos 1950. Este primeiro trabalho foi um sucesso, e o que mais aplausos recebeu da crítica.

Em 1987, Kid Congo junta-se, de novo, à banda, e lançam o álbum Mother Juno. Com este novo trabalho, foi criada a expectativa de uma nova fase positiva para a banda. No entanto, a editora Red Rhino fecha, após o lançamento do álbum, e Jeffrey Lee Pierce debate-se com problemas com álcool e drogas.

Lucky Jim, de 1993, é o último álbum dos Gun Club. O vocalista Jeffrey Lee Pierce morre dois anos depois.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • Fire of Love (1981)
  • Miami (1982)
  • Sex Beat '81 (1984)
  • The Las Vegas Story (1984)
  • Mother Juno (1987)
  • Pastoral Hide and Seek (1990)
  • In Exile (1992)
  • Lucky Jim (1993)

EP[editar | editar código-fonte]

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • The Birth, The Death, The Ghost (1984)
  • Sex Beat (1984)
  • Two Sides of the Beast (1985)
  • Love Supreme (1985)
  • Danse Kalinda Boom: Live in Pandora's Box suffers (1985)
  • Ahmed's Wild Dream (1992)
  • Live In Europe (1992)

Compilações[editar | editar código-fonte]

  • In Exile (1992)
  • Early Warning (1997) [Álbum de raridades.]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United States.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.