The Indians Are Coming

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Indians Are Coming
Índios do Oeste[1]  (BR)
 Estados Unidos
1930 • P&B • 12 capítulos min 
Realização Estados Unidos 20 de outubro de 1930
Direção Henry MacRae
Produção Henry MacRae
Roteiro Ford Beebe
William F. Cody (livro)
George H. Plympton
William Loyd Wright
Elenco Tim McCoy
Allene Ray
Edmund Cobb
Francis Ford
Género Western
Idioma inglês
Música Sam Perry (não-creditado)
Cinematografia Wilfred M. Cline
Edição Alvin Todd
Edward Todd
Robert B. Wilcox
Estúdio Universal Pictures
Distribuição Universal Pictures
Cronologia
Último
Último
Terry of the Times, (1930)
The Spell of the Circus (1931)
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

The Indians Are Coming é um seriado estadunidense de (1930), realizado pela Universal Pictures, baseado no livro The Great West That Was, de William "Buffalo Bill" Cody. Este seriado foi o primeiro totalmente falado, com som completo (antes, os filmes mudos eram entrecortados por ocasionais seções sonorizadas). Ele foi apresentado originalmente no “Roxy Theatre”, em Nova Iorque, e foi considerado o responsável por salvar o formato serial dentro da era sonora.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Relata as aventuras de Jack Manning em defesa de Mary Woods, que é alvo do ladrão Rance Carter. Carter, além de roubar o ouro que pertence à família de Maria, enciumado cria várias situações de perigo para Jack e Maria, entre elas perseguições de trem, incêndios, revolta de índios, duelos e explosões.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Cinemas[editar | editar código-fonte]

O lançamento de The Indians Are Coming marcou a primeira vez em que um seriado recebeu um tratamento diferenciado. Estreou no Roxy Theatre, em Nova Iorque, e percorreu então todo o país.[2]

Segundo Stedman, The Indians Are Coming alcançou um lucro perto de $1,000,000[3] . O sucesso do seriado pôs fim à opinião de que a tecnologia sonora acabaria com o formato serial.[3] Nas palavras de William C. Cline, este sucesso foi " with reviving interest in what seemed to be a dying form of entertainment" (creditado como um interesse em reviver o que parecia ser uma forma já morta de entretenimento)[2] e provou que a ação ainda podia ser feita com equipamentos de som.[2]

Recepção crítica[editar | editar código-fonte]

Stedman comparou o exagero da atuação de Tim McCoy à de Adam West no Batman da série de televisão, mas declarou que tal comparação não deveria ser estendida a outras estrelas. Ele foi além e comentou que “Só o cão não caiu vítima da tendência natural dos atores do cinema mudo a exagerar quando empurrados para o som”.[3]

Dublês[editar | editar código-fonte]

  • Ben Corbett.... não-creditado
  • Jack Jones.... não-creditado
  • Cliff Lyons.... não-creditado

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  1. Pals in Buckskin
  2. A Call to Arms
  3. A Furnace of Fear
  4. The Red Terror
  5. The Circle of Death
  6. Hate's Harvest
  7. Hostages of Fear
  8. The Dagger Duel
  9. The Blast of Death
  10. Redskin's Vengeance
  11. Frontiers Aflame
  12. The Trail's End

Fonte:[4]

Produção[editar | editar código-fonte]

Este seriado foi baseado em "The Great West That Was", de William "Buffalo Bill" Cody[2] , que já servira de inspiração para os seriados, também da Universal Pictures, In the Days of Buffalo Bill, de 1922 e Fighting With Buffalo Bill, de 1926. Posteriormente, o mesmo livro inspiraria outro seriado da Universal, Battling with Buffalo Bill, de 1931. Em 1935, a Universal Pictures faria uma refilmagem com o mesmo tema, Rustlers of Red Dog.

Algumas das cenas foram reutilizadas pela Universal do seu filme de 1926 “The Flaming Frontier”.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. MATTOS, A. C. Gomes de. Seriados Mudos Americanos. In: Histórias de Cinema. Acessado em 08-10-2012.
  2. a b c d Cline, William C.. In the Nick of Time. [S.l.]: McFarland & Company, Inc.. 9–10 pp. ISBN 078640471X.
  3. a b c Stedman, Raymond William. Serials: Suspense and Drama By Installment. [S.l.]: University of Oklahoma Press. 58–59 pp. ISBN 9780806109275.
  4. Cline, William C.. In the Nick of Time. [S.l.]: McFarland & Company, Inc.. 202 pp. ISBN 078640471X.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]