The Lion King (musical)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Lyceum Theatre 1.jpg
The Lion King, no Lyceum Theatre de Londres
Produção Broadway 1997
Londres 1999
França 2007
Japão 1998
Países Baixos 2004
Espanha 2011
Brasil 2013
Prêmios 1998 Tony Award por Melhor Musical

The Lion King é um musical em exibição na Broadway de Nova Iorque desde julho de 1997 e baseado no filme de animação da Disney. Além do elenco de Nova Iorque, há também duas outras companhias que excursionam pelos Estados Unidos. Em junho de 2012, foi confirmada a estreia, para 28 março de 2013, de uma produção em São Paulo, com a atriz sul-africana (e ex-atriz da tournê nacional) Phindile Mkhize no papel da babuína Rafiki e com as traduções sendo feitas por Gilberto Gil. [1]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Primeiro Ato[editar | editar código-fonte]

Rafiki é avisado por Mufasa e Sarabi sobre Simba, que nasceu há pouco tempo. Ele junta todos os animais da floresta em uma pedra, para começar a apresentação de Simba ("Circle of Life"). Após isso, Simba cresce e vira uma criança. Mufasa e seu filho vão para a pedra do rei, para Mufasa dizer para Simba que tudo que o Sol toca pertencerá á Simba um dia ("Grasslands Chant"). Zazu chega e conta para Mufasa sobre as coisas que estão acontecendo no reino, atualmente ("The Morning Report", atualmente cortada da versão da Broadway e da Espanha). Simba tenta caçar Zazu, mais bate com a cabeça em uma pedra. Mufasa o aconselha a como caçar, e Simba pula em cima de Zazu. Após ser caçado, Zazu recebe a noticía de que três hienas invadiram o reino. Mufasa vai procula-las, e Simba não pode ir junto. Ele pergunta para seu tio Scar o que é que há naquela parte do reino em que o sol não toca. Ele diz que um cemitério de elefantes não é coisa para uma criança. Simba fica alegre e vai contar a novidade para sua amiga Nala, que está com sua mãe perto dalí. Ao encontrar Sarabi (mãe de Simba) e Sarafina (mãe de Nala), as leoas começam a fazer uma dança, que significa que elas vão caçar antílopes ("The Lioness Hunt"). Sarafina diz para os dois que eles podem ir no olho d'água, apenas se Zazu for com eles. Simba fica chateado, e faz de tudo para encher Zazu ("I Just Can't Wait to be King!"). Eles fogem do olho d'água, e correm para o cemitério de elefantes, onde as três hienas residem. Elas tentam matar Simba e Nala, mais Mufasa chega e as afugenta ("Chow Down"). Mufasa fica chateado com Simba, pois ele o desobedeceu, e fala com ele que se ele tivesse morrido, os Grandes Reis do Passado iriam aceitá-lo, mais que eles continuam vivendo em todos eles ("They Live In You"). Perto dalí, Scar e as hienas reclamam de Mufasa e Simba. Scar tem um plano para matar seu irmão, e o conta para as hienas ("Be Prepared"). Após um tempo, as hienas assustam uma manada de antílopes, que emerge do palco, e quase mata Simba ("The Stampeade"). Mufasa recebe a noticía que Simba está lá, e vaí salvar seu filho. Ele o salva, mais fica preso num galho, e pede ajuda á Scar. Scar machuca o seu irmão, que cai embaixo da manada, e morre. Scar fala para Simba que ele foi o culpado de tudo, e fala que ele deve ir embora e nunca mais retornar. Scar conta para todos sobre a morte de Simba e a morte de Mufasa. Rafiki ouve a noticía e volta tristonho para o seu baobá, onde chora pela morte de Mufasa ("Rafiki Mourns"). Scar então se prepara para assumir o trono deixado por seu irmão ("Be Prepared (Reprise)") Simba é encontrado por Timão e Pumba, dois aventureiros que passeiam e vivem na floresta. Eles o ensinam o verdadeiro lema da vida ("Hakuna Matata"), e o levam para um passeio nas matas. Simba cresce, vira um adolescente e entra na música dançando e cantando.

Segundo Ato[editar | editar código-fonte]

O segundo ato começa com vários passáros e homens e mulheres que dançam ao redor de um lago, com um fundo azul (One by One). Após a música, todos os passáros e a beleza são trocados por esqueletos de elefantes, gaiolas, e Scar. Uma terrível seca atingiu a Pedra do Rei. Scar reclama com Zazu e as hienas que ele não tem nenhum sucessor na hierarquia, e que só há apenas uma leoa disponível. Uma Nala adolescente entra no cenário e explica para Scar que por causa dele, a Pedra do Rei está fracassando. Scar tenta agarrar Nala, que reage, atingindo a face de Scar e correndo ("The Madness of King Scar"). Nala sai da Pedra do Rei, e se encontra com as leoas, que decidem sair para caçar ("Shadowland"). Simba, Timão e Pumba andam pela floresta ("The Lion Sleeps Tonight"), e Pumba é atacado por Nala, que acaba atacando Simba. Simba se lembra do ataque de Nala, quando eles ainda erão crianças, e se apaixonam ("Can You Feel The Lopve Tonight?"). Simba acha Rafiki e o pergunta sobre os Grandes Reis do Passado. Ele vê uma nuvem com o formato de Mufasa, e reclama com ele sobre a ajuda que ele o dá ("Endless Night"). Rafiki descobre que Simba está vivo, e vai contar a novidade para as leoas ("He Lives In You (Reprise)"). Simba entra na comemoração cantando e dançando, vê um quadro com o formato do rosto do seu pai (Mufasa's Ghost). Há uma pausa instrumental, e Simba termina a música se juntando com Rafiki. Simba faz de tudo para matar seu tio Scar, que mentiu para todo mundo. Ele o acha, e descobre que Scar, não Simba, foi o culpado pela morte de Mufasa ("Simba Confronts Scar"). Scar morre, e Simba se reúne com Rafiki, Timão e Pumba para tomar o seu lugar como rei ("King of Pride Rock"). Nala, Zazu e os outros personagens entram no palco, e se juntam com Simba para o início de uma Era, com Rei Simba e Rainha Nala, e a filha deles, Kiara ("Circle of Life (Reprise)").

Turnês/Produções[editar | editar código-fonte]

O teatro em Hamburgo onde o musical está atualmente

Músicas[editar | editar código-fonte]

Primeiro acto[editar | editar código-fonte]

The Lion King na Broadway

*=A canção The Morning Report foi cortada da versão da Broadway em 27 de junho de 2010.

Segundo acto[editar | editar código-fonte]

  • One by One
  • The Madness of King Scar
  • Shadowland
  • The Lion Sleeps Tonight
  • Endless Night
  • Can You Feel the Love Tonight
  • He Lives in You
  • Simba Confronts Scar
  • King of a Pride Rock
  • Circle of Life (Reprise)

Elenco da Broadway (original)[editar | editar código-fonte]

Actor Personagem
Jason Raize Simba Adulto
Samuel E. Wright Mufasa
John Vickery Scar
Scott Irby-Ranniar Simba Criança
Max Casella Timão
Tom Alan Robbins Pumba
Tsidii Le Loka Rafiki
Heather Headley Nala
Geoff Hoyle Zazu
Tracy Nicole Chapman Shenzi
Stanley Wayne Mathis Banzai
Kevin Cahoon Ed
Gina Breedlove Sarabi
Kajuana Shuford Nala Criança

Elenco original brasileiro[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Tiago Barbosa Simba Adulto
Phindile Mkhize Rafiki
Josi Lopes Nala
César Mello Mufasa
Renata Villella Sarabi
Osvaldo Mil Scar
Cauã Martins/Gustavo Bonfim/Kayky Reis/Yudchi Taniguti Simba Jovem
Ayumi Higa/Jamilly Mariano/Karollyne Nascimento/Queren Rachel Nala Jovem
Rodrigo Candelot Zazu
Marcelo Klabin Pumba
Ronaldo Reis Timão
Jorge Neto Banzai
Juliana Peppi Shenzi
Felippe Moraes Ed

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Tony Award - 1998 - Melhor Musical
  • Tony Award - 1998 - Melhor Música - Hans Zimmer

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • A atriz Tsidi Manye (Rafiki) confessou que esse é o seu melhor trabalho como atriz.
  • A atriz Zama Maguduela participou de três produções do musical: 2005, 2006, e 2007. Ela fez uma participação na única performance que Sydney, Austrália, recebeu.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

The Lion King (em inglês) no Internet Broadway Database