The Long Play

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde janeiro de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
The Long Play
Álbum de estúdio de Sandra Cretu
Lançamento 9 de dezembro de 1985
Gravação 1984 - 1985
Gênero(s) Pop
Duração 36:37
Gravadora(s) Virgin
Produção Michael Cretu
Cronologia de Sandra Cretu
Último
Último
Mirrors
(1986)
Próximo
Próximo
Singles de The Long Play
  1. "(I'll Never Be) Maria Magdalena"
    Lançamento: Março de 1985
  2. "In the Heat of the Night"
    Lançamento: Novembro de 1985
  3. "Little Girl"
    Lançamento: Janeiro de 1986

The Long Play é o álbum de estreia da cantora alemã Sandra Cretu, lançado em 1985[1] .

Após o lançamento de seu primeiro single "(I'll Never Be) Maria Magdalena", a Virgin deu a Sandra a permissão de criar seu primeiro álbum. Ela e Michael Cretu começaram a gravar "In the Heat of the Night", uma canção escrita por Michael Cretu em colaboração com outros artistas.

Gravação[editar | editar código-fonte]

Pouco depois do lançamento do álbum, ele alcançou o top 20 em seu país de origem Alemanha, Sandra se mudou para Londres por seis meses. Helena Shelen, uma professora de canto que trabalhou com artistas como George Michael e Paul Young, ajudou Sandra na gravação deste álbum. Sandra também entrou ao London Berlitz Escola de Idiomas, onde ela melhorou suas habilidades no inglês e tomou aulas de percussão para obter um melhor ritmo. Durante a semana, ela voltava para sua casa em Munique para trabalhar em seu novo trabalho prestes a ser lançado.

Singles[editar | editar código-fonte]

O single "(I'll Never Be) Maria Magdalena" liderou as paradas em 41 países no mundo inteiro, alcançando o top 10 em vinte países. A canção foi voltada para o mercado europeu, de modo que nunca recebeu um clip promocional. Embora "(I'll Never Be) Maria Magdalena" já tinha ido para a número um em alguns países europeus, levou algum tempo para conseguir na Alemanha, onde permaneceu no top 20 alemão durante 16 semanas.

O single seguinte foi chamado "In the Heat of the Night". Em seu primeiro vídeo musical, Sandra foi apresentada em uma sauna a vapor cheia de homens. Embora a canção foi ao número um na Suíça, Líbano e Israel, ele permaneceu no número dois na Alemanha por muito tempo, capaz de passar Elton John. No entanto, a canção ganhou o prêmio de melhor canção original, no Festival de Música de Tóquio mais tarde, em 1986, fixando Sandra como uma estrela no Japão.

"Little Girl" foi o terceiro single do álbum com o vídeo da música sendo filmado inteiramente em Veneza, Itália.

Faixas[editar | editar código-fonte]

# Título ! Duração
1. "In the Heat of the Night|In the Heat of the Night" 5:20
2. "On the Tray (Seven Years)" 3:46
3. "Little Girl" 3:13
4. "You And I" 6:00
5. "(I'll Never Be) Maria Magdalena" 4:31
6. "Heartbeat (That's Emotion)" 4:55
7. "Sisters and Brothers" 3:24
8. "Change Your Mind" 4:02

Tabelas de vendas[editar | editar código-fonte]

O álbum alcançou o topo dos dez mais vendidos em países como a Alemanha, Suiça, e Noruega .

País (1985) Posição mais
elevada
Alemanha 2
Suiça 4
Noruega 8
Suécia 2
Austria 18
Israel 1
Belgica 6
Países Baixos 48

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]