The Maltese Falcon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

The Maltese Falcon (O Falcão Maltês, em português) é um romance policial de 1930 do escritor americano Dashiell Hammett, originalmente lançada como série na revista Black Mask.

Considerada uma das melhores obras do autor,[1] sua trama foi adaptada diversas vezes para o cinema; o personagem principal, Sam Spade, aparece apenas neste romance e em três contos menos conhecidos, porém é citado como uma das figuras responsáveis pela consolidação do gênero do romance noir. Philip Marlowe, por exemplo, o personagem de Raymond Chandler, foi fortemente influenciado pelo Spade de Hammett, que já era uma evolução a partir do detetive sem nome e bem menos glamuroso criado pelo próprio Hammett em The Continental Op. Sam Spade reuniu diversas características de detetives anteriores, mas especialmente sua frieza, sua atenção para os detalhes e sua determinação incansável para conseguir sua própria justiça. É o homem que consegue ver o lado corrupto e perverso da vida sem perder seu "idealismo manchado".

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. "Ele agora está na mira da crítica" - Veja, 7 de fevereiro de 2001 (visitado em 10-8-2009).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: The Maltese Falcon
Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.