The Miracle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Miracle
Álbum de estúdio de Queen
Lançamento 22 de Maio de 1989
Gravação Janeiro de 1988 - Janeiro de 1989
Gênero(s) Hard rock
Heavy metal
Duração 58 min 40 seg
Gravadora(s) Hollywood Records
Produção Queen, David Richards
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Queen
Último
Último
Live Magic
(1986)
Innuendo
(1991)
Próximo
Próximo
Singles de The Miracle
  1. "I Want It All"
    Lançamento: 2 de Maio de 1989
  2. "Breakthru"
    Lançamento: 19 de Junho de 1989
  3. "The Invisible Man"
    Lançamento: 7 de Agosto de 1989
  4. "Scandal"
    Lançamento: 9 de Outubro de 1989
  5. "The Miracle"
    Lançamento: 27 de Novembro de 1989
  6. "Was It All Worth It"
    Lançamento: 6 de Janeiro de 1990


The Miracle é o décimo terceiro álbum de estúdio da banda inglesa Queen. Contando o ao vivo Live Killers, The Miracle passa a ser o décimo quarto álbum oficial da banda. Foi lançado oficialmente em 22 de maio de 1989 no Reino Unido e em 6 de junho de 1989 nos Estados Unidos.

Foi o primeiro álbum do Queen a sair em CD, LP e fita cassete simultaneamente. A partir deste disco, o grupo decidiu que a autoria das canções seria do próprio Queen como um todo, e não apenas de um integrante individualmente, como nos álbuns anteriores. O álbum iria originalmente ser chamado de "The Invisible Man", porém, de acordo com o baterista Roger Taylor, três semanas antes do lançamento decidiu-se mudar o nome para "The Miracle".

Na Inglaterra, o disco alcançou a 1ª posição nas paradas de sucesso e ficou num total de 37 semanas no chart por lá. Já nos EUA, conseguiu a 24ª posição e permaneceu num total de 14 semanas no chart americano.

Na Suíça, alcançou a 1ª posição e permaneceu num total de 22 semanas no chart e na Suécia, alcançou a 6ª posição e ficou num total de 8 semanas no chart sueco, além de ser 1º lugar na Áustria, Alemanha e Holanda.

Em 2011, o álbum foi relançado pela Island Records (uma subsidiária da Universal Records), totalmente remasterizado e com 2 CDs. O primeiro lote da edição brasileira do CD veio com um erro na ordem da impressão das páginas do encarte.

Estima-se que o álbum The Miracle tenha vendido em torno de 10 milhões de cópias em todo mundo.[1] O site Allmusic o nomeou como o melhor álbum da banda da década de 1980, junto com The Game, de 1980.

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas creditadas ao Queen. Abaixo estão listados os respectivos compositores.

CD e LP*

  • 1 "Party" (John Deacon/Brian May/Freddie Mercury) - 2:24
  • 2 "Khashoggi's Ship" (Mercury) - 2:48
  • 3 "The Miracle" (Mercury/Deacon) - 5:02
  • 4 "I Want It All" (May) - 4:41
  • 5 "The Invisible Man" (Roger Taylor) - 3:57
  • 6 "Breakthru" (Mercury - intro/Taylor) - 4:08
  • 7 "Rain Must Fall" (Deacon - música/Mercury - letra) - 4:23
  • 8 "Scandal" (May) - 4:42
  • 9 "My Baby Does Me" (Deacon/Mercury) - 3:23
  • 10 "Was It All Worth It" (Mercury) - 5:45

Nota: a versão em LP* possui no lado A as faixas 1-5, e no lado B as faixas 6-10.

Faixas-bônus do CD

  • 11 "Hang On In There" (Queen) - 3:46
  • 12 "Chinese Torture" (Mercury/May) - 1:45
  • 13 "The Invisible Man" [12" Version] (Taylor) - 5:28

Faixa-bônus (1991 Hollywood Records CD)

  • 14 "Scandal" [12 Mix] (May) - 6:34

2011 Bonus EP (CD 2)

  • 1 "I Want It All" [Versão do single] (May) - 4:03
  • 2 "The Invisible Man" [Versão inicial com guia vocal, agosto/1988] (Taylor) - 5:03
  • 3 "Hang On In There" [b-side] - 3:47
  • 4 "Hijack My Heart" [b-side] (Taylor) - 4:13
  • 5 "Stealin’" [b-side] (Mercury/Taylor) - 4:00
  • 6 "Chinese Torture" [Instrumental] (May) - 1:45
  • 7 "The Invisible Man" [12” Version] (Taylor) - 5:30

Faixas que não estão no álbum, porém apareceram em versões posteriores

  • "Stealin’" (Mercury/Taylor) - lançada originalmente como b-side de "Breakthru".
  • "Hijack My Heart" (Taylor) - lançada originalmente como b-side de "The Invisible Man".
  • "My Life Has Been Saved" (Deacon) - lançada originalmente como b-side de "Scandal" (há uma outra versão diferente de "My Life Has Been Saved" no álbum do Queen Made in Heaven, lançado em 1995.

Versões estendidas[editar | editar código-fonte]

Versões estendidas geralmente são versões mais longas que as lançadas originalmente em álbuns oficiais. Geralmente apareciam em discos de vinil de 7 ou 12 polegadas, os chamados singles. Algumas canções do disco Hot Space, do Queen, de 1982, como Back Chat possuem versões estendidas. Normalmente eram lançadas no lado B dos singles. Do álbum The Miracle existem três versões estendidas, listadas abaixo.

  • "The Invisible Man" (Taylor) - 5:28
  • "Breakthru" (Mercury - intro/Taylor) - 5:44
  • "Scandal" (May) - 6:34

Faixas-demo[editar | editar código-fonte]

Demo tape é uma gravação musical demonstrativa amadora, feita em estúdio ou não e sem vínculo com gravadoras, para estudos musicais, ou primeiras propostas do que futuramente pode vir a ser um álbum de música. Abaixo estão algumas versões demo conhecidas de The Miracle, gravadas na época de gravação do disco. Parte delas, foi lançado oficialmente.

  • "Party" (Demo - gravado em novembro de 1988)
  • "Khashoggi's Ship" (Demo - gravado em novembro de 1988 e apresenta a letra modificada)
  • "The Miracle" (Demo)
  • "I Want It All + Chinese Torture" (Instrumental Demo)
  • "The Invisible Man" (Demo - primeiro take, com a letra alterada)
  • "Scandal" (Demo - primeiro take)
  • "My Baby Loves Me" (Demo)
  • "Stealin'" (Demo) (com 11 minutos de practicamente improvisos)
  • "A Fiddly Jam" (Demo - é uma jam session com os 4 integrantes. Incluiu parte de Hang On In There)
  • "I Guess We're Falling Out" (Demo - início parecido com My Baby Does Me)
  • "A New Life Is Born" (Demo - é originalmente uma canção. Esta versão é diferente da introdução original de Breakthru)
  • "Too Much Love Will Kill You" (Demo - foi gravada em 1988 e iria entrar no álbum The Miracle, mas por alguma razão ficou de fora)
  • "Dog With A Bone" (não chega a ser uma demo. Há uma versão de estúdio e outra com uma mensagem para a convenção de fãs do ano de 1988)
  • "The Invisible Man Message Fan Club" (também não é demo e foi gravada para a convenção de fãs de 1989)
  • "The Invisible Man (Versão inicial com guia vocal, Agosto/1988 - lançada oficialmente em 2011)"

OBS: Em 2007, o arquivista Greg Brooks mencionou que a faixa inacabada "Face It Alone", foi gravada nas sessões de The Miracle e não nas sessões do álbum Innuendo (1991), como se pensava.

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 1989 "I Want It All" (com Hang On In There no lado B)
  • 1989 "Breakthru" (com Stealin' no lado B)
  • 1989 "The Invisible Man" (com Hijack My Heart no lado B)
  • 1989 "Scandal" (com My Life Has Been Saved no lado B)
  • 1989 "The Miracle" (com Stone Cold Crazy [live] no lado B)

Vídeos[editar | editar código-fonte]

  • I Want It All

Diretor: David Mallet
Filmagem: Elstree Studios, 22 de abril de 1989

  • Breakthru

Diretores: Rudi Dolezal/Hannes Rossacher
Filmagem: Nene Valley` Railway, Cambridgeshire, junho de 1989

  • The Invisible Man

Diretores: Rudi Dolezal/Hannes Rossacher
Filmagem: Pinewood Studios, 26 de julho de 1989

  • Scandal

Diretores: Rudi Dolezal/Hannes Rossacher
Filmagem: Pinewood Studios, 27 de setembro de 1989

  • The Miracle

Diretores: Rudi Dolezal/Hannes Rossacher
Filmagem: Elstree Studios, 23 de novembro de 1989

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Queen é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.