The Murder on the Links

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Murder on the Links
Poirot, o Golfe e o Crime (PT)
Assassinato no Campo de Golfe (BR)
Autor (es) Agatha Christie
Idioma inglês
País Estados Unidos
Género romance policial
Editora Dodd, Mead & Co.
Lançamento 1923
Páginas 298 (1º edição, capa dura)
Edição portuguesa
Tradução Fernanda Pinto Rodrigues
Editora Livros do Brasil
Lançamento 1977
Páginas 399
Edição brasileira
Tradução Sergio Souza
Editora Círculo do Livro
Cronologia
Último
Último
The Secret Adversary
Poirot Investigates
Próximo
Próximo

The Murder on the Links (Assassinato no Campo de Golfe, no Brasil[1] / Poirot, o Golfe e o Crime ou Crime no Campo de Golfe[2] , em Portugal) é um romance policial de Agatha Christie, publicado em 1923, protagonizado pelo detetive Hercule Poirot.

A história é narrada pelo capitão Hastings, o qual participa de um enredo secundário em que conhece a sua futura esposa, Dulcie Duveen.

Resumo[editar | editar código-fonte]

Poirot recebe uma carta da França, com um pedido de ajuda: o Sr. Renauld teme que sua vida esteja em perigo, e sem deixar claro os detalhes da situação, pede a Poirot para se encontrarem, para que este investigue a questão. Poirot e Arthur Hastings partem imediatamente para Merlinville-sur-mer, no litoral francês.

Porém, Poirot chega tarde demais. O Sr. Renauld havia sido assassinado na noite anterior e teve seu corpo encontrado por alguns homens que estavam trabalhando no campo de golfe vizinho. Mesmo não podendo mais falar com o seu cliente, Poirot decide investigar junto com a polícia francesa, que também tinha pedido ajuda a outro detetive, Giraud, que tinha métodos muito parecidos com o do detetive Sherlock Holmes (personagem criado pelo escritor Conan Doyle). Giraud era muito convencido e achava que os métodos de Poirot não iriam ajudar na resolução do crime. Poirot também não concorda com os métodos de seu rival, ele acha que um verdadeiro investigador não deve perder tempo à procura de pegadas ou pontas de cigarro, mas deve usar as "células cinzentas" para compreender a dinâmica dos fatos.

Poirot percebe que este crime é idêntico a um outro que acontecera anos antes e, para ele, um criminoso não muda os seus métodos. Mas a história complica-se quando a arma do crime desaparece. E, como se isso não bastasse, outro cadáver, de um homem desconhecido, é descoberto.

A polícia francesa desconfia do filho do Sr. Renauld (Jack Renauld) e todos os indícios apontam na sua direção, mas Poirot quer esclarecer todos os pontos obscuros da história, incluindo o papel desempenhado por cada um dos envolvidos: a vizinha, Sra. Daubreuil; a sua filha, Marthe Daubreuil, linda moça que chamou muito a atenção de Hastings; Bella Duveen, uma outra moça que tinha sido namorada do jovem Renauld; e a própria esposa do Sr. Renauld.

Poirot se vê frente a perguntas que precisam ser respondidas com urgência e descobrir a relação que havia entre dois assassinatos cometidos com intervalo de mais de 20 anos.

Referências

  1. Traça
  2. Na edição de 1977, publicada pela Livros do Brasil, o livro intitula-se Poirot, o Golfe e o Crime. Já em 2004, publicado pela Edições Asa, o livro chama-se Crime no campo de golfe


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.