The Nutcracker in 3D

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Nutcracker in 3D
O Quebra Nozes em 3D (BR)
 Reino Unido
 Hungria

2010 • cor • 108 min 
Direção Andrei Konchalovsky
Roteiro Andrei Konchalovsky
Elenco Charlie Rowe
Elle Fanning
Shirley Henderson
John Turturro
Género Fantasia
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Nutcracker in 3D (no Brasil: O Quebra Nozes em 3D) é um filme de fantasia britânico e húngaro de 2010, escrito e dirigido por Andrei Konchalovsky.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Mary (Elle Fanning) ganha de presente de Natal um boneco quebra-nozes. Durante a noite, algo extraordinário acontece: o brinquedo ganha vida e se transforma em um jovem príncipe (Charlie Rowe), os dois então acabam embarcando em uma aventura para ajudar ele a recuperar seu reino que foi roubado por um Rato (John Turturro).

Produção[editar | editar código-fonte]

Andrei Konchalovsky revelou que esse é o filme dos seus sonhos e que ele sempre sonhou em fazer um filme de fantasia baseado no musical de balé O Quebra Nozes. Quando o filme ainda estava em produção foi revelado que o filme não teria nenhuma semelhança com o balé, apenas a estória do filme seria a mesma, segundo Andrei Konchalovsky não é possível combinar o balé em um filme de fantasia. O filme teve sua estreia no dia 24 de novembro nos Estados Unidos mas devido as criticas extremamente negativas foi lançado apenas em 42 salas de cinema e em apenas alguns países, no caso do Brasil não há previsão de estréia.

Crítica e bilheteria[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu criticas negativas no mundo inteiro, no site Rotten Tomatoes recebeu uma nota de 0% com o seguinte consenso de "equivocado, errado, e mal feito em todos os sentidos, O Quebra-Nozes em 3D é uma demonstração de cinematografia mal feita", no Metacritic atingiu uma nota de 18 pontos entre 100 críticos considerando uma vergonha para o cinema, o filme chegou ate a ter uma indicação a Framboesa de Ouro de Pior Uso do 3D, e para piorar o estúdio de produção resolveu lançar o filme em apenas alguns países o que resultou em uma bilheteria muito baixa, apenas 14 milhões de dólaresno mundo inteiro para um orçamento de 90 milhões de dólares. Apesar de tudo, a atuação de Elle Fanning foi muito elogiada.


Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.