The Outlaw

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Outlaw
A Terra dos Homens Perdidos (PT)
O Proscrito (BR)
Jack Buetel e Jane Russell em foto de divulgação do filme
 Estados Unidos
1943 • p&b • 116 min 
Direção Howard Hughes
Produção Howard Hughes
Elenco Jane Russell
Jack Buetel
Thomas Mitchell
Walter Huston
Gênero faroeste
Idioma inglês
Distribuição RKO Radio Pictures
Página no IMDb (em inglês)

The Outlaw (O Proscrito (título no Brasil) ou A Terra dos Homens Perdidos (título em Portugal)) é um filme estadunidense de 1943, do gênero faroeste, dirigido por Howard Hughes e estrelado por Jane Russell e Jack Buetel.

A produção[editar | editar código-fonte]

Jane Russell em cena do filme.

The Outlaw é um dos filmes mais controvertidos da história de Hollywood[1] e um dos faroestes mais famosos e infames, na mesma linha de Duel in the Sun.[2]

Filmado em 1941, sua distribuição seguiu um caminho tortuoso: ficou engavetado por dois anos até que Hughes conseguisse o aval do Código de Censura, que se recusava a liberá-lo pelo seu propalado erotismo. Por fim, Hughes pôde exibi-lo uma vez em 1943, em São Francisco. A United Artists distribuiu-o de forma limitada e com cortes em 1946. Hughes, que comprara a RKO Radio Pictures em 1948, vendeu o filme ao estúdio, e este finalmente disponibilizou-o para um público maior, ao relançá-lo em 1950.[1]

Todo a celeuma concentra-se em Jane Russell. Descoberta por Hughes, Jane teve talvez a maior campanha promocional já feita em torno de uma estreia na história do cinema.[3] Uma das peças publicitárias perguntava "quais os dois motivos para Jane Russell tornar-se uma estrela?", uma alusão aos grandes seios da atriz, que Hughes tornou ainda maiores ao mandar confeccionar sutiãs artificiais.[2] Além disso, Hughes filmou-a em cenas de alta voltagem erótica para a época, como aquela em a atriz deita-se nua ao lado do herói febril para esquentá-lo.

Jack Buetel, o Billy the Kid.
Thomas Mitchell, Jack Buetel e Walter Huston em cena do filme.

Tudo isto foi suprimido quando de seu relançamento em 1950, e o resultado foi uma película mais bizarra que sensual.[1] Apesar dos excessos, o que sobressai é o relacionamento entre Billy the Kid e Doc Holliday. A certa altura, inclusive, o roteiro mostra a pouca importância de Rio, o personagem de Jane, a despeito de seu busto: é quando os dois amigos discutem qual deveria ser o prêmio de um jogo de cartas, se um cavalo ou Rio -- e decidem-se pelo cavalo.[2]

Segundo Ken Wlaschin, o filme é somente uma boa versão da história do pistoleiro, mas ainda assim é um dos dez melhores trabalhos da carreira de Jane Russell.[3]

Apesar de todos seus defeitos, The Outlaw beneficia-se de uma belíssima fotografia em preto e branco, de Gregg Toland e Lucien Ballard e da generosa trilha sonora composta por Victor Young.[1] Todavia, tanto este quanto Ballard não foram creditados.

Outro que não recebeu créditos foi Howard Hawks, o primeiro diretor do filme. Assim como King Vidor desistiu de Duel in the Sun por incompatibilidades com o produtor David O. Selznick, Hawks também desistiu de The Outlaw pois não suportou as interferências de Hughes. Se tivesse ido até o fim, este seria outro de seus memoráveis filmes de amizade masculina,[2] como Rio Bravo e Hatari.

Além de Jane Russell, Jack Buetel (creditado como Jack Beutel) também fazia sua estreia nas telas. Porém, enquanto Jane conseguiu livrar-se do personagem partindo para comédias e tornando-se uma grande estrela na década seguinte,[3] Buetel não teve a mesma sorte: depois de outros quatro faroestes sem expressão, participou de algumas séries de TV e, finalmente, abandonou a carreira em 1961.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Os amigos Billy the Kid e Doc Holliday fogem para o rancho deste último quando Pat Garrett passa a persegui-los. No rancho vive Rio, a lasciva mexicana namorada de Doc. Billy e Rio sentem-se atraídos um pelo outro e casam-se em segredo. Entretanto, logo ambos e mais Doc estão brigando entre si no meio do deserto, com Garrett em seus calcanhares.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Jack Buetel Billy the Kid
Jane Russell Rio McDonald
Walter Huston Doc Holliday
Thomas Mitchell Pat Garrett
Mimi Aguglia Guadalupe
Joe Sawyer Charley Woodruff
Gene Rizzi Pistoleiro

Referências

  1. a b c d JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon, The RKO Story, terceira impressão, Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)
  2. a b c d HARDY, Phil, The Encyclopedia of Western Movies, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)
  3. a b c WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 (em inglês)

Referências bibliográficas[editar | editar código-fonte]

  • HARDY, Phil, The Encyclopedia of Western Movies, Londres: Octopus Books, 1985 (em inglês)
  • JEWELL, Richard B. e HARBIN, Vernon, The RKO Story, terceira impressão, Londres: Octopus Books, 1984 (em inglês)
  • SILVA, Divino Rodrigues da, A História e os Filmes da RKO na Década de 50 - Final, in MATINÊ 03, Ribeirão Preto, São Paulo: Divino Rodrigues da Silva, 1992, trimestral
  • WLASCHIN, Ken, The World's Great Movie Stars and Their Films, Londres: Peerage Books, 1985 {{en}

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]