O Fantasma da Ópera (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Phantom of the Opera
O Fantasma da Ópera (PT/BR)
Pôster oficial do filme.
 Estados Unidos Reino Unido
2004 • p&b / cor • 143 min 
Direção Joel Schumacher
Produção Andrew Lloyd Webber
Roteiro Andrew Lloyd Webber
Joel Schumacher
Baseado em O Fantasma da Ópera de Andrew Lloyd Webber
Elenco Gerard Butler
Emmy Rossum
Patrick Wilson
Miranda Richardson
Minnie Driver
Gênero Drama / Musical / Romance
Idioma Inglês / Francês / Italiano / Espanhol
Música Andrew Lloyd Webber
Cinematografia John Mathieson
Edição Terry Rawlings
Estúdio Really Useful Films
Joel Schumacher Productions
Odyssey Entertainment
Scion Films
Distribuição Warner Bros. Pictures
Lançamento 10 de dezembro de 2004 (Reino Unido)
21 de janeiro de 2005 (Estados Unidos)
Orçamento US$ 70 milhões[1]
Receita US$ 154.648.887[1]
Página no IMDb (em inglês)

The Phantom of the Opera (br / pt: O Fantasma da Ópera), é um filme estadunidense e britânico de 2004, do gênero drama musical, dirigido por Joel Schumacher, e com roteiro de Andrew Lloyd Webber e Joel Schumacher, baseado em [[O Fantasma da Ópera |novela homônima]] de Gaston Leroux.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Num leilão realizado no Teatro da Ópera de Paris, Raoul, o Visconde de Chagny, oferece uma soma por uma estranha caixa de música. Nos transportamos então para a juventude de Raoul... Nos ensaios de uma nova obra, Hannibal, Lefèvre, gerente do teatro, decide apresentar os novos gerentes do teatro, já que vai se aposentar, sendo estes, Andre e Firmin. Carlotta, a soprano, resolve não cantar na peça após quase ser morta por uma queda da tela. Os novos gerentes ficam sabendo que já ocorreram vários incidentes no local, os quais todos acreditam ser obra do Fantasma. Madame Giry indica Christine Daaé para cantar substituindo Carlotta, o que de fato acontece. Raoul, patrocinador do Teatro, manifesta entusiasmo pela nova estrela, e vai em seu camarim visitá-la. Enquanto Christine está sozinha, aparece uma figura atrás do espelho: o Fantasma. Este leva Christine para a escuridão além do espelho e a conduz através de um labirinto secreto. Christine dorme nos aposentos do Fantasma, mas no dia seguinte pede para voltar.

Todos recebem cartas do Fantasma, que exige que Carlotta seja substituída por Christine no papel principal da reestréia da ópera II Muto, mas os gerentes asseguram Carlotta de que ela terá o seu lugar mantido. Irritado, o Fantasma faz com que Carlotta emita o coaxar de um sapo, e Andre a substitui por Christine. A presença do Fantasma segue manifestando-se- quando o corpo de Buquet, o operador dos panos de fundo, cai da tela do teatro com uma corda atada ao pescoço. Christine refugia-se- com Raoul no terraço, mas despertam a fúria do Fantasma quando este os vê juntos.

Num baile de máscaras todos celebram o Ano Novo e o desaparecimento do Fantasma. Raoul e Christine ficam noivos em segredo. Em plena celebração, uma estranha figura desce pela escada. O Fantasma voltou. Ele lança a partitura de sua nova obra, Don Juan Triunfante, a Andre e ordena que ele a monte. Os cantores têm dificuldade para aprender a partitura dissonante. Christine visita o túmulo de seu pai. Ela sabe que se puder libertar-se de sua memória não ficará mais dominada pelo Fantasma, que aparece no cemitério e mostra a ela que ela precisa dele também, até que Raoul chega. O Fantasma, enfurecido, declara guerra a ambos.

Na cena final da ópera, Christine se dá conta de que o Fantasma está no lugar de Piangi, tenor principal da companhia que foi assassinado, no papel de Don Juan. Mesmo cercado pela polícia, o Fantasma consegue escapar levando Christine consigo. Madame Giry aceita levar Raoul até o Fantasma. Raoul escapa de uma armadilha que quase o mata afogado. No abrigo subterrâneo, Christine o enfrenta, dizendo que sua verdadeira deformação está em sua alma, não em seu rosto. Raoul chega e o Fantasma o prende. Ele ameaça Christine dizendo que se ela não ficar com ele para sempre, só verá Raoul morto. A multidão se aproxima cada vez mais. O Fantasma declara que é apaixonado por Christine e vendo que com ele, ela jamais seria completamente feliz, a manda embora com Raoul. Christine solta Raoul e volta ao quarto do Fantasma e a ele entrega uma aliança. A multidão desce até o esconderijo mas tudo que resta do Fantasma é a sua máscara branca. Talvez em vida o Fantasma não tenha ficado com Christine. Mas quem garante como foi após a morte?

A música de Lloyd Weber Learn to be lonely não foi encaixada na ópera. Na montagem de 2004 do filme, porém, a música foi posta nos créditos, indicado inclusive para o Oscar 2005 por Melhor Canção Original.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Todas as canções presentes no filme são composições de Andrew Lloyd Webber, Charles Hart e Richard Stilgoe, à exceção da música The phantom of the opera que teve a colaboração de Mike Batt. A versão ouvida no filme é cantada pelos atores do elenco. A única atriz que não canta as canções é Minnie Driver, a Carlota. Sempre que sua personagem canta, a voz que se ouve é da professora de canto Margaret Preece, porém Minnie Driver canta a última música do filme, Learn to be lonely, a música dos créditos finais[2] .

    1. Auction at the Opera Populaire, 1919 (Prologue)
    2. Hannibal
    3. Think of Me
    4. Angel of Music
    5. Little Lotte
    6. The Mirror (Angel of Music-Reprise)
    7. The Phantom of the Opera
    8. The Music of the Night
    9. Magical Lasso
    10. Notes
    11. Prima Donna
    12. Poor Fool, He Makes Me Laugh
    13. Il Muto
    14. Why Have You Brought Me Here?
    15. Raoul I've Been There
    16. All I Ask of You
    17. All I Ask of You (Reprise)
    18. Masquerade
    19. Why So Silent
    20. Ultimatums
    21. Journey To the Cemetery
    22. Wishing You Were Somehow Here Again
    23. Wandering Child
    24. We Have All Been Blind
    25. Twisted Every Way
    26. Don Juan
    27. The Point of No Return
    28. Down Once More
    29. Track Down This Murderer
    30. Learn To Be Lonely

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar 2005 (EUA)

  • Indicado nas categorias de Melhor Direção de Arte, Melhor Fotografia e Melhor Canção Original (Learn To Be Lonely)

Academia Japonesa de Cinema 2006 (Japão)

  • Indicado na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

Globo de Ouro 2005 (EUA)

  • Indicado nas categorias de Melhor Filme - Musical ou Comédia, Melhor Canção Original - Cinema ('Learn To Be Lonely) e Melhor Atuação de Atriz de Cinema - Musical ou Comédia

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Sarah Brightman iria gravar a versão do musical para o cinema, porém seu divorcio com Andrew Lloyd Webber complicaram o inicio das gravações e deixaram o projeto para outra oportunidade.
  • É o filme independente mais caro já realizado.[3]
  • John Travolta e Antonio Banderas foram testados para o papel do Fantasma.
  • Keira Knightley fez teste para o papel de Christine Daaé, e Charlotte Church e Anne Hathaway foram testadas para o papel de Christine Daaé.
  • Katie Holmes quase foi contratada para o papel de Christine, mas o diretor disse que ela estava um pouco mais velha para fazer a personagem.
  • Levava quatro horas para que Gerard Butler finalizasse sua maquiagem e a colocação da prótese.
  • O Fantasma fala apenas 14 de suas linhas e canta o restante.
  • O roteiro foi escrito no sul da França em 1989 por Joel Schumacher e Andrew Lloyd Webber.
  • Na capa do filme, o fantasma aparece com a mascara no lado esquerdo do rosto, enquanto no filme a mascara é no lado direito

Referências

  1. a b The Phantom of the Opera (2004) (em inglês) Box Office Mojo. Visitado em 10 de julho de 2013.
  2. Soundtracks for The Phantom of the Opera IMDb. Acessado em 11 de agosto de 2009
  3. IMDb - trivia

Ligações externas[editar | editar código-fonte]