The Plimsouls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Plimsouls
Informação geral
Origem Los Angeles, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Power pop, pop rock, new wave
Período em atividade 1978 - 1983
1995 - 1998
Gravadora(s) Beat Records, Planet Records, Geffen Records, Shaky City Records, Oglio Records, Rhino Records, Alive Records
Integrantes Peter Case
Dave Pahoa
Eddie Muñoz
Louie Ramírez
Clem Burke

The Plimsouls foi uma banda de power pop e pop rock da época da new wave norte-americana. De acordo com texto no Allmusic, por Denise Sullivan, "formada em Los Angeles, em 1978", tinham "uma tomada moderna dos anos 60, assemelhados à Invasão Britânica e ao rock de garagem", e "se encaixavam perfeitamente com o movimento pós-punk de bandas de guitarra"[1] . Sua música "A Million Miles Away" atingiu as posições #11 da Mainstream Rock (1982) e #82 da Billboard Hot 100 (1983)[2] .

História[editar | editar código-fonte]

1978-1981: Início, EP Zero Hour, The Plimsouls[editar | editar código-fonte]

De acordo com Denise Sullivan (biografia no Allmusic), Peter Case chegou ao The Plimsouls com experiência, tendo, anteriormente, colaborado com Jack Lee e Paul Collins no The Nerves; um precursor do punk DIY de 1976, com uma música, "Hanging On The Telephone", mais tarde regravada pelo Blondie[1] .

Morando em Los Angeles, Case (vocal / guitarra) passou a tocar com Louie Ramírez (bateria) e Dave Pahoa (baixo / vocal). Eddie Muñoz (da banda The Skunks) se juntou a eles na guitarra e vocal. Gravam e lançam um EP 12", Zero Hour (produzido por Danny Holloway), em 1980; contendo as músicas "Great Big World", "Zero Hour", "Hypnotized", "How Long Will It Take?" e "I Can't Turn You Loose". Em 1981 sai o álbum de estreia em LP, The Plimsouls (também produzido por Danny Holloway), que atinge a posição #153 da Billboard 200[2] e continha os hinos, agora clássicos do power pop, "Zero Hour" e "Hush, Hush"[1] . De acordo com o Allmusic, The Plimsouls seria relançado em CD sob o título de The Plimsouls...Plus, contendo também o EP Zero Hour e um punhado de b-sides[3] , no ano de 1992[4] .

1982-1983: Single "A Million Miles Away", filme Valley Girl, Everywhere At Once, fim[editar | editar código-fonte]

Em 1982, financiam, por sua conta, um single de "A Million Miles Away". A música, de guitarras estridentes, foi transmitida pela influente estação KROQ de rádio FM e, graças ao DJ Rodney Bingenheimer[1] , se tornou um sucesso local e acabou integrando a trilha sonora do filme Valley Girl, de 1983 (segundo a página 80s Record Party)[5] . Um segundo álbum da banda, Everywhere At Once (produzido por Jeff Eyrich), é lançado em LP pela Geffen Records, atingindo a posição #186 da Billboard 200[2] . Porém a banda se separa. Em 1992, Everywhere At Once seria lançado em CD e, em 1994, a Rhino Records lança a trilha sonora Valley Girl em CD[6] , alcançando a posição #155 na lista da Billboard 200 (citação no 80s Record Party)[5] .

1989: One Night In America[editar | editar código-fonte]

Em 1989 a gravadora Fan Club, da França, lança o disco ao vivo One Night In America; que seria relançado em 2005 pela Oglio Records (EUA) com o título One Night In America - Live![7] .

1995-1998: Reunião sem Ramírez, Kool Trash[editar | editar código-fonte]

Denise Sullivan comenta que entre 1995 e 1996, a banda, sem Louie Ramírez, se reformula e toca em algumas datas para marcar o seu reencontro, com o baterista Clem Burke (Blondie) em sua formação; lançando um novo álbum de estúdio nos Estados Unidos, Kool Trash, em 1998[1] , pelas gravadoras Fuel 2000 e Shaky City Records (um selo pertencente à banda)[8] . Em 1997, uma música, "Playing With Jack", fez parte do quarto volume das compilações Yellow Pills, lançadas pela Big Deal Records; e "A Million Miles Away" é incluída na coletânea da Rhino, Poptopia! Power Pop Classics of The '80s.

2010-2012: Alive Records, Live! Beg, Borrow & Steal, Beach Town Confidential[editar | editar código-fonte]

Em 2010 a gravadora Alive Records lança o disco Live! Beg, Borrow & Steal e, em 2012, sai outro ao vivo, Beach Town Confidential (Live At The Golden Bear 1983)[9] . Ambas as edições saem em vinil e CD. Sobre Live! Beg, Borrow & Steal, Michael Toland diz, na página da Alive Records, que fora "gravado no Whiskey a Go Go, num Halloween, em 1981"[10] .

Discografia[editar | editar código-fonte]

EP[editar | editar código-fonte]

  • Zero Hour (1980) - EP 12": Beat Records

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • The Plimsouls (1981) - LP: Planet Records / The Plimsouls...Plus (1992) - CD: Rhino Records (álbum The Plimsouls, contendo o EP Zero Hour)
  • Everywhere At Once (1983) - LP: Geffen Records / (1992) - CD: Geffen Records
  • Kool Trash (1997) - CD: Musidisc, França / (1998) - CD: Fuel 2000, EUA / (1998) - CD: Shaky City Records, EUA (lançamento independente)

Ao vivo[editar | editar código-fonte]

  • One Night In America (1989) - LP e CD: Fan Club, França / One Night In America - Live! (2005) - CD: Oglio Records, EUA
  • Live! Beg, Borrow & Steal (2010) - LP e CD: Alive Records
  • Beach Town Confidential (2012) - LP rosa e CD: Alive Records

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 12", A: "Now" / B: "When You Find Out" (1981) - Planet Records
  • 12", A: "A Million Miles Away" / B: "I'll Get Lucky" (1982) - Shaky City Records (lançamento independente)
  • 7", A: "A Million Miles Away" / B: "I'll Get Lucky" (1982) - Shaky City Records (lançamento independente, distribuição Bomp! Records)
  • 7", A: "A Million Miles Away" / B: "I'll Get Lucky" (1983) - Geffen Records
  • 7", A: "Playing With Jack" / B: "Lost" (1997) - Bam Balam Records, Espanha (com músicas ao vivo da turnê espanhola, 1997)
  • 7", A: "A Million Miles Away" / B: "I'll Get Lucky" (2000) - Munster Records, Espanha

Músicas em coletâneas (EUA)[editar | editar código-fonte]

  • DIY: Shake It Up! - American Power Pop II (1978-80) (1993) - Rhino Records - CD: contendo a música "Zero Hour"
  • Valley Girl, Soundtrack (1994) - Rhino Records - CD: contendo as músicas "A Million Miles Away", "Everywhere At Once" e "Oldest Story In The World"
  • The Roots of Powerpop (1996) - Bomp! Records - CD: contendo a música "I'll Get Lucky"
  • Poptopia! Power Pop Classics of The '80s (1997) - Rhino Records - CD: contendo a música "A Million Miles Away"
  • Yellow Pills - Volume 4 (1997) - Big Deal Records - CD: contendo a música "Playing With Jack"

Referências

  1. a b c d e Sullivan, Denise. Artist biography by Denise Sullivan (em inglês) 1 pp. Allmusic. Página visitada em 28 de outubro de 2013.
  2. a b c The Plimsouls, Billboard albums & Billboard singles chart (em inglês) 1 pp. Allmusic. Página visitada em 28 de outubro de 2013.
  3. The Plimsouls...Plus review (em inglês) 1 pp. Allmusic. Página visitada em 28 de outubro de 2013.
  4. The Plimsouls - The Plimsouls...Plus (em inglês) 1 pp. Discogs. Página visitada em 28 de outubro de 2013.
  5. a b Valley Girl (em inglês) 1 pp. 80s Record Party (15 de fevereiro de 2011). Página visitada em 28 de outubro de 2013.
  6. Valley Girl soundtrack (em inglês) 1 pp. Discogs. Página visitada em 28 de outubro de 2013.
  7. The Plimsouls - One Night In America (em inglês) 1 pp. Discogs. Página visitada em 28 de outubro de 2013.
  8. Shaky City Records (em inglês) 1 pp. Discogs. Página visitada em 28 de outubro de 2013.
  9. The Plimsouls - Beach Town Confidential (Live At The Golden Bear 1983) (em inglês) 1 pp. Discogs. Página visitada em 28 de outubro de 2013.
  10. Toland, Michael. The Plimsouls reviews (em inglês) 1 pp. Alive. Página visitada em 28 de outubro de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Crystal Clear app kguitar.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.