The Pretty Reckless

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Pretty Reckless
Performance da banda na Warped Tour Kickoff, 2010
Informação geral
Origem Nova Iorque, Nova Iorque
País  Estados Unidos
Gênero(s) Hard Rock[1]
Metal Alternativo[2]
Rock Alternativo
Post-grunge
Período em atividade 2009 – presente
Gravadora(s) Interscope (2009-2013)
Razor & Tie (2013-presente)[3]
Influenciado(s) The Beatles, Led Zeppelin, The Who, Pink Floyd, AC/DC, Nirvana, Soundgarden e Oasis
Página oficial theprettyreckless.com
Integrantes Taylor Momsen
Ben Phillips
Mark Damon
Jamie Perkins
Ex-integrantes John Secolo
Matt Chiarelli
Nick Carbone

The Pretty Reckless é uma banda americana de rock[4] formada em Nova Iorque no ano de 2009. Os atuais membros são Taylor Michel Momsen (vocais, guitarra), Ben Phillips (guitarra, backing vocal), Mark Damon (baixo) e Jamie Perkins (bateria).

Seu álbum de estreia, Light Me Up, foi lançado em agosto de 2010 no Reino Unido. Eles lançaram seu primeiro single em 13 de Maio de 2010. O álbum gerou três singles de sucesso moderado e seu mais notável, "Make Me Wanna Die", liderou em primeiro lugar no UK Rock Chart após o lançamento. A banda lançou seu segundo EP, intitulado Hit Me Like a Man no início de 2012, juntamente com dois novos vídeos de música de canções previamente ouvido em seu esforço de estréia. Estes lançamentos coincidiram com sua segunda turnê. Em 2014, a banda lançou seu segundo álbum de estúdio, Going to Hell, que foi precedido por singles, Going to Hell e Heaven Knows. O single Heaven Knows é o primeiro single da banda ao entra no topo de uma parada Billboard (Mainstream Rock), liderando as paradas de sucesso nos Estados Unidos e Reino Unido.[5]

A banda embarcou em uma turnê mundial em 2010, em apoio do seu álbum de estréia, Light Me Up Tour, que foi concluída em março de 2012. Quatro dias após o final de sua primeira turnê, que embarcou em sua segunda turnê, The Medicine Tour, onde apareceu como um ato de apoio para Marilyn Manson e Evanescence.

História[editar | editar código-fonte]

Formação[editar | editar código-fonte]

Durante dois anos 2007 e 2008, a cantora e guitarrista Taylor Momsen trabalhou com vários produtores antes de conhecer Kato Khandwala. Momsen disse que ela gostava Khandwala porque ele era um produtor de Rock, em oposição a um produtor Pop.[6] Khandwala introduziu Momsen para Ben Phillips e os três começaram a escrever músicas juntos.[7] Eles sentiram que tinha batido em cima de um som autêntico para ela.

Ben Phillips disse:

Cquote1.svg Os três de nós tem um gosto musical semelhante, por isso foi fácil de encontrar essa visão singular. Kato e eu trabalhamos muito duro para ajudar Taylor alcançar seu potencial, porque pudemos ver a quão talentosa ela é direita fora do bastão. Ela entrou na cabine de voz e começou a cantar e nós se viramos para o outro e disse, "Santo cagado, ela é muito foda". Sua voz foi surpreendente. Assim, muitos artistas nos dias de hoje deixar suas vozes sejam desconcertados por computadores. Taylor não faz isso. Ela não precisa. Ela pode entrar em uma sala e chutar o seu traseiro.[8] Cquote2.svg
Ben Phillips falando sobre o potencial da Taylor Momsen.

Três músicos anônimos foram contratados para formar a banda com Momsen.[9] A banda foi originalmente chamada The Reckless, mas teve que mudar o nome devido a problemas de marca registrada.[10] A banda tocou seu primeiro concerto em 5 de maio de 2009, no The Annex em Nova Iorque.[11] [12] Depois de sete concertos a formação da banda foi mudado. A nova formação da banda consistia de Momsen com John Secolo (guitarrista) Matt Chiarelli (baixo) e Nick Carbone (bateria). O segundo line-up da banda também tocou seu primeiro concerto no The Annex em 3 de junho de 2009. Eles gravaram algumas demos no início de 2009 e eles abriram para o The Veronicas em sua turnê norte-americano.[13] Em 2010 Secolo, Chiarelli e Carbone deixou a banda.

No momento, Taylor Momsen é a vocalista e guitarrista, com Ben Phillips na guitarra, Mark Damon no baixo e Jamie Perkins na bateria, todos os quais tocava na banda Famous no início dos anos 2000.[14]

Momsen declarou em uma entrevista com à OK! Magazine que a banda assinou com a gravadora Interscope Records e iria lançar seu álbum de estréia em 2010.[15]

Durante período de 2009, após assinado com a gravadora Interscope vário demos do CD da banda saíram. A primeira demo "Zombie" saiu em Outubro também no mesmo mês outra demo vaza, "He Loves You" que foi publicado em seu Myspace.[16] Em maio a demo da canção "Blender" vaza, logo depois no final de dezembro vaza Make Me Wanna Die. Todas as canções foram confirmadas pela gravadora Interscope Records, e também por Taylor Momsen como oficial. Sem data de vazamento a música "Superhero" também foi disponível em versão de estúdio pelos campos da internet.

The Pretty Reckless EP[editar | editar código-fonte]

The Pretty Reckless é o EP de estreia da banda foi lançado em 22 de junho de 2010, pela Interscope. A revista Rolling Stone classificou o som como "genérico".[17] Ele contém quatro músicas, três das quais podem ser encontradas em seu álbum de estreia:. "Make Me Wanna Die", "My Medicine" e "Goin 'Down". O primeiro single "Make Me Wanna Die" foi lançado em 13 de maio de 2010 no Reino Unido. Um vídeo viral foi lançada para promover o single, a versão oficial do video foi lançado em 15 de setembro de 2010.

O álbum foi vendido apenas fisicamente nas lojas Hot Topic ou no Vans Warped Tour.

Light Me Up[editar | editar código-fonte]

Logo após assinar contrato com a gravadora Interscope, em maio de 2009, iniciaram a produção de seu primeiro álbum de estúdio, intitulado Light Me Up, que foi lançado em 30 de agosto de 2010.[18] O lançamento de Light Me Up nos EUA foi adiado, lançado em fevereiro de 2011.

"Make Me Wanna Die" é escolhido para ser destaque na trilha sonora do filme Kick-Ass, é lançada como single em 17 de Maio de 2010 a canção foi oferecido como um download gratuito por tempo limitado para os fãs em seu site Interscope e estar no tracklist de seu primeiro álbum. Ele ficou em primeiro lugar nas paradas de rock do Reino Unido. É o primeiro single de seu álbum de estréia. Em 9 de Abril de 2010, eles se apresentaram no "Vans Warped Tour 2010 Kick-Off Party" e no festival de música The Bamboozle em 1 de Maio de 2010. O vídeo de "Make Me Wanna Die" é controverso e prejudica a América puritana. Momsen atua fazendo strip-tease algumas senas foram censurados. Apesar na epoca de ter só dezesseis anos Taylor Momsen apresenta ser, sexy, rebelde e satânica e de pouco interesse do que as pessoas dizem sobre ela. Muitas vezes comparado a Courtney Love, é cada vez mais o novo ícone do rock.

Taylor Momsen se apresentando no Razz 2 em Julio de 2011 na Italia.

"Light Me Up" chamou o esforço de “cheio de riffs de hard rock genérico e letras góticas”, no entanto, também disseram que a voz de Momsen – que a descreveram como “parede gutural que soa mais velha do que seus dezesseis anos, era a coisa mais interessante sobre o álbum. O The Guardian também postou uma reação confusa, escrevendo que “The Pretty Reckless é exatamente o que seu nome diz – superficialmente sedutor, sugerindo brutalidade, em seus momentos mais calmos”.[19]

Taylor Momsen disse:

Cquote1.svg "É mais pesado do que as pessoas esperam de mim, é Rock and Roll, é sexo, é drogas, é religião, é política. Cada música conta uma historia sobre tentativas, atribulações e conflitos emocionais que vivi ou observei." Cquote2.svg
Taylor Momsen fando sobre o álbum Light Me Up.[20]

"Miss Nothing" foi segundo sigle lançado em 9 de agosto de 2010 ele foi exibido exclusivamente na estação de rádio Britânica, BBC Radio 1, em 22 de julho de 2010. A banda apresentou-o como seu próximo single no Reino Unido depois de um show na Warped Tour. Um vídeo que foi lançado em 20 de julho no Vevo um tanto controverso. O clip mostra Taylor Momsen encarnar Maria Madalena na interpretação da Última Ceia de Jesus e seus 12 apóstolos. Na cinta-liga rastejando sobre a mesa e fazendo poses lascivas. O clipe é polêmico foi censurado em alguns países (anedota: as letras não estão incluídas no encarte do CD ao contrário dos outros). Neste clipe, você também pode ver os novos e antigos membros da banda.

O terceiro sigle "Just Tonight" foi lançado em novembro de 2010. O primeiro single lançado nos Estados Unidos foi oficialmente apenas "Just Tonigh", que foi o terceiro single lançado na Austrália e Reino Unido, entre outros países. O clipe é Mais sóbrio, é nénamoins mais escura e inspirada no universo gótico. O clipe é postado no Vevo em 2 de novembro de 2010 responsáveis pelo sucesso do grupo dentro e fora dos Estados Unidos.

The Pretty Reckless apoiaram suas performances no Evanescence Tour foi à terceira turnê mundial de banda de rock americana Evanescence. A vocalista Taylor Momsen afirmou que ela era uma "grande fã do Evanescence, por isso é realmente emocionante estar abrindo para eles." A banda abriu para o Evanescence no histórico Hollywood Palladium, em Los Angeles. Momsen disse à MTV sobre Amy Lee: "Ela tem uma grande voz, ela é realmente doce", Lee disse com um sorriso, rindo, que sendo um dos primeiros shows de Momsen faz ela se sentir "velho, mas muito, muito lisonjeado". O grupo abriu o show do Guns N' Roses durante a turnê nos Estados Unidos no final de 2011.

16 de fevereiro de 2012, eles lançaram mais um vídeo para a canção "You", contido em um quadro mais simples e leve. 9 de março de 2012 lançou o vídeo para "My Medicine", onde Jenna Haze, atriz de filmes adultos participou nas cenas com Momsen em uma festa de controle como ela canta sobre estar sob a influência de álcool e drogas.

Mais tarde em 2012, Momsen apareceu em um vídeo completamente nu. No vídeo, intitulado "The Words - Under The Water", Taylor apareceu em um filme preto-e-branco, enquanto cita as letras como recitar um poema. No momento em que o vídeo termina, Taylor aparece sem suas roupas e suas partes íntimas censuradas.[21]

Este álbum foi totalmente co-escrita por Taylor Momsen e Ben Phillips. Por exemplo, "Make Me Wanna Die" foi escrito durante a turnê com o The Veronicas. De acordo com Taylor Momsen, as suas palavras são interpretadas em nosso próprio caminho. Todo mundo pode ver o que eles querem, mas precisam procurar pistas sobre a vida pessoal da garota, tudo é muito metafórico e ninguém conseguia entender. Em entrevista à MTV Momsen relatou que a maioria das produções da banda são influênciadas por grupo como The Beatles, Oasis, Led Zeppelin e Nirvana[22] e suas influências pessoais incluem Kurt Cobain e Joan Jett.[23]

Hit Me Like a Man EP[editar | editar código-fonte]

Seu segundo EP Hit Me Like a Man foi lançado em 6 de março de 2012. Ele apresenta três novas músicas, assim como versões ao vivo de duas músicas de seu álbum de estréia de 2010. Em 06 de outubro de 2012 "Frankenweenie Unleashed!" uma trilha sonora para o filme de Frankenweenie de 2012 foi liberado, a versão de Target que incluiu uma nova música do The Pretty Reckless chamado de "Only You". No dia 12 de outubro, um vídeo foi divulgado no qual Momsen fala a letra de "Under the Water". Em 9 de janeiro de 2013, Amp Rocha TV divulgou um vídeo de Taylor Momsen e Ben Phillips realizando uma versão acústica de "Cold Blooded".

Going to Hell (atualmente)[editar | editar código-fonte]

Em Maio de 2012 Taylor Momsen anuncia que entrará em estúdio para gravar o segundo álbum.[24] Em outubro de 2012, o estúdio da banda localizado em Nova Jersey foi destruído pelo Furacão Sandy, a banda teve que reiniciar o processo de gravação.[25] Kill Me foi lançado no dia 11 de dezembro de 2012, a canção não faz parte do àlbum Going to Hell. A canção foi apresentada no final do episódio da série Gossip Girl.

A banda disponibilizou um website goingtohell.xxx em 30 de maio de 2013 com o trailer de going to Hell, na epoca o site era atualizado toda "segundas-feiras", (Hell Monday)[26] o dia mais infernal da semana.[27] No dia seguinte, Momsen revela o nome do álbum.[28]

Momsen acrescentou:

Cquote1.svg "Este não é um novo capítulo na vida da banda, é um novo livro [...] A banda amadureceu e nosso som evoluiu dramaticamente. O disco demorou quase um ano para fazer. É gratificante saber que é quase completo. Estou muito animada para começar uma nova música para os nossos fãs muito em breve". Cquote2.svg
Taylor Momsen falando que estar animada com o álbum Going to Hell.[29]

"Follow Me Down" é a primeira faixa lançado do álbum Going to Hell, foi lançado acompanhado com um lyric vídeo em 17 de junho de 2013,[30] [31] [32] a introdução da canção e interpretada por Jenna Haze.[33] A banda divulgou uma prévia de dois minutos da música "Burn" no dia 1 de julho de 2013, que também estará em Going to Hell.[34] [35] [36] [37] Momsen anuncia em seu twitter que está passando por problemas legais de obtenção de "Hell Monday" a funcionar novamente. A banda anunciou que eles assinarão contrato com a gravadora Razor & Tie.[38]

The Pretty Reckless inicia a sua terceira turnê Going to Hell Tour no dia 20 de setembro de 2013. A banda abriu shows do Fall Out Boy no inicio de 2014.

"Going to Hell" é o primeiro single oficial, ea faixa-título, do segundo álbum da banda estreou exclusivamente na REVOLVERMAG.com no dia 19 de setembro de 2013 e no Vevo, o single foi disponivil a compra no iTunes no dia 24 de setembro,[39] mais tarde foi lançado o videoclipe no dia 16 de outubro de 2013,[40] o clip traz vocalista Taylor Momsen em um ambiente dark simbolizando o inferno em ritmo pecaminoso e com rock and roll,[41] gravado em um velho armazém abandonado que fica situado no Brooklyn, o conceito do video é retirado dos sete pecados capitais,[42] a canção foi escrita depois da tragédia do Furacão Sandy, a vocalista afirma: o inferno é usado como uma metáfora na musica, "o inferno representa tudo à nossa volta que estar errado". Em 23 de outubro de 2013, AXS TV! divulgou um vídeo de Taylor Momsen e Ben Phillips realizando uma versão acústica da cação "Sweet Things" e do single "Going to Hell".

O single "Heaven Knows" estreou na SiriusXM’s Octane em 15 de novembro de 2013 mais tarde foi liberada para download digital no iTunes no dia 19 de novembro de 2013 nos Estados unidos,[43] . O lyric video da faixa foi divulgado em 16 de dezenbro de 2013 e é feita com imagens que os fãs da banda fizeram e compartilharam via Instagram.[44] O clip ofical do sigle foi lançado no Vevo em 13 de fevereiro de 2013, o vídeo da música mostra um espetáculo dark com um grupo de crianças e adolescentes rebeldes e Taylor Momsen fica completamente nua e usa uma faixa preta para mostrar a forma da cruz que cobre as suas partes íntimas.[45]

A Revista Revolver elegeu Taylor Momsen como a mulher mais quente do hard rock, ela saiu na edição dos meses fevereiro e março de 2014.[46] O álbum Going to Hell foi lançado em 18 de março de 2014.[47]

Em 17 de junho de 2014 a banda lança o video clip do single "Messed Up World" (F´d Up World).[48]

Turnês[editar | editar código-fonte]

Taylor Momsen na Warped Tour Kickoff

No dia 4 de Março de 2010 a banda fez um show no How I Produced The Record em Nova Iorque. No dia 25 de Janeiro de 2010 o site da Interscope Records confirmou a participação da banda no Bamboozle Music Festival junto com Paramore e a cantora Ke$ha. Logo depois a banda participa da grande Vans Warped Tour 2010 de Junho a Agosto de 2010. O site britânico DigitalSpy informou que no verão de 2010 o primeiro CD da banda seria lançado, tendo como primeiro single a canção Make Me Wanna Die. Make Me Wanna Die também foi usada como a música de abertura do desfile anual da marca Victoria's Secret, que aconteceu dia 9 de novembro de 2011. A banda abriu o V Festival, no Reino Unido em 2010. A banda embarcou em uma de quatro datas turnê pelo Reino Unido a partir de Glasgow, na Escócia, no Ballroom Barrowland em 13 de dezembro de 2010, apoiado por Francesqa.

Em 2011, a banda anunciou uma turnê em execução desde o início de fevereiro até o final de março. A banda apareceu no Download Festival, em junho. Em 11 de maio de 2011, foi anunciado que The Pretty Reckless estaria tomando parte na Revolução Soundwave, um festival de música Australiana. Este foi posteriormente cancelado, mas um pouco substituída por um mini-festival. No entanto, The Pretty Reckless viria a retirar-se. Durante o verão, a banda se apresentou em vários festivais Europeus, como o Rock Am Ring em junho, Rock Werchter em 2 de julho, na Bélgica, Wireless Festival em 3 de julho, Montreux Jazz Festival, em Montreux, Suíça, em 04 de julho e T in the Park em 10 de julho na Escócia. Em 6 de agosto de 2011, a banda se apresentou no festival Lollapalooza 2011, em Chicago, Illinois. Em 27 de julho de 2011, Taylor Momsen anunciou via Twitter que a banda estará em turnê com o Evanescence como o ato de apoio durante o outono de 2011. Eles abriram vários shows do Evanescence em outubro e novembro, com dois shows no HMV Hammersmith Apollo, em Londres, entre outros. Em 8 de outubro de 2011, a banda se apresentou no Tulsa State Fair 2011, em Tulsa, Oklahoma. Em 26 de outubro de 2011, a banda se apresentou na boate Ritual em Ottawa, Ontário.

Em janeiro de 2012, a banda lançou datas de sua segunda turnê, The Medicine Tour. Diretamente abrindo shows de Marilyn Manson em sua turnê atual, Hey Cruel World... Tour. Em julho de 2012, The Pretty Reckless chegou à Argentina pela primeira vez, o show foi em 29 de julho, em Buenos Aires e depois passaram pelo Brasil. Em setembro de 2012, The Pretty Reckless se apresentou no Bazooka Rocks Festival em Manila, Filipinas. The Medicine Tour terminou com o seu desempenho no "Bazooka Rocks Festival" em 30 de setembro de 2012.

Em 20 de setembro de 2013, a banda iniciar a sua terceira turnê Going to Hell Tour na América do Norte. O primeiro show aconteceu no "The Paramount", em Huntington, NY e foi até o dia 11 de novembro de 2013. Depois de uma pausa The Pretty Reckless abrirá shows do Fall Out Boy em março de 2014 na europa.[49] [50]

Apresentações[editar | editar código-fonte]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

O The Pretty Reckless chegou ao Brasil pela primeira vez em agosto de 2012.[51] O primeiro show da banda no país foi em 3 de agosto em Curitiba, em 4 de agosto em São Paulo e em 5 de agosto no Rio de Janeiro.[52] [53] A euforia dos fãs foi tanta que esgotou os ingressos para o show do The Pretty Reckless em São Paulo.[54] [55]

Em Portugal[editar | editar código-fonte]

O The Pretty Reckless ia fazer um único concerto em Portugal no dia 8 de julho no festival Optimus Alive.[56] Mas o show acabou sendo cancelado. Taylor Momsen mais tarde escreveu em sua conta na rede de microblogging Twitter, que o show em Portugal havia sido cancelado por "problemas estruturais".[57] Taylor também pediu muitas desculpas aos portugueses afirmando que iria fazer de tudo para voltar ao país.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Tours[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns de estúdio
Ano Detalhes do álbum Posições
IRL
[58]
UK
[59]
AUS
[60]
2010 Light Me Up 18 6 71
2014 Going to Hell 45 8 20
EPs
Ano Detalhes do álbum Posições
US Rock [61]
2010 The Pretty Reckless
2012 Hit Me Like a Man 44
Singles
Ano Tíitulo Posições nas Paradas Álbum
UK UK
ROCK
AUS
2010 "Make Me Wanna Die" 16 1 79 Light Me Up
"Miss Nothing" 39
"Just Tonight" 163 4
"You"
"My Medicine"
2012 "Kill Me" 22 Kill Me - Single
2013 "Going to Hell" 5 Going to Hell
"Heaven Knows" 61 1

Videografia[editar | editar código-fonte]

Ano Título Álbum Diretor
2010 "Make Me Wanna Die" (Versão Viral) The Pretty Reckless Patrick Dwyer
"Make Me Wanna Die" (Versão Oficial) Light Me Up Meiert Avis e Chris LeDoux
"Miss Nothing" Meiert Avis
"Just Tonight"
2012 "You"
"My Medicine" Meiert Avis, Taylor Momsen e Stefan Smith
2013 "Going to Hell" Going to Hell Tim Mattia
"Heaven Knows" Jon J e Taylor Momsen

Prêmios & nomeações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Nomeado Resultado
2010 Virgin Media Music Award Melhor Banda N/D Indicado
Melhor Voz Indicado
2012 Revolver Canção do ano "Kill Me" Indicado

Referências

  1. HARD ROCK quartet fronted by Taylor Momsen (em inglês) Andrew Leahey Allmusic. Visitado em 28/11/2013.
  2. Alternative Metal (em inglês) spirit of metal spirit of metal. Visitado em 28/11/2013.
  3. The pretty reckless confront tragedy on going to hell (em Inglês) Rolling Stone (23/09/13). Visitado em 24/09/13.
  4. (Taylor Momsen faz mudança de atriz para cantora de HARD ROCK no Pretty Reckless) Taylor Momsen makes switch from actress to hard rock singer in the Pretty Reckless (em Inglês) DENNY DYROFF daily news musiclocal (11/08/13, 1:24 PM EST). Visitado em 17/02/2014.
  5. The pretty reckless first no 1 rock hit heaven knows (em Inglês) loudwire loudwire.com. Visitado em 24/03/2014.
  6. The pretty reckless com Taylor momsen (em Inglês) interviewmagazine.
  7. interview pretty reckless (em Inglês) Alterthepress (2010/05).
  8. Biografia (em Inglês) The pretty Recless facebook. Visitado em 21/09/13.
  9. the pretty reckless (em Inglês) theprettyreckless.com.
  10. Taylor momsen not keen on band name (em Inglês) digitalspy.co.uk.
  11. Gossip girls Taylor momsen debuts band and it rocks (em Inglês) spin.com.
  12. Taylor momsen aka little j and her band the pretty reckless rock out at the annex (em Inglês) guestofaguest.com.
  13. The pretty reckless (em Inglês) allmusic.com.
  14. Pretty reckless taylor momsen (em Inglês) guardian.co.uk (2010/apr/19).
  15. Celebrities/Taylor momsen (em Ingês) okmagazine.com.au.
  16. Gossip girl star taylor momsens pretty reckless postt two demos (em Inglês) rollingstone.com.
  17. The pretty reckless (em Inglês) rollingstone.com.
  18. Light Me Up:The Pretty Reckless (em inglês) allmusic.com. Visitado em 26 de março de 2012.
  19. ebtrevista para revista nylon (em en) theprettyrecklessbr.com.
  20. CD the pretty reckless light me up (em en) americanas.com.br.
  21. Gossip Girl’ Taylor Momsen Goes Topless For Band Poster [PHOTOS - International Business Times] (em Inglês) ibtimes.com (2013-09-13). Visitado em 08/05/2014.
  22. The Pretty Reckless:Biography (em inglês) theprettyreckless.com. Visitado em 26 de março de 2012.
  23. Taylor Momsen in MTV (em Inglês) MTV. Visitado em 09/05/2014.
  24. album-caminho (em Português) Theprettyrecklessbr. Visitado em 2 de maio de 2012.}}
  25. Taylor Momsen breaks out of character (em Inglês) luis gomez thestar (11/11/2013). Visitado em 11/11/1013.
  26. Taylor momsen the pretty reckless going to hell updates hell mondays gossip girl (em Ingles) Perezhilton.
  27. Pretty reckless launch mondays (em Ingles) hangout.altsounds.
  28. Directos al infierno con the pretty reckless (em Espanhol) vavel.
  29. Novo álbum going to hell. Visitado em 06 de junho de 2013.
  30. The pretty reckless premiere new lyric video follow me down (em Ingles) Revolvermag.
  31. New music alert the pretty reckless debuts new lyric video for song follow me down (em Ingles) mxdwn (18 de Junho 2013).
  32. The pretty reckless news, the pretty reckless decouvrez-la lyric video de follow me down jukebo.
  33. Jenna Haze traz um tom atrevido para música de TPR (em Inglês) contactmusic contactmusic (fevereiro 06, 2014). Visitado em 08/02/2014.
  34. iconvsicon. Nova musica the pretty reckless. Visitado em 5 de julho de 2013.
  35. the pretty reckless new song "Burn". Visitado em 06 de julho de 2013.
  36. The pretty reckless new albúm. Visitado em 06 de julho de 2013.
  37. Rick Florino. The Pretty Reckless — "Going to Hell" Never Sounded so Good (em ingles) artistdirect. Visitado em 08 de julho de 2013.
  38. The Pretty Reckless razor and tie (em inglês) razor and tie razor and tie publicity (2013/09/24). Visitado em 07/12/2013.
  39. New Music: The Pretty Reckless - "Going To Hell" [Review] (em Inglês) Music and Lyrics (19 de setembro 2013). Visitado em 20 de setembro 2013.
  40. Anuncio do lansamento do videoclipe going to hell (em Inglês) Taylor momsen Twitter (16/10/13). Visitado em 16/10/13.
  41. Diabo possui Taylor Momsen no novo clipe de The Pretty Reckless (em Português) Daniel Medeiros pipocamoderna.com (20/10/13). Visitado em 20/10/13.
  42. Taylor Momsen of the Pretty Reckless knows you like to watch (em Inglês) by Michael Christopher vanyaland.com (11/11/2013). Visitado em 11/11/2013.
  43. O single Heaven Knows (em Inglês) taylor momsen Twitter (3:57 PM - 14 nov 13). Visitado em 19/11/2013.
  44. The Pretty Reckless divulga lyric video de 'Heaven Knows', com imagens de fãs (em Português) Virgula virgula.uol.com (16 de Dezembro de 2013 às 16:04). Visitado em 22/12/2013.
  45. The Pretty Reckless - "Heaven Knows" [Music Video Premiere] (em Inglês) Kevipod directlyrics (February 13, 2014). Visitado em 13/02/2013.
  46. Taylor Momsen na capa da Revolver Magazine (em Inglês) Revolver Magazine Revolver Magazine (21 de janeiro de 2014). Visitado em 09/02/2014.
  47. Anuncio no faebook sobre Razor & Tie's (em Inglês) the pretty reckless (24/09/2013). Visitado em 30/09/2013.
  48. The Pretty Reckless lança novo clipe; assista "Messed Up World" (em Português) Débora Blezer Revista cifras (6/18/2014 12:39:18 PM). Visitado em 18/06/2014.
  49. Pretty Reckless to support Fall Out Boy (em Inglês) BBC Radio 1 BBC Radio 1 (14:09 GMT, Monday, 2 December 2013). Visitado em 10/12/2013.
  50. Save Rock and Roll European Tour 2014 on sale now (em Inglês) falloutboy.com falloutboy.com (November 26th, 2013 at 1:00 PM). Visitado em 10/12/2013.
  51. "The Pretty Reckless pela primeira vez no Brasil em agosto" UOL. Universo do Rock (18 de janeiro de 2012). Visitado em 21 de julho de 2012.
  52. Ximenes, Wagner (10 de janeiro de 2012). "The Pretty Reckless, banda da atriz Taylor Momsen, toca no Brasil em agosto" RockLine. Visitado em 21 de julho de 2012.
  53. "Com três shows marcados no Brasil, The Pretty Reckless divulga novo clipe" Nação da Música (16 de fevereiro de 2012). Visitado em 21 de julho de 2012.
  54. Pereira, Fernanda (17 de julho de 2012). Título não preenchido, favor adicionar Nação da Música. Visitado em 21 de julho de 2012.
  55. "The Pretty Reckless: Ingressos para show em SP estão esgotados" Território da Música (17 de julho de 2012). Visitado em 21 de julho de 2012.
  56. "Taylor Momsen quer conhecer os fãs portugueses" (em português europeu) Destak (20 de abril de 2011). Visitado em 21 de julho de 2012.
  57. Taylor Momsen (8 de julho de 2011). Portugal our set got cut tonight... (em inglês) Twitter. Visitado em 21 de julho de 2012.
  58. The Pretty Reckless Charts (em Inglês) Irish Charts. Visitado em 08/05/2014.
  59. Chart Stats - Pretty Reckless. Chartstats.com. Accessed on September 10, 2010.
  60. The Pretty Reckless – Going To Hell (em Inglês) australian-charts.com. Visitado em 10/04/14.
  61. The Pretty Reckless – Chart history: Top Rock Albums (em Inglês) Prometheus Global Media Billboard. Visitado em 12/04/2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons