The Princess Diaries 2: Royal Engagement

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Princess Diaries 2: Royal Engagement
O Diário da Princesa: Noivado Real (PT)
O Diário da Princesa 2: Casamento Real (BR)
Pôster promocional
 Estados Unidos
2004 • cor • 113 min 
Direção Garry Marshall
Produção Whitney Houston
Debra Martin Chase
Roteiro Meg Cabot (personagens)
Shonda Rhimes
Elenco Julie Andrews
Anne Hathaway
Heather Matarazzo
John Rhys-Davies
Hector Elizondo
Gênero Comédia romântica
Idioma Inglês
Música John Debney
Cinematografia Charles Minsky
Edição Bruce Green
Estúdio Walt Disney Pictures
Distribuição Buena Vista Pictures
Lançamento Estados Unidos 11 de agosto de 2004
Brasil 22 de outubro de 2004
Portugal 23 de dezembro de 2004
Orçamento US$40 milhões
Receita US$95,170,481[1] (mundialmente)
Cronologia
Último
Último
The Princess Diaries
Próximo
Próximo
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Princess Diaries 2: Royal Engagement (br: O Diário da Princesa 2: Casamento Real / pt: O Diário da Princesa: Noivado Real) é um filme de comédia romântica estadunidense de 2004, e a sequência do filme de 2001 The Princess Diaries. Ao contrário do primeiro filme, este filme não é baseado em nenhum dos livros.

A maioria do elenco voltou do primeiro filme, incluindo Julie Andrews, Anne Hathaway, Chris Piene, Hector Elizondo, Heather Matarazzo e Garry Marshall voltou para dirigir e Debra Martin Chase para produzir a sequência.

Novos personagens incluem Visconde Mabrey (John Rhys-Davies), Lord Nicholas Devereaux (Chris Pine) e Andrew Jacoby (Callum Blue).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Cinco anos após os acontecimentos do primeiro filme, em que Mia decide tornar-se a princesa de Genóvia, ela se muda para o palácio real de sua avó, Clarisse. É então informada de que não permanecerá como princesa por muito tempo, já que em breve terá que ser coroada rainha. No entanto, a legislação genoviana estabelece que as futuras rainhas devem se casar antes de serem empossadas no cargo. Então, surge dois pretendentes: Nicholas Devereaux que será rei de Genóvia se Mia não se casar, ou Andrew Jacoby que é seu quase príncipe encantado.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Rotten Tomatoes relata que o filme tem uma classificação de 26% "certificado podre", com uma pontuação média de 4.6/10 baseado em 114 opiniões críticas. Consenso geral do site é que "Anne Hathaway e Julie Andrews trazer charme e elegância para o filme, mas não há material suficiente para com que elas trabalhem nesta sequência".[2] No Metacritic, que atribui uma classificação média ponderada de 100 comentários de críticos de cinema, tem uma pontuação média de 43 das 31 opiniões, o que indica "Comentários mistos ou médios".[3]

Escritor do filme, Shonda Rhimes, disse mais tarde que ela guardava a experiência se para mais nada - a oportunidade de trabalhar com a sua estrela, Julie Andrews.[4]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

A canção, "Your Crowning Glory, um dueto entre a rainha Clarisse (Julie Andrews) e Princesa Asana (Raven-Symoné) foi a primeira vez que Andrews tinha cantado em público ou na tela desde que ela passou por uma cirurgia na garganta em 1997. Ela teria pregado a canção no primeiro take.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Diário da Princesa, o primeiro filme da série.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]