The Rescuers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Rescuers
As Aventuras de Bernardo e Bianca (PT)
Bernardo e Bianca (BR)
1977 • cor • 77 min 
Direção Wolfgang Reitherman
John Lounsbery
Art Stevens
Produção Wolfgang Reitherman
Ron Miller
Roteiro Larry Clemmons
Vance Gerry
Ken Anderson
Frank Thomas
Burny Mattinson
Fred Lucky
Dick Sebast
Dave Michener
Livros:
Margery Sharp
Elenco Bob Newhart
Eva Gabor
Michelle Stacy
Geraldine Page
Joe Flynn
Jim Jordan
John McIntire
Jeanette Nolan
Pat Buttram
Bernard Fox
Género Família
comédia
drama
aventura
fantasia
Música Artie Butler
Canções:
Sammy Fain
Carol Connors
Ayn Robbins
Shelby Flint
Edição James Koford
James Melton
Estúdio Walt Disney Productions
Distribuição Buena Vista International
Lançamento Estados Unidos 22 de Junho de 1977
Brasil 22 de Julho de 1977
País  Estados Unidos
Idioma Inglês
Cronologia
Último
Último
The Rescuers Down Under
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

The Rescuers (Bernardo e Bianca no Brasil e As Aventuras de Bernardo e Bianca em Portugal) é um filme de animação estadunidense produzido pela Walt Disney Productions em 1977.

É o vigésimo-terceiro filme de animação dos estúdios Disney e foi lançado nos cinemas dos EUA em 22 de Junho de 1977 sendo estrelado por Bob Newhart, Eva Gabor, Geraldine Page, Joe Flynn, e Bernard Fox; sendo dirigido por Wolfgang Reitherman, John Lounsbery, e Art Stevens.

O filme trata sobre uma organização presidida por ratos localizada no subsolo da ONU na cidade de Nova York que dedicada a ajudar vítimas de sequestros em todo o mundo. Dois ratos, o zelador Bernardo (Bob Newhart) e sua co-agente, a elegante Bianca (Eva Gabor), saem em busca de Penny (Michelle Stacy), uma menina orfã que está sendo mantida em cativeiro pela caçadora de tesouros Madame Medusa (Geraldine Page).

The Rescuers marcou o retorno do drama aos filmes do estúdio e foi seguido por outro drama, The Fox and the Hound em 1981. Os animadores veteranos Ollie Johnston e Frank Thomas revelaram que o longa foi seu melhor filme sem a cooperação de Walt Disney.

O filme é baseado na série de livros infantis da escritora inglesa, Margery Sharp, principalmente The Rescues e Miss Bianca. O sucesso do filme levou a uma sequencia intitulada The Rescuers Down Under lançado em 1990.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em um barco abandonado na Baía do Diabo, uma jovem órfã chamada Penny joga uma mensagem em uma garrafa com um pedido de ajuda no rio. A garrafa chega até Nova Iorque, onde é recuperado pela sociedade "Auxílio de Emergência", uma organização internacional de ratos, dentro da Organização das Nações Unidas. O representante da Hungria, senhorita Bianca, se voluntária para aceitar o caso e escolhe Bernardo, um zelador gaguejando, como seu co-agente. Os dois visitam o orfanato Morningside, onde morava Penny, e conhecem um gato velho chamado Rufus. Ele fala sobre uma mulher chamada Madame Medusa, que uma vez tentou atrair Penny em seu carro e pode ter raptado Penny.

Os ratos viajam para a loja de penhores de Medusa, onde eles descobrem que ela e seu parceiro, o Sr. Snoops, estão em uma busca para encontrar o maior diamante do mundo, o Olho do Diabo. Eles também descobrem que Medusa e Sr. Snoops estão em Baía do Diabo com Penny, a quem elas realmente sequestraram, e que eles a guardam com dois jacarés treinados, chamados Brutus e Nero. Com a ajuda de um albatroz chamado Orville, e uma libélula nomeado Evinrude, os ratos seguem Medusa à baía. Lá, eles aprendem que Penny foi capturada para entrar em um buraco que leva para dentro da caverna dos piratas, onde o Olho do Diabo está escondido.

Bernardo e Bianca encontram Penny e fazem um plano de fuga, e enviam Evinrude para alertar os animais locais, que abominam Medusa, mas Evinrude se atrasa quando é forçado se esconder de um bando de morcegos. Na manhã seguinte, Medusa e Sr. Snoops enviam Penny para baixo na caverna do pirata para encontrar a jóia, com Bianca e Bernardo escondidos no bolso da saia. Os três logo encontram Olho do Diabo dentro de um crânio do pirata; Penny ergue a boca aberta com uma espada, e os ratos tentam empurrá-lo para fora, mas logo a maré sobe e começam a inundar a caverna. Bernardo, Bianca e Penny, mal conseguem recuperar o diamante e escapar.

Medusa planeja manter o diamante para si, escondendo-o no urso de pelúcia de Penny, e mirando sua arma contra Penny e Snoops. Quando ela tropeça em uma armadilha de Bernardo e Bianca, Medusa perde o urso para Penny, que foge com ele. Os animais locais chegam ao barco e ajudam Bernardo e Bianca prendendo Brutus e Nero, em seguida, soltando fogos de artifício do Sr. Snoops para criar mais caos. Enquanto isso, Penny e os ratos entram em um aerobarco improvisado de Medusa. Medusa sem sucesso persegue-os, usando Brutus e Nero como esquis aquáticos, mas fica agarrado aos destroços do barco com Brutus e Nero.

De volta a Nova York, a Sociedade de auxílio de emergência assiste a uma reportagem de como Penny encontrou o Olho do Diabo, o doou para o Instituto Smithsonian, e como ela foi adotada. A reunião é interrompida quando Evinrude chega com um pedido de ajuda, enviando de Bernardo e Bianca em uma nova aventura.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • Bernardo: Ratinho zelador do Rescue Aid Society, Bernardo acompanha Miss Bianca em sua missão para salvar a menina Penny. Bernardo não é tão corajoso como sua companheira, ele não gosta de voar e é muito supersticioso. No filme, Bernardo parece ter uma queda por Bianca.
  • Miss Bianca: Uma rata da Hungria membro da Rescue Aid Society. Ela é sofisticada e aventureira e se oferece para resgatar Penny que pode estar em grande perigo. Escolhe Bernardo como parceiro, apesar de ele ser apenas o zelador.
  • Madame Medusa: Uma gananciosa proprietária de uma loja de penhores; Madame Medusa não vai descansar até ter em suas mãos o maior diamante do mundo. Medusa vive na Baía do Diabo e possui dois crocodilos como seguranças.Inicialmente,a vilã do filme ia ser Cruela De Vil, da animação 101 Dálmatas, mas foi descartada e uma nova vilã foi criada. Mesmo assim, é possível notar várias semelhanças entre as personagens, inclusive os carros que dirigem.
  • Penny: Menina orfã que é sequestrada por Madame Medusa de seu orfanato; Madame Medusa a sequestrou pois Penny é pequena é por isso pode encontrar o diamante que está em uma caverna subterrânea. Penny está há muito tempo no orfanato, e seus únicos amigos são o gato Rufus e seu ursinho Teddy.
  • Asdrúbal: Desajeitado amigo de negócios de Madame Medusa; ele também quer a sua parte do diamante e embora não totalmente de acordo com o plano de Medusa, Snoops vai seguir os seus próprios passos para consegui-lo.
  • Brutus e Nero: São os dois crocodilos de Madame Medusa, que tentam impedir a fuga de Penny. Eles fazem tudo que ela manda.
  • Rufus: Um velho gatoque mora no orfanato e se torna amigo de Penny, quando ela se sente solitária.
  • Evinrude: Uma libélula que ajuda a servir seus salvadores, Bernardo e Bianca, através de um pequeno barco com motor, uma folha. Ela também envia uma mensagem aos leitores do pântano quando a sua ajuda é necessária.
  • Orville: Albatroz, que também serve para transporte de equipes de resgate fazendo a vez de uma aeronave e levá-los através dos céus.

Dublagem[editar | editar código-fonte]

Dublagem
Personagem Dublagem EUA Dublagem BRA
Bernard/Bernardo Bob Newhart Alfredo Martins
Miss Bianca/Bianca Eva Gabor Vera Lúcia Dias
Madame Medusa Geraldine Page Ida Gomes
Penny Michelle Stacy Ana Hartley
Asdrúbal Joe Flynn Ionei Silva
Orville/Abílio Jim Jordan Waldir Fiori
Rufus John McIntire Magalhães Graça
Ellie Mae/Florisbela Jeanette Nolan Selma Lopes
Luke/Juca Pat Buttram Orlando Drummond Cardoso
Evinrude James MacDonald Informação não disponível
Brutus/Nero Candy Candido Informação não disponível
Mr. Chairman/Presidente Bernard Fox Felipe Wagner
Deadeye George Lindsey Informação não disponível
Tartaruga Larry Clemmons Pietro Mário
Digger/Toupeira Dub Taylor Telmo Perle Münch
Coruja John Fiedler Sílvio Navas
Repórter de TV Bill McMillian José Santanna

Créditos da dublagem brasileira:
Estúdio: Tecnisom, RJ
Direção de dublagem: Telmo Perle Münch
Tradução: Telmo Perle Münch

Produção[editar | editar código-fonte]

A produção do filme passou quatro anos na produção para combinar os talentos de mais de 250 pessoas, incluindo 40 animadores, o que produziu cerca de 330.000 desenhos, havia 14 seqüências com 1039 cenas separadas e 750 conjuntos.

Durante os quatro anos da produção do filme, muitos conceitos originais foram alteradas ou esquecidos como o fato da organização dos ratos serem colocados não na sede da ONU, mas sim em um buraco ou em uma loja de construção perto das Nações Unidas.

Alguns dos produtores sugeriram que Bernardo e Bianca se casariam no final do filme, mas igual ao livro de Margery Sharp (que nunca casou protagonistas de suas histórias) esse fato não aconteceu. No entanto, na seqüência, Bianca aceita a proposta de casamento de Bernardo, sem pensar duas vezes. Esse fatoo irritou os admiradores do trabalho da escritora.

Foi o primeiro longa da Disney que combinou os talentos da equipe de escritores e animadores originais do estúdio com uma nova equipe menos experiente.

The Rescuers foi o último projeto de John Lounsbery, que morreu em 13 de Fevereiro de 1976. O filme também foi a última performance do ator Jim Jordan, conhecido por suas aparições no programa de rádio Fibber McGee, e do ator Joe Flynn, que fez a voz do Sr. Snoops e morreu afogado numa piscina depois de sofrer um ataque cardíaco em 1974 três anos antes do lançamento do filme.

O filme foi a inspiração para o desempenho de vários personagens da Disney, exemplo disso, são os personagens de Madame Medusa e Penny, que foram encaminhados para a criação dos personagens de Ursula (A Pequena Sereia) e Jenny (Oliver & Company), respectivamente.

Canções[editar | editar código-fonte]

As canções do filme foram compostas e escritas por Carol Connors, Ayn Robbins, e Sammy Fain. A trilha sonora foi composta por Artie Butler.

As canções do filme na dublagem brasileira foram cantadas por Evinha.

  1. "A Jornada" cantada sob o ponto de vista da garrafa no início do filme.
  2. "Ajuda Eficaz" cantada por Bernard Fox, Bob Newhart, Robie Lester.
  3. "O Pássaro Azul" cantada por John McIntire e Michelle Stacy.
  4. "Amanhã um Novo Dia Será" cantada por Bob Newhart e Eva Gabor.
  5. "Um Amor Virá" cantada por Michelle Stacy.
  6. "Mamãe e Papai já Tem" cantada pelas crianças orfãs ao final do longa.

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar (EUA) 1977[1]

Sequência[editar | editar código-fonte]

The Rescuers foi o primeiro filme animado da Disney que inspirou uma sequencia, The Rescuers Down Under de 1990, que foi lançado no cinema em vez de diretamente para VHS. Desde então, The Jungle Book, Peter Pan, Fantasia, e Toy Story receberam sequencias diretamente nas salas de cinema.

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Mais ou menos aos 28 minutos do filme, quando Bernardo e Bianca estavam voando na asa de um albatroz, aparece rapidamente uma foto de uma mulher nua numa janela no canto. Após a descoberta desta imagem, a Disney a retirou de 3,4 milhões de cópias de VHS em 1999, afirmando que se tratava de uma imagem de fundo objetável.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • Nos romances de Margery Sharp, Bernardo e Bianca após as suas diversas missões são nomeados com o título de "Senhor Secretário" e "Senhora Presidente".
  • Embora o filme foi um grande sucesso desde sua primeira exibição, o estúdio não pôde comemorar muito, uma vez que grande parte do dinheiro ganho foi perdido nos filmes The Black Hole (1979) e The Black Cauldron (1985).
  • A ilha de Cuba foi considerado como o local de ação do filme. Depois, a produção resolveu colocar o Oceano Atlântico como plano de fundo.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]