The Return of the Spice Girls

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Return of the Spice Girls
Spice Girls
Turnê Mundial de Spice Girls
Locais Europa
América do Norte
Álbum(ns) associado(s) Greatest Hits
Data de início 2 de Dezembro de 2007
Data de fim 26 de Fevereiro 2008
Número de
apresentações
26 no Total
Cronologia de turnês de Spice Girls
Último
Último
Christmas in Spiceworld Tour
(1999)
Próximo
Próximo

The Return of the Spice Girls foi uma digressão mundial do grupo feminino Spice Girls que começou no dia 2 de Dezembro, de 2007 em Vancouver, no Canadá.[1] The Return of the Spice Girls marca a primeira digressão do grupo desde a digressão "Christmas in Spiceworld" no Reino Unido, e a primeira do grupo com 5 elementos desde 1998, quando Geri o deixou.

Informação[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de Junho de 2007 as Spice Girls realizaram uma conferência de imprensa na arena The O2 em Londres, anunciando formalmente a sua intenção de se reunirem novamente,[2] facto que vinha a ser especulado pela media.[3] Durante a conferência de imprensa, o grupo divulgou os seus planos de realizar uma digressão mundial que poderia ser vista como uma celebração da história do grupo e um adeus formal para os seus fãs.[4]

Inicialmente, 11 datas foram anunciadas, que incluíam concertos na América do Norte, Europa, Ásia, Oceania, África e América do Sul. Os fãs foram informados que teríam que fazer um pré-registo para adquirir bilhetes no site do grupo.

No dia 30 de Setembro, os concorrentes sorteados para os concertos em Los Angeles, Las Vegas, Vancouver e Londres foram informados de como poderiam comprar os seus bilhetes, via email e de vendedores autorizados. Os fãs que fizeram o pré-registo, tiveram 48 horas para comprar os seus bilhetes antes de estes serem vendidos ao público em geral. No total, foram adicionadas 18 datas adicionais no Reino Unido e 20 distribuídas pelos Estados Unidos da América e Canadá.

Devido à adição de novos concertos na Europa e na América do Norte, muitos dos concertos marcados no resto do mundo tiveram as suas datas alteradas. Isto levou à especulação de que o grupo iria cancelar esses concertos, e, em Novembro de 2007, um falso e-mail circulou pela Internet, anunciando que o grupo teria cancelado o seu concerto em Buenos Aires devido à imensa procura em outros cantos do globo.[5]

A partir da apresentação do 18 de Dezembro, em Londres, na O2 Arena, o grupo começou a trazer para o palco seus filhos, durante a canção Mama. Brooklyn, Romeo E Cruz, filhos de Victoria Beckham, Phoenix Chi e Angel Iris, filhas de Melanie B), Beau, filho de Emma Bunton e Bluebell Madonna, filha de Geri Halliwell.

No concerto de Las Vegas, durante o seu último concerto na cidade, Emma Bunton caiu quando subia as escadas durante a actuação de Spice Up Your Life, magoando o seu tornozelo. Porém recuperando-se nos três dias de intervalo para o póximo show.

Os fãs australianos que se registaram para bilhetes, receberam uma mensagem no dia 31 de Dezembro de 2007. A mensagem, que apelava não só para fãs australianos, mas para todos os que queriam informações para futuras datas, dizia: "Muito obrigada por se registarem para nos verem actuar na Austrália. Tem sido um ano fantástico e nós temos estado felicíssimas pelos apêlos de fãs que nos querem ver actuar. Como podem ter visto, tivemos que alargar a nossa digressão pelo EUA e Reino Unido para responder à procura. Tem sido realmente fantástico! Isto significa que demorou mais do que estaríamos à espera para consolidar as datas de todos os outros concertos, mas gostaríamos saber quantos bilhetes quereriam para tentarmos consolidar as datas dos concertos para 2008. É muito simples, apenas cliquem no link abaixo e digam-nos quantos bilhetes gostariam de comprar. Tentaremos responder-vos o mais rapidamente possível. Obrigada por serem tão pacientes, estamos à espera de Apimentar o vosso 2008!"

Alinhamento[editar | editar código-fonte]

Emma Bunton com Geri Halliwell num concerto em Las Vegas, Nevada, no dia 11 Dez. 2007.

De seguida está todo o alinhamento dos concertos.[6]

Comparando com as digressãos anteriores,esta digressão é mais teatral e envolvente. Tours anteriores mostravam o grupo a cantar os seus temas de forma aleatória, com pouco foco na dança, cenário e vídeo. Esta digressão tem um tema característico, e parece que as canções são colocadas por determinada ordem devido a alguma razão, simbolizando algum evento ou estado de espírito. Os cenários são usados mais intensamente, e as roupas são de alta costura.

Os concertos começam com a sua canção de marca, Spice Up Your Life, passando de seguida para os seus maiores sucessos; o seu auge atinge-se com Who Do You Think You Are, quando as membros usam roupas combinando com a suas respectivas imagens: Geri usa uma versão actualizada do seu antigo vestido com a bandeira Union Jack, que completa o tributo à sua actuação de 1997 nos Brit Awards, que é visto por muitos como sendo o auge máximo da 'Spicemania'. Depois desta actuação, o espectáculo foca-se nas carreiras a solo de cada uma, com Victoria prestando homenagem à sua carreira na moda, e as restantes cantando as suas canções mais famosas, excepto Mel B que não canta uma canção da sua autoria. A mio das actuações a solo, o grupo junta-se novamente para cantar Viva Forever - a última canção que Geri cantou no grupo - e no final da canção, Geri deixa o palco, simbolizando obviamente a sua partida do grupo em 1998. As quatro restantes cantam, Holler, com Geri voltando de seguida cantando a sua canção a solo -It's Raining Man.

Depois de todos os solos terem sido cantados, as quatro raparigas juntam-se novamente para cantar Let Love Lead The Way, que segundo rumores foi escrita como homenagem a Geri, depis Geri volta ao palco, e as cinco desfilam pelo palco de mãos dadas, ao som de aplausos da audiência. As cinco cantam Goodbye, que segundo rumores teria sido escrita também para Geri, mas que na verdade foi escrita por Geri e pelas restantes membros, antes de ela separar-se do grupo. O encore começa com If U Can't Dance, que tradicionalmente era a canção com que o grupo abria antigamente as suas antigas digressãos, antes de acabar o concerto com Wannabe e uma repetição da sua música de abertura, Spice Up Your Life.

Críticas[editar | editar código-fonte]

As Spice Girls.

A digressão The Return of the Spice Girls Tour começou no Canadá com críticas positivas.[7] O jornal The Times comparou a estréia da digressão à "Beatlemania" e classificou o concerto como "colorido, energético e selvagicamente ambicioso" e declarou que "as Spice Girls nunca foram as maiores cantoras ou dançarinas do mundo, mas são entertainers exímias".[8] Apesar de não actuarem em palco à cerca de 9 anos, os críticos admitiram que a espera valeu apena, enquanto que o "The Mirror" classificou o concerto como "um evento de pop inesquecível" que foi "super-entusiástico, além de todas as expectativas - e absolutamente inacreditável."[9]

Guinnes Book[editar | editar código-fonte]

A turnê rendeu às Spice Girls mais uma vez o nome no Guinnes Book. Em Londres 23.000 ingressos para o show da arena The O2 se esgotaram 38 segundos, fazendo as Spice Girls entrarem para o Guinnes Book como "Grupo que vendeu ingressos para uma turnê em menor tempo".[10]

DVD[editar | editar código-fonte]

No dia 15 de Dezembro de 2007 a BBC filmou o concerto na Arena O2 em Londres. As gravações do audio foram exibidas pela BBC Radio nos dias 21 e 31 de Dezembro. Ainda não existe data prevista para o lançamento do DVD, sendo apenas algumas imagens da BBC liberadas pela internet.

Setlist[editar | editar código-fonte]

ACT 2 - SEDUCE ME

ACT 3 - BITTER SWEET

ACT 4 - CELEBRATION

ACT 5 - ENCORE

Setlist simplificado[editar | editar código-fonte]

Equipe[editar | editar código-fonte]

Datas[editar | editar código-fonte]

Data Cidade País Local
América do Norte
2 de Dezembro de 2007 Vancouver Canadá General Motors Place
4 de Dezembro de 2007 San Jose Estados Unidos HP Pavilion
5 de Dezembro de 2007 Los Angeles Staples Center
7 de Dezembro de 2007
8 de Dezembro de 2007 Las Vegas Mandalay Bay Events Center
9 de Dezembro de 2007
11 de Dezembro de 2007
Europa
15 de Dezembro de 2007 Londres Reino Unido The O2
16 de Dezembro de 2007
18 de Dezembro de 2007
20 de Dezembro de 2007 Cologne Alemanha Kölnarena
23 de Dezembro de 2007 Madrid Espanha Madrid Arena
2 de Janeiro de 2008 Londres Reino Unido The O2
3 de Janeiro de 2008
4 de Janeiro de 2008
6 de Janeiro de 2008
8 de Janeiro de 2008
9 de Janeiro de 2008
11 de Janeiro de 2008
12 de Janeiro de 2008
13 de Janeiro de 2008
15 de Janeiro de 2008
16 de Janeiro de 2008
18 de Janeiro de 2008
20 de Janeiro de 2008
22 de Janeiro de 2008
23 de Janeiro de 2008 Manchester Reino Unido MEN Arena
24 de Janeiro de 2008
26 de Janeiro de 2008
América do Norte
30 de Janeiro de 2008 Boston Estados Unidos TD Banknorth Garden
31 de Janeiro de 2008 Montreal Canadá Bell Centre
3 de Fevereiro de 2008 Toronto Air Canada Centre
4 de Fevereiro de 2008
6 de Fevereiro de 2008 Uniondale Estados Unidos Nassau Veterans Memorial Coliseum
7 de Fevereiro de 2008
10 de Fevereiro de 2008 Newark Prudential Center
11 de Fevereiro de 2008
13 de Fevereiro de 2008 East Rutherford Izod Center
15 de Fevereiro de 2008 Chicago United Center
16 de Fevereiro de 2008 Detroit The Palace of Auburn Hills
18 de Fevereiro de2008 Nova York Madison Square Garden
18 de Fevereiro de 2008 Philadelphia Wachovia Center
21 de Fevereiro de 2008 Washington D.C. Verizon Center
25 de Fevereiro de 2008 Toronto Canadá Air Canada Centre
26 de Fevereiro de 2008

Galeria de Imagens[editar | editar código-fonte]

Referências ((em inglês))[editar | editar código-fonte]

  1. "The Return of the Spice Girls EMI Group - Press Release. Visitado em 2007-06-28.
  2. Declaração à cerca do futuro da banda ao acordo de 19 Entertainment Washington Post, June 22, 2007. Retrieved Dezembro 4, 2007..
  3. Finn, Natalie. 'A Well Seasoned Rumour E! Online, June 8 2007.
  4. Notícia confirmando a reunião do grupo. BBC. Recuperado em 6 de Dezembro, 2007.
  5. Controversia do 'Falso'. BBC. Recuperado em 6 de Dezembro, 2007.
  6. "The Return of the Spice Girls- Alinhamento'".
  7. Conjunto de críticas aos concertos. Access Hollywood. Recuperado em 6 de Dezembro, 2007.
  8. Sinclair, David. Crítica à estréia.. The Times. Recuperado em 6 de Dezembro, 2007
  9. Hudson, Polly. Crítica à estréia. The Mirror. Recuperado em 6 de Dezembro, 2007
  10. Notícia que reporta que o concerto de Londres esgotou em 38 segundos. BBC. Recuperado em 6 de Dezembro, 2007.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]