The Rocket Record Company

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Rocket Record Company
Parentesco Universal Music Group (Distribuidora)
Fundação 1972
Fechamento 2007
Fundador(es) Elton John, Gus Dudgeon, Bernie Taupin e Steve Brown
Gênero(s) Rock
País de origem Inglaterra,  Reino Unido
Página oficial http://www.rocketmusic.com


The Rocket Record Company foi uma gravadora criada por Elton John, Bernie Taupin, Gus Dudgeon e Steve Brown, além de outros, no anos de 1972. O nome da companhia é originário da música de Elton John, "Rocket Man". O catálogo do selo era distribuído, originalmente, na Grã-Bretanha, pela Island, e nos Estados Unidos, pela MCA Records, ambas as quais também passaram a ter contrato com Elton John, após 1976.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O primeiro artista a ser contratado pelo selo foi a banda Stackridge, que lançou dois álbuns pela Rocket, após sair da MCA. Também possuia em seu cast o cantor inglês Cliff Richard, além de Neil Sedaka (cujos 3 álbuns mais bem sucedidos da década de 1970 foram lançados pela Rocket), Colin Blunstone, The Foster Brothers, The Hudson Brothers, Blue, Kiki Dee, Judie Tzuke, The Lambrettas, Junior Campbell, Brian & Brenda Russell e a banda Solution. Elton John tentou com que Iggy Pop e os Stooges assinassem com o selo, porém sem sucesso. Depois de encerrar seu contrato com a DJM, em 1976, seus discos passaram a ser lançados pela Rocket em todo o mundo.

Nos Estados Unidos e no Canadá, o fôlego da gravadora foi curto: após lançar Blue Moves e mais alguns singles (incluindo "Don't Go Breaking My Heart" e "Sorry Seems To Be The Hardest Word"), Elton John retornou para a MCA. Nesta época, a Rocket firmou contrato de distribuição com a RCA, depois de encerrar os trabalhos com a MCA. O selo foi temporariamente extinto, nos Estados Unidos, no início da década de 1980, retornando à atividade em 1995, com o lançamento de Made in England, distribuído pela Island Records. Os trabalhos seguintes (The Big Picture e a versão de "Candle in the Wind", ambos de 1997), foram distribuídos no país pela A&M Records.

No Reino Unido, os discos de Elton John foram, a partir de 1976, todos lançados pela Rocket Records. Em 1978, a distribuição do catálogo passou a ser feito pela Phonogram Records e, posteriormente, pela Mercury Records, em 1995, época em que Elton John passou a ser o único artista do selo.

No resto do mundo, os direitos de distribuição dos álbuns de Elton John consolidou-se quando a canadense Seagram Company Ltd., que já possuia o catálogo da MCA Records, adquiriu a PolyGram, proprietária dos selos Island Records, Mercury Records e A&M Records, em 1998. A partir daí, a Universal Music Group, que absorveu a operação da Seagram, passou a deter, em co-participação com Elton John, todos os direitos de distribuição do catálogo do artista.

Em 1999, a Rocket Records foi absorvida pela Island Records. Entretanto, a logomarca do selo ainda foi utilizada nos lançamentos de Elton John, até 2007.

Atualmente[editar | editar código-fonte]

Na atualidade, a Rocket Music Entertainment Group dedica-se a empresariar e administrar a carreira de vários grupos e artistas solo, com escritórios em Londres, Nova York e Tóquio. Nas duas primeiras cidades, possui estúdios de gravação para uso de seus artistas contratados.

Principais artistas[editar | editar código-fonte]