The Rum Diary (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Rum Diary
O Diário a Rum (PT)
O Diário de um Jornalista Bêbado (BR)
 Estados Unidos
2011 • cor • 120 min 
Direção Bruce Robinson
Produção Johnny Depp
Graham King
Christi Dembrowski
Anthony Rhulen
Robert Kravis
Roteiro Bruce Robinson
baseado em The Rum Diary de Hunter S. Thompson
Elenco Johnny Depp
Aaron Eckhart
Michael Rispoli
Amber Heard
Richard Jenkins
Giovanni Ribisi
Gênero comédia dramática
biográfico
Idioma inglês
Música Christopher Young
Cinematografia Dariusz Wolski
Edição Carol Littleton
Estúdio GK Films
Infinitum Nihil
Film Engine
Distribuição FilmDistrict[1]
Lançamento Estados Unidos 28 de outubro de 2011
Portugal 22 de dezembro de 2011
Brasil 20 de abril de 2012
Orçamento US$ 45 milhões[2] ou 50 milhões[3]
Receita US$ $23,947,544[2]
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

The Rum Diary (no Brasil, O Diário de um Jornalista Bêbado; em Portugal, O Diário a Rum) é um filme americano de 2011, baseado no romance homônimo de Hunter S. Thompson. O filme é dirigido por Bruce Robinson e conta com Johnny Depp e Amber Heard no elenco.

Suas filmagens começaram em Porto Rico, em março de 2009, e sua data de lançamento foi 28 de outubro de 2011 nos Estados Unidos, 22 de dezembro em Portugal e 20 de abril de 2012 no Brasil.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Paul Kemp (Johnny Depp) é um jornalista itinerante, que cansa de Nova Iorque e da América, sob a administração de Dwight D. Eisenhower e viaja para Porto Rico para escrever para o San Juan Star. Kemp começa o hábito de beber cachaça e fica obcecado com a mulher Chenault (Amber Heard), que está noiva de um colega jornalista.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Johnny Depp em novembro de 2011 na premiere do filme em Paris

Recepção[editar | editar código-fonte]

The Rum Diary recebeu avaliações mistas dos críticos. O site de análises agregagas Rotten Tomatoes reportou que 50% das 160 críticas deram uma avaliação positiva para o filme, com uma avaliação de 5.6 de 10. O consenso do website é de que o filme "é colorido e amável o suficiente, e o coração de Depp estava claramente no lugar certo, mas 'The Rum Diary' não conseguiu adicionar foco suficiente para seu material de origem."[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]