The Strange Case of Mary Page

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Strange Case of Mary Page
Um caso estranho[1] . (PT)
O Enigma de Sangue[2]  (BR)
 Estados Unidos
1916 • P&B • 15 capítulos min 
Direção J. Charles Haydon
Elenco Henry B. Walthall
Edna Mayo
Gênero Filme policial
Idioma filme mudo, com intertítulos em inglês
Estúdio Essanay Company
Distribuição The General Film Company
Lançamento Estados Unidos 24 de janeiro de 1916
Portugal 22 de julho de 1918
Página no IMDb (em inglês)

The Strange Case of Mary Page é um seriado estadunidense de 1916, no gênero policial, dirigido por J. Charles Haydon. O seriado, produzido em Chicago pela Essanay Company, veiculou nos cinemas entre 24 de janeiro e 1 de maio de 1916, e atualmente é considerado perdido[3] . Foi o único seriado produzido pela Essanay Company.[4]

Em 1916, Frederick Lewis lançou o livro The Strange Case Of Mary Page, com cenas do seriado e ilustrações de Fanny Munsell, pela Grosset e Dunlap (Nova York).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Contado em flashbacks, o seriado retrata o assassinato de um empresário teatral (Sydney Ainsworth). Edna Mayo interpreta Mary Page, uma esperançosa garota do show business, acusada do assassinato, e Henry B. Walthall, o seu namorado, passa a ser um advogado de defesa notável. O futuro astro de Western Edmund Cobb aparece no elenco de apoio, que também inclui Harry Dunkinson como um gerente de palco e John Cossar como promotor.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Capítulos[editar | editar código-fonte]

  1. The Tragedy
  2. The Trail
  3. The Web
  4. The Mark
  5. The Alienist
  6. The Depths
  7. A Confession
  8. The Perjury
  9. The Accusing Eye
  10. The Clue
  11. The Raid
  12. The Slums
  13. Dawning Hope
  14. Recrimination
  15. The Verdict

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]