The Stray Cats

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stray Cats
Stray cats - live in gijon 1.jpg
Stray Cats ao vivo em Gijón em 24 de Julho de 2004
Informação geral
Origem Long Island, NY
País  Estados Unidos
Gênero(s) Rockabilly
Rock and Roll
Período em atividade 1979 – presente
Gravadora(s) Arista, EMI Music (EUA)
Afiliação(ões) Brian Setzer Orchestra, Phantom, Rocker & Slick
Integrantes Brian Setzer
Lee Rocker
Slim Jim Phantom

Stray Cats é uma banda estadunidence de neo-rockabilly formada em 1979 pelo guitarrista/vocalista Brian Setzer e seus colegas de escola Lee Rocker (Leon Drucker) e Slim Jim Phantom (James McDonnell). O grupo teve vários sucessos no Reino Unido e nos Estados Unidos no começo dos anos 80.

Depois de sua primeira separação em 1984, a banda vem reunindo-se esporadicamente; mais recentemente em 2004, lançando Live in Brixton, álbum de versões ao vivo de muitas de suas primeiras canções.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formação e sucesso rápido no Reino Unido[editar | editar código-fonte]

Os Stray Cats foram formados na cidade de Massapequa, Long Island. O seu som retro, estilo anos 50, não agradou muito ao público. No verão de 1980 o grupo decidiu partir para a Inglaterra, onde o movimento revival do rockabilly estava começando a emergir.

Depois de um espectáculo em Londres, os Stray Cats encontraram-se com o produtor Dave Edmunds, conhecido como um entusiasta das raízes do rock por seu trabalho com a Rockpile e como artista solo. Edmunds ofereceu-se para trabalhar com o grupo, e eles entraram em estúdio para gravar um álbum homónimo, lançado na Inglaterra em 1981 pela Arista Records. O sucesso do disco foi imediato e o mesmo produziu três êxitos: "Runaway Boys", "Rock This Town" e "Stray Cat Strut". O álbum seguinte, Gonna Ball, não foi tão bem recebido, tendo sido marcado por fortes críticas negativas. Os Stray Cats decidiram retornar aos Estados Unidos e divulgar seu trabalho por lá.

Retorno aos E.U.A[editar | editar código-fonte]

Os Stray Cats assinaram contrato com a EMI America, e em 1982 lançaram seu álbum de estréia norte-americano, Built for Speed, uma compilação dos seus dois LPs britânicos.

Ajudados por uma divulgação maciça na recém-lançada MTV, "Rock This Town" e "Stray Cat Strut" chegaram ao Top Ten norte-americano, mais de um ano depois de aparecerem nos escaparates britânicos. Como resultado, Built for Speed foi um grande sucesso, e os Stray Cats passaram a ser vistos como mestres do estilo retro. O seu segundo álbum norte-americano, Rant n' Rave With the Stray Cats, foi lançado em 1983 e produziu outro êxito no Top Ten com "(She's) Sexy + 17", assim como um sucesso menor com a balada estilo doo-wop "I Won't Stand in Your Way".

Separação e reuniões subsequentes[editar | editar código-fonte]

Conflitos pessoais começaram a surgir causados pela maneira como os músicos lidaram com o sucesso; Phantom casou-se com a atriz Britt Ekland, enquanto Setzer fazia participações especiais com astros como Bob Dylan e Stevie Nicks, além de se tornar guitarrista do projeto The Honeydrippers de Robert Plant. No fim de 1984, Setzer acabou com a banda depois de várias alterações.

Em 1986 os Stray Cats reuniram-se novamente em Los Angeles, gravando um álbum de covers chamado Rock Therapy, que não vendeu muito bem.

O trio voltou aos seus respectivos projetos pós-Stray Cats, lançando álbuns de pouco sucesso. Em 1989, eles reuniram-se mais uma vez para lançar Blast Off, que foi acompanhado por uma digressão com Stevie Ray Vaughan. Abandonando a EMI, a banda entrou em estúdio com Nile Rodgers para gravar Let’s Go Faster, lançado pela Liberation em 1990. Em 1992 lançam o álbum Choo Choo Hot Fish e no ano seguinte mais um álbum de covers, Original Cool, quando o grupo separou-se novamente.

Apesar da pouca repercussão de seus álbuns nos anos 90, o grupo reúne-se periodicamente para apresentações ao vivo. Em 2004 reuniram-se novamente gravando o disco e dvd Rumble in Brixton, último lançamento oficial até o momento. .

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • Stray Cats (1981)
  • Gonna Ball (1981)
  • Built for Speed (1982)
  • Rant N' Rave with the Stray Cats (1983)
  • Rock Therapy (1986)
  • Blast Off! (1989)
  • Let's Go Faster! (1990)
  • Choo Choo Hot Fish (1992)
  • Original Cool (1993)
  • Rumble in Brixton (2004)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 1980 "Runaway Boys" - # 9 UK
  • 1981 "Rock This Town" - # 9 US/ # 9 UK
  • 1981 "Stray Cat Strut" - # 3 US/ # 11 UK
  • 1981 "The Race Is On" - # 34 UK
  • 1981 "You Don't Believe Me" - # 57 UK
  • 1983 "(She's) Sexy And 17" - # 5 US/ # 29 UK
  • 1983 "I Won't Stand In Your Way" - # 35 US
  • 1989 "Bring It Back Again" - # 64 UK

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre The Stray Cats
Flag of the United States.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical dos Estados Unidos, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.