The The

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The The
Informação geral
Origem Inglaterra
País  Reino Unido
Gênero(s) New wave, Música alternativa
Período em atividade 1979 - presente
Gravadora(s) 4AD
Some Bizzare Records
Interscope Records
Integrantes Matt Johnson, Eric Schermerhorn e Earl Harvin
Ex-integrantes Johnny Marr
Keith Laws
James Eller
D.C. Collard
Dave Palmer
Eric Schermerhorn
Earl Harvin
Jim Fitting

The The é um grupo de música e multimedia Inglês que existe desde 1979 em várias formas, sendo Matt Johnson o único membro constante da banda. Os The The não lançam álbuns com muita regularidade mas ao longo dos anos já venderam vários milhões de discos pelo mundo fora.

Dada a época em que surgiram os The The o grupo está classificado no artigo em Inglês como New Wave mas quanto a estilos deambulou muito, de músicas psicadélicas no "Burning Blue Soul" a Synthpop no Soul Mining, a músicas inclassificáveis nesse e noutros discos a rock no NakedSelf. Talvez por isso o Matt Johnson e os The The não são habitualmente referidos como elementos importantes da história de qualquer movimento musical. Os sucessos de venda não foram tão estrondosos que os tornassem incontornáveis na história da indústria discográfica. Mas a inteligente abordagem de Matt Johnson à composição; o seu trabalho que é resultado genuíno da sua observação perspicaz de si próprio e do mundo, não algo plástico para se moldar à moda do momento; a profundidade e intensidade da sua obra; o enorme talento que ele e outros membros do grupo demonstraram fazem de The The uma referência essencial do século XX e início do XXI.

História[editar | editar código-fonte]

Johnson criou a primeira versão da banda em 1979, com o teclista Keith Laws. O grupo, depois de tocar na abertura de um concerto dos Scritti Politti, lançou o primeiro single "Controversial Subject", editado pela 4AD em 1980. Um ano depois contribuíu com uma música para a compilação "Some Bizarre Album da editora Some Bizarre Records .

Em 1981 Johnson lançou o disco "Burning Blue Soul" que, apesar de ser tecnicamente um disco a solo do Matt Johnson (e foi lançado em seu nome), é frequentemente considerado o primeiro álbum de The The. No disco participaram Matt Johnson e vários músicos underground britânicos, incluindo membros dos Wire.

Em 1982 The The tinha-se tornado um projecto a solo de Matt Johnson, variando os outros músicos. Nesse ano foi gravado o álbum The Pornography of Despair mas não lançado.

Em 1983 a banda lançou o álbum Soul Mining incluindo o single "This Is the Day", gravado com o Zeke Manyika da Orange Juice's , o pianista Jools Holland e a lenda de culto Thomas Leer.

O álbum seguinte da banda, Infected, foi em parte um resultado da análise do estado da vida urbana moderna na Grã-Bretanha. O álbum foi lançado em 1986, com Johnson e músicos como Neneh Cherry, Art of Noise's Anne Dudley, Steve Hogarth (vocalista dos Marillion desde 1989) e Roli Mosimann dos Swans', entre outros. Foi acompanhado de um VideoCD com telediscos de todas as músicas e deu origem ao primeiro single de sucesso na Grã-Bretanha: "Heartland".

The The tinha novamente elementos estáveis quando foi lançado o seguinte álbum, Mind Bomb, em 1989, com o Matt Johnson, a cantora irlandesa Sinéad O'Connor, o guitarrista ex-Smiths Johnny Marr, o baixista James Eller e o baterista ex-ABC Dave Palmer. Dele foi extraido um single de sucesso moderado na Grã-Bretanha: "The Beat(en Generation".

Os mesmos elementos criaram o seguinte álbum Dusk, lançado em 1993, que originou 3 singles de sucesso: "Love Is Stronger Than Death", "Slow Emotion Replay", e "Dogs of Lust".

Com uma nova formação, em 1995, foi lançado o álbum Hanky Panky, que foi um disco de interpretações de originais do músico coutry Hank Williams, tendo umas música mais do que outras sido transformadas em rock; dele resultou mais um single de sucesso: "I Saw the Light". A banda era então constituída por Matt Johnson, guitarrista Eric Schermerhorn, keyboardista D.C. Collard, harmonica por Jim Fitting e o baterista Brian MacLeod.

Já depois do Collard abandonar a banda saiu o álbum NakedSelf em 2000.

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros actuais[editar | editar código-fonte]

Membros do passado[editar | editar código-fonte]

Discografia[editar | editar código-fonte]

O grupo mudou da editora Sony para a Interscope com o disco NakedSelf.

Singles[editar | editar código-fonte]

Ano Título Posição na tabela Álbum
US Hot 100 US Modern Rock US Mainstream Rock UK
1980 Controversial Subject - - - - -
1981 Cold Spell Ahead - - - - -
1982 Uncertain Smile - - - #68 Soul Mining
1983 Perfect - - - - Soul Mining
1983 This Is the Day - - - #71 Soul Mining
1986 Heartland - - - #29 Infected
1986 Infected - - - #48 Infected
1987 Slow Train To Dawn - - - #64 Infected
1987 Sweet Bird Of truth - - - #55 Infected
1989 The Beat(en) Generation - #13 - #18 Mind Bomb
1989 Armageddon Days Are Here (Again) - - - - Mind Bomb
1989 Gravitate to Me - #15 - - Mind Bomb
1989 Kingdom of Rain - #16 - - Mind Bomb
1990 Jealous of Youth - #7 - - Solitude
1991 Shades Of Blue EP - - - - -
1993 Dogs of Lust - - - #25 Dusk
1993 Slow Emotion Replay - - - #35 Dusk
1993 Love Is Stronger Than Death - - - #39 Dusk
1994 Dis-Infected EP - - - #17 -
1995 I Saw the Light - - - #31 Hanky Panky
1999 Shrunken Man - - - - Naked Self

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Flag of the United Kingdom.svgGuitarra masc.png Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Reino Unido, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.