The Theory of Everything

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Theory of Everytihing
Álbum de estúdio de Ayreon
Lançamento 2013
Gravação 2012-2013[1]
Gênero(s) Metal progressivo
Duração 1:29:54[2]
Gravadora(s) InsideOut Music
Produção Arjen Anthony Lucassen
Cronologia de Ayreon
Último
Último
Timeline
(2008)
Próximo
Próximo

The Theory of Everytihing é o oitavo álbum do projeto musical holandês Ayreon, do multi-instrumentista Arjen Anthony Lucassen.

Como em quase todos os álbuns do projeto, The Theory of Everythig é um álbum conceitual com vários personagens, cada qual interpretado por um vocalista. O álbum antecessor, 01011001, lançado há cinco anos, concluiu o enredo original do projeto, fazendo deste, portanto, o início de uma nova história. Contudo, enquanto os outros álbuns abordavam histórias em ambientes de ficção científica (exceto The Human Equation, que acontece dentro da mente humana), The Theory of Everythig se desenrola em um contexto realista.[2]

Como em todos os álbuns anteriores, vários vocalistas e instrumentistas foram convidados para tocar no disco.O álbum é composto de quatro longas faixas divididas em vários segmentos,com cada faixa com mais de 20 minutos para um total de quase uma hora e meia de música.[3] O número total de segmentos é 42,sendo este reconhecido pelo próprio Lucassen como uma referência direta à The Hitchhiker's Guide to the Galaxy sobre o número 42: a resposta para a pergunta fundamental sobre a vida,o universo e tudo mais.[4]

Produção[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento de 01011001, Arjen parou de trabalhar no Ayreon para se focar em outras atividades, especialmente porque alguns críticos teriam afirmado que o álbum não oferecia nada de novo.[5]

Ele então lançou três álbuns: On This Perfect Day, o primeiro de seu então novo projeto Guilt Machine; Victims of the Modern Age, o segundo do Star One; e Lost in the New Real, o seu segundo solo.[6] [7]

Em 23 de agosto de 2012, Arjen postou em seu canal no YouTube que estava trabalhando em um novo projeto,[1] que, em 9 de outubro foi revelado como um novo álbum do Ayreon, planejado para 2013. [8] Em 26 de março de 2013, Arjen anunciou o nome do novo disco: The Theory of Everything, que será duplo.[9] Desde então, Arjen foi relevando aos poucos alguns dos músicos convidados para tocar no disco.

Durante as gravações, Arjen se feriu no cotovelo. De acordo com ele, o ferimento é sério e precisará de uma cirurgia, com 70/80% de chance de sucesso. Contudo, ele escolheu não ser operado imediatamente porque isso atrasaria o lançamento do disco, e prosseguiu com as gravações a despeito da dor.[10]

Lucassen descreveu o álbum como "menos pesado e mais instrumental do que 01011001",citando os filmes Uma Mente Brilhante e Rain Man como inspirações para as letras.[3]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as letras escritas por Arjen Anthony Lucassen. todas as músicas compostas por {{{toda_música}}}.

CD 1
N.º Título Duração
1. "Phrase I: Singularity"
  • I. "Prologue: The Blackboard"
  • II. "The Theory of Everything Part 1"
  • III. "Patterns"
  • IV. "The Prodigy's World"
  • V. "The Teacher's Discovery"
  • VI. "Love and Envy"
  • VII. "Progressive Waves"
  • VIII. "The Gift"
  • IX. "The Eleventh Dimension"
  • X. "Inertia"
  • XI. The Theory of Everything Part 2"  
23:29
2. "Phase II: Symmetry"
  • XII. "The Conclusion"
  • XIII. "Diagnosis"
  • XIV. "The Argument 1"
  • XV. "The Rival's Dilemma"
  • XVI. "Surface Tension"
  • XVII. "A Reason to Live"
  • XVIII. "Potential"
  • XIX. "Quantum Chaos"
  • XX. "Dark Medicine"
  • XXI. "Alive!"
  • XXII. "The Prediction""  
21:31
CD 2
N.º Título Duração
1. "Phase III: Entanglement"
  • I. "Fluctuations"
  • II. "Transformations"
  • III. "Collision"
  • IV. "Side Effects"
  • V. "Frequency Modulation"
  • VI. "Magnetism"
  • VII. "Quid Pro Quo"
  • VIII. "String Theory"
  • IX. "Fortune ?""  
22:34
2. "Phase IV: Unification"
  • X. "Mirror of Dreams"
  • XI. The Lighthouse
  • XII. "The Argument 2"
  • XIII. "The Parting"
  • XIV. "The Visitation"
  • XV. "The Breaktrough"
  • XVI. "The Note"
  • XVII. "The Uncertainty Principle"
  • XVIII. "Dark Energy"
  • XIX. "The Theory of Everything Part 3"
  • XX. "The Blackboard (Reprise)"
  • XXI. "Alive!"
  • XXII. "The Prediction""  
22:20

Músicos[editar | editar código-fonte]

Vocalistas[11]
Instrumentistas[11]

Referências

  1. a b Hoek. "Arjen Lucassen starts composing new project", Facebook, 23 de agosto de 2012. Página visitada em 23 de agosto de 2013. (em Inglês)
  2. a b "New Ayreon release THE THEORY OF EVERYTHING", Arjen Lucassen's official website. Página visitada em 9 de setembro de 2013. (em Inglês)
  3. a b "Lucassen answering a fan", Arjen Lucassen's official website. Página visitada em 09 September 2013. (em English)
  4. https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10151535125651152&set=a.114351896151.107682.109887886151&type=1
  5. Begai, Carl (12 de abril de 2009). AYREON – When The Lights Go Down Carl Begai. Visitado em 14 de abril de 2009. Cópia arquivada em 17 de abril de 2009.
  6. Arjen unveils new project: Guilt Machine Arjen A. Lucassen official website (23 de fevereiro de 2009). Visitado em 23 de fevereiro de 2009. Cópia arquivada em 19 de fevereiro de 2009.
  7. Arjen's solo album title and cover art revealed Arjen A. Lucassen official website (23 defevereiro de 2012). Visitado em 23 de fevereiro de 2012.
  8. Arjen Lucassen announces a new AYREON for 2013 Muziekexpress (9 de outubro de 2012). Visitado em 27 de agosto de 2013.
  9. Next Ayreon album title – THE THEORY OF EVERYTHING
  10. Photo album – 27 May
  11. a b New Ayreon album trailer -- The Theory of Everything
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Ayreon é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.