The Thin White Line

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Then Thin White Line"
1º episódio da 3ª temporada de Family Guy
Brian é exposto à cocaína, e consequentemente, fica viciado.
Informação geral
Escrito por: Steve Callaghan
Direcção Glen Hill
Código de produção 2ACX17
Exibição original 11 de julho de 2001
Convidados

Carlos Alazraqui como Sr. Weed
Thomas Dekker
June Foray como Rocket J. Squirrel
Leif Garrett como ele mesmo
Haley Joel Osment como a criança
Nicole Sullivan
Wally Wingert

Cronologia
Último
Último
"Fore Father"
"Brian Does Hollywood"
Próximo
Próximo
Family Guy (terceira temporada)
Lista de episódios de Family Guy

"The Thin White Line" (em português, "A Tênue Linha Branca") é o primeiro episódio da terceira temporada da série de comédia animada Uma Família da Pesada. Originalmente, foi exibido na Fox dos Estados Unidos em 11 de julho de 2001. Mostra Brian depois que se junta à força policial para farejar drogas, e acaba se tornando viciado; rapidamente se encontra em uma baixa depois de tentar confrontar com seu novo vício.

O episódio foi escrito por Steve Callaghan e dirigido por Glen Hill. Possui como convidados Carlos Alazraqui, Thomas Dekker, June Foray, Leif Garrett, Haley Joel Osment, Nicole Sullivan e Wally Wingert, juntamente com vários dubladores de personagens secundários da série.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Em um piquenique da empresa, Sr. Weed, o chefe de Peter, anuncia uma competição em que ele irá caçar os empregados com dardos tranquilizantes. Depois de ser atingido várias vezes pelos tranquilizantes, mas ainda ficando consciente, Peter vence a competição e ganha férias pagas. Enquanto a família se prepara para ir em um cruzeiro, Joe reconhece o poder do olfato de Brian e lhe oferece um emprego como cão policial para farejar drogas. Mais tarde, após acabar com um grupo de anões que se disfarçavam de crianças na escola dominical, os policiais vão ao aeroporto, onde Brian fareja uma pessoa que, secretamente, carregava cocaína, o que aumentou a reputação do cão. No entanto, ele acidentalmente inala a droga, depois de golpear os criminosos, e fica viciado.

O vício de Brian vai se tornando cada vez pior, até que ele finalmente ataca um homem no aeroporto, tentando encontrar "o escondido", e é expulso da força policial, quando nada é encontrado. Retorna para casa à noite com uma prostituta chamada Tina, e aterroriza a família antes de passar toda a noite fora. Na manhã seguinte, os Griffins levam Brian no seu psiquiatra, onde ele sofre uma queda emocional, e decide-se que o cão irá para um centro de reabilitação, pago com o dinheiro da viagem. Peter, contudo, decide ir com Brian no centro, já que não pôde viajar. Ele acha que o local é um hotel, e por isso, gasta o tempo bebendo cerveja e agindo como idiota, embora o animal lembre-o que está em reabilitação por causa das drogas. Peter causa agitação entre os pacientes ao redor ao causar nascimentos prematuros dos bebês das jovens precocemente grávidas, e dando drogas aos viciados em troca de comida. Por último, o gerente acusa Peter de ser o "fator x" de Brian, a razão pela qual se viciou em drogas, e Brian, com desgosto, defende o amigo.

Após deixar o centro, Brian choca a família ao afirmar que estará deixando Quahog para viver com seu primo, Jasper, na Califórnia. Mesmo não concordando, ninguém da família impede que isso aconteça. Os próximos acontecimentos ocorrem na segunda parte do episódio, "Brian Ataca Hollywood", onde o cão decide viver a vida como criador de filmes e escritor.[1] [2]

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Produção[editar | editar código-fonte]

A man with brown hair, leans forward slightly to speak into a microphone. There is a vague symbol behind him.
Steve Callaghan escreveu o episódio.

O episódio foi escrito por Steve Callaghan, que se tornaria no futuro um colaborador frequente, e dirigido por Glen Hill, que deixou a série depois que completou este episódio.[3]

Originalmente, iria ser exibido como o final da segunda temporada, sendo o próximo episódio a abertura da terceira temporada; com o embaralhar da programação da Fox, o planejado não aconteceu.[4]

Juntamente com o elenco habitual, o comediante e dublador Carlos Alazraqui, o ator Thomas Dekker, a atriz June Foray, o ator Leif Garrett e Haley Joel Osment e os dubladores Nicole Sullivan e Wally Wingert participaram como convidados no episódio. Entre os dubladores de personagens secundários, Danny Smith e Patrick Warburton participaram fazendo pequenas aparições.

O episódio também contou com a primeira aparição do Surdo Engraçado, dublado por Mike Henry. O personagem aparece no piquenique da empresa de Peter, correndo de Peter e dos outros empregados.

Referências culturais[editar | editar código-fonte]

  • O título do episódio é uma referência ao The Thin Blue Line, um emblema da força policial. A tênue linha branca também descreve um método de expelir a cocaína.
  • Brian leva um homem cego para o cinema para assistir A Bruxa de Blair.
  • Em uma parte, mostra-se As Aventuras de Rocky e Bullwinkle.
  • Peter canta o tema de Charles in Charge em um flashback de "quando ele era um guarda de segurança do ex-Beatle, George Harrison", completamente alheio ao fato de que um intruso está bem atrás dele. Esta é uma referência ao ataque que ocorreu na casa de Harrison, em 31 de dezembro de 1999.

Referências

  1. a b Family Guy: The Thin White Line AMC (29 de outubro de 2009). Página visitada em 29-10-2009.
  2. IGN: The Thin White Line IGN (29 de outubro de 2009). Página visitada em 29-10-2009.
  3. Mark Hentemann and Steve Callaghan Take Over Family Guy MovieWeb (2 de setembro de 2009). Página visitada em 29-10-2009.
  4. 'Family Guy: The Official Episode Guide Seasons 1–3'. [S.l.]: New York: HarperCollins, 2005. 128–131 pp.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por:
Fore Father
Family Guy (terceira temporada) Sucedido por:
Brian Does Hollywood