The Vampire Armand

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O Vampiro Armand
Autor (es) Anne Rice
Idioma inglês
País Estados Unidos
Género Terror
Série Crônicas Vampirescas
Editora Alfred A. Knopf
Lançamento 10 de outubro de 1998
Páginas 387 (edição em capa-dura) & 400/520 (edição em brochura)
ISBN ISBN 978-0679454472 (edição em capa-dura)
Cronologia
Último
Último
Memnoch the Devil
Merrick
Próximo
Próximo

O Vampiro Armand (The Vampire Armand) (1998) é o sexto livro da série Crônicas Vampirescas de Anne Rice.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Relata a vida de Armand (ou Amadeo), desde sua infância até sua passagem por Constantinopla, onde é vendido como escravo pelos tártaros. Nessa narrativa, Armand conta também a David Talbot o que aconteceu durante a sua estadia com o vampiro Marius de Romanus, em Veneza durante a época da Renascença, onde acaba por torna-se um ser imortal.

No livro Blood and Gold (2001), é contada em detalhes a captura de Armand, e sua permanência no culto satânico dos vampiros, do qual, mais tarde se torna líder.

Armand, Amadeo, Andrei, este livro conta a história de um dos personagens centrais da saga das Crônicas Vampirescas de Anne Rice.

A história continua exatamente onde acaba Memnoch the Devil e explica o que parecia ter sido a morte de Armand nesse romance (que lança-se ao Sol depois de ver o véu manchado com o sangue de Jesus, que Lestat traz de sua viagem pelos infernos). Armand na verdade não morre e é salvo pela intervenção de dois mortais, Sybelle e Benji.

A maneira como são narradas as experiências de Armand, Amadeo, ou Andrei (esses são seus três nomes) é construído a partir do desejo de David Talbot de escrever um livro de memórias de Armand, a que Armand acaba concordando e então começa toda a história que será narrada.

A razão porque seu nome vem mudando está diretamente relacionada com as fases de sua vida: foi Andrei em sua Rússia natal, antes de ser sequestrado; Marius rebatiza-o de Amadeo (que significa amado por Deus) e, finalmente, Santino, o chefe da seita dos vampiros fanáticos que o captura em Veneza, atribuí-lhe o nome de Armand, que será o seu nome em definitivo.

Armand, transformado em vampiro pelo grande Marius na idade de 17 anos, é um jovem de aparência quase feminina, a quem todos parecem estar dispostos a perdoar e a amar por uma beleza que é considerada uma graça divina. Torturado pela crença de que Marius tinha sido exterminado por outros vampiros, passa a fazer parte de um grupo de vampiros do qual torna-se um de seus líderes, no momento em que acaba de se encontrar com Louis de Pointe du Lac (o Louis, que foi interpretado por Brad Pitt) e com Lestat.