The Virtue of Selfishness

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Virtue of Selfishness: A New Concept of Egoism
Autor (es) Ayn Rand
Idioma inglês
País Estados Unidos
Assunto Filosofia, Sociologia
Género ensaios
Lançamento 1964
ISBN 0-451-16393-1

The Virtue of Selfishness: A New Concept of Egoism é uma coleção de ensaios publicada em 1964 por Ayn Rand e Nathaniel Branden. A maioria dos ensaios fizeram parte da The Objectivist Newsletter, exceto "The Objectivist Ethics", que foi um paper que Rand entregou à Universidade de Wisconsin durante um simpósio sobre a "Ética de nosso tempo" (Ethics in Our Time).[1] O livro contém vários temas sobre o Objetivismo, filosofia criada por Ayn Rand. Alguns dos ensaios abordam o egoísmo como um código racional de ética e sobre o potencial destrutivo do altruísmo, bem como a natureza de um governo adequado.

O livro tornou-se uma das obras de não-ficção mais vendidas de Rand, vendendo mais de 400.000 cópias nos primeiros quatro meses de seu lançamento,[1] [2] e mais de 1,25 milhão de cópias até 2008.[3]

A obra foi traduzida para o português por um editora independente de Porto Alegre em 1991.

Significado do termo "egoísmo"[editar | editar código-fonte]

A caracterização do egoísmo como uma virtude, inclusive incluindo-o no título, é um dos elementos mais controversos do livro. O filósofo Chandran Kukathas disse que a posição de Rand sobre esse ponto trouxe-lhe notoriedade, mas a manteve fora do intelectual mainstream.[4] Na introdução do livro, Rand reconheceu que o termo "egoísmo" não era normalmente usado para descrever um comportamento virtuoso, mas insistiu que seu uso era consistente com o significado mais preciso do termo, significando simplesmente como "a preocupação com os interesses próprios de cada um." [5]

O professor de filosofia Stephen Hicks escreveu na Internet Encyclopedia of Philosophy que o "título provocativo" de Rand foi acompanhado por "uma tese igualmente provocativa sobre ética".[6]

Referências

  1. a b Burns, Jennifer. Goddess of the Market: Ayn Rand and the American Right. Nova York: Oxford University Press. ISBN 978-0-19-532487-7 OCLC 313665028
  2. Gladstein, Mimi Reisel. The New Ayn Rand Companion. Westport, Connecticut: Greenwood Press. ISBN 0-313-30321-5 OCLC 40359365
  3. Ayn Rand Institute: Sales of Ayn Rand Books Reach 25 million Copies (7 de abril de 2008). Página visitada em 8 de agosto de 2013.
  4. Kukathas, Chandran (1998). "Rand, Ayn (1905–82)". Routledge Encyclopedia of Philosophy 8. Nova York: Routledge. 55–56. ISBN 0-415-07310-3 OCLC 318280731. 
  5. Rand, Ayn. The Virtue of Selfishness. Nova York: New American Library. ISBN 0-451-16393-1 OCLC 28103453
  6. Hicks, Stephen R. C.. Ayn Rand (1905–1982). Internet Encyclopedia of Philosophy. Página visitada em 17 de março 2014.


Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.