The Winter's Tale

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Conto do Inverno

Conto do Inverno (no original em inglês, The Winter's Tale) é uma peça de teatro do gênero comédia ou traquicomédia) criada por William Shakespeare entre 1610 e 1611.

Personagens[editar | editar código-fonte]

  • LEONTES, Rei da Sicília.
  • MAMÍLIO, jovem Príncipe da Sicília.
  • CAMILO, nobre da Sicília.
  • ANTIGONO, nobre da Sicília.
  • CLEÓMENES, nobre da Sicília.
  • DION, nobre da Sicília.
  • POLÍXENES, Rei da Boêmia.
  • FLORIZEL, seu filho.
  • ARQUÍDAMO, um nobre da Boêmia.
  • UM MARINHEIRO.
  • UM CARCEREIRO.
  • UM VELHO PASTOR, pai putativo de Perdita.
  • O BOBO, seu filho.
  • Um Criado do velho pastor.
  • AUTÓLICO, um mariola.
  • HERMÍONE, esposa de Leontes.
  • PERDITA, filha de Leontes e de Hermíone.
  • PAULINA, esposa de Antígono.
  • EMÍLIA, uma dama, do serviço da rainha.
  • MOPSA, Pastora.
  • DORCAS, Pastora.

Sinópse[editar | editar código-fonte]

Com ciúmes do amigo Polixeno, o rei Leonte mandou prender sua esposa, Hermíone. Na cadeia, ela teve uma filha que o rei abandonou. A menina, chamada Perdita, salvou-se e Hermíone morreu na prisão. Anos depois, o filho de Polixeno se apaixonou por Perdita, mas Polixeno foi contra o relacionamento com uma plebéia. Os jovens se refugiaram na corte de Leonte que reconheceu a filha perdida. Leonte arrependeu-se do passado e implorou perdão, revelando seu remorso pela morte de Hermíone. Hermíone reapareceu, revelando que ainda vivia. Perdita e Hermíone se reconciliaram com Leonte. Polixeno permitiu o casamento dos jovens e também se reconciliou com o velho amigo.


Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.