The Woman in the Window

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Woman in the Window
Um retrato de mulher (BR)
The Woman in the Window 3.JPG
 Estados Unidos
1945 • cor • 99 min 
Direção Fritz Lang
Roteiro Nunnally Johnson
Elenco Edward G. Robinson
Joan Bennett
Raymond Massey
Dan Duryea
Género policial / suspense / filme noir
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Woman in the Window (br: Um retrato de mulher) é um filme estadunidense de 1944, do gêneros suspense e drama policial (filme noir), dirigido por Fritz Lang. Baseado em obra de J. H. Wallis (Once Off Guard), o filme é também a primeira produção independente do roteirista e futuro diretor Nunnally Johnson.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Professor assistente de psicologia de meia-idade, amigo de promotor e médico, manda a esposa e filhos passarem as férias fora, ficando sozinho em casa. Logo no primeiro dia, ao passar pela vitrine de uma galeria de artes, fica atraído pela imagem de uma bela mulher retratada num quadro emoldurado. À noite, ao passar novamente pela imagem, conhece a mulher em pessoa, e acaba resolvendo tomar uns drinques no apartamento dela. Mas é surpreendido pelo violento amante da mulher que chega de surpresa e, enciumado, o ataca. Depois de uma rápida luta, o professor mata o seu atacante a golpes de tesoura. Desesperado pra se safar e também livrar a mulher, decide esconder o corpo em um lugar afastado. Mas não sabe que o morto era um homem importante, e que estava sendo seguido por um guarda-costas e ex-criminoso, que vai procurar chantagear o professor e a mulher ameaçando contar à polícia o que sabe.

Elenco[editar | editar código-fonte]

  • Edward G. Robinson .... Professor Richard Wanley
  • Joan Bennett .... Alice Reed
  • Raymond Massey .... Promotor Frank Lalor
  • Edmund Breon .... Dr. Michael Barkstane
  • Dan Duryea .... Heidt / Tim, o porteiro
  • Thomas E. Jackson .... Inspetor Jackson
  • Dorothy Peterson .... Senhora Wanley

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
  • Apesar da história sórdida envolvendo personagens de moral ambígua, o filme foi amenizado e teve uma cena final completamente destoante, para fins de se adequar ao moralismo vigente à época.
  • O filme é apontado como um responsável direto pelo surgimento da expressão filme noir, cunhado por uma revista francesa em 1946. Outros filmes relacionados pela crítica da época como exemplares desse novo estilo foram The Maltese Falcon (1941), Double Indemnity (1944), Laura (1944) e Murder, My Sweet (1944).
  • Os cinéfilos citam como famosa a fala do professor Wanley, típica desse gênero de filmes: "-There are only three ways to deal with a blackmailer. You can pay him and pay him and pay him until you’re penniless. Or you can call the police yourself and let your secret be known to the world. Or you can kill him." Em tradução livre: "-Existem apenas três maneiras de se lidar com um chantagista: Você pode pagar, pagar e pagar até ficar sem nada. Ou então chamar a polícia e deixar seu segredo ficar conhecido pelo mundo todo. Ou então você pode matá-lo."

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]