The Zap Gun

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
The Zap Gun
Autor (es) Philip K. Dick
Idioma português
País Portugal
Género ficção científica
Série Colecção Argonauta 342
Arte de capa A. Pedro (Argonauta)
Tradutor Eurico da Fonseca (Argonauta)
Editora "Livros do Brasil"
Lançamento 1967 (edição estadunidense)
Páginas 212 (Argonauta)
Cronologia
Último
Último
Regresso ao mundo do rio/2
Universos paralelos
Próximo
Próximo

The Zap Gun (A arma impossível, Colecção Argonauta nº 342), é um romance de ficção científica escrito por Philip K. Dick. Embora seja uma obra menor do autor, e, até certo ponto, datada (transcorre no início do século XXI, num mundo ainda dividido entre Leste e Oeste), "The Zap Gun" nos lembra que o medo da guerra pode ser um ótimo substituto para a própria guerra.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 2004, a corrida armamentista entre as superpotências capitalista e comunista converteu-se numa farsa que envolve a produção de armas fictícias vendidas como bens de consumo para a população em geral. O precário equilíbrio parecia transcorrer às mil maravilhas, até o dia em que misteriosos alienígenas resolveram colocar as "armas de fachada" à prova. E então descobrem, para desespero dos humanos, que o tigre era mesmo de papel...

Ver também[editar | editar código-fonte]

Do mesmo autor, em português:

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • DICK, Philip K. A arma impossível. Lisboa: Livros do Brasil, 1985.