Theophanis Lamboukas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Théo Sarapo
Informação geral
Nome completo Theophanis Lamboukas
Nascimento 26 de Janeiro de 1936
Local de nascimento Paris
França
Data de morte 28 de Agosto de 1970 (34 anos)
Local de morte Limoges
Gênero(s) Canção Francesa
Ocupação(ões) Cantor
Período em atividade 1961 - 1970
Outras ocupações Cabeleireiro
Afiliação(ões) Edith Piaf

Theophanis Lamboukas, conhecido pelo seu nome artístico de Théo Sarapo (Paris, 26 de Janeiro de 1936 – Limoges, 28 de Agosto de 1970) foi um cantor francês e último marido de Edith Piaf.

Sarapo foi inicialmente um cabeleireiro, tendo mais tarde abraçado a carreira de actor e cantor. Apresentado por Claude Figus a Edith Piaf, casou-se com ela aos 26 anos enquanto Edith tinha 46 anos e a saúde já fortemente debilitada (viria a morrer um ano e um dia depois a 10 de outubro de 1963), o que causou escândalo em França.

Ainda em 1962, Sarapo e Piaf obtiveram um enorme sucesso com a canção À quoi ça sert l’amour. O seu casamento com Piaf também permitiu à sua irmã, Christie Laume [1] se lançar no mundo da canção

Após a morte de Piaf, Sarapo herdou cerca de 7 milhões de francos de dívidas, o que levou ao despejo do apartamento que ambos partilharam no Boulevard Lannes em Paris.

Quando começou a cantar com Piaf, Sarapo possuía uma voz muito anasalada. Nos anos seguintes melhorou-a, passando a ter uma voz bastante aveludada. Após a morte de Piaf, Sarapo ainda obteve grandes êxitos com as canções “La maison que ne chante plus” e “Le Jour viendrá” e outros mais modestos com “La ronde” e “Nous n’etions pas pareils”.

Sarapo era um actor e o seu filme mais conhecido foi Judex de Georges Franju que estava a ser rodado quando Edith Piaf faleceu.

Nunca libertou-se da fama de ter aproveitado da influência de Edith Piaf, quando esta estava débil e doente terminal. Sarapo morreu num acidente de automóvel em 28 de Agosto de 1970.

Sarapo está sepultado ao lado de Edith, no cemitério do Père lachaise em Paris

Referências

  1. Biografia THEO SARAPO Christine Laume