Thiago Carleto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Thiago Carleto Alves)
Ir para: navegação, pesquisa
Carleto
Informações pessoais
Nome completo Thiago Carleto Alves
Data de nasc. 24 de março de 1989 (25 anos)
Local de nasc. São Bernardo do Campo (SP),  Brasil
Altura 1,77 m
Canhoto
Informações profissionais
Clube atual Brasil Avaí
Número 6
Posição Lateral-esquerdo
Clubes de juventude
20002007 Brasil Santos
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos (golos/gols)
20072008
2008
20092010
2010
2011
2011
2012
2014
2014
Brasil Santos
Espanha Valencia
Espanha Elche (emp.)
Brasil São Paulo
Paraguai Olimpia (emp.)
Brasil América Mineiro (emp.)
Brasil Fluminense (emp.)
Brasil Ponte Preta (emp.)
Brasil Avaí (emp.)
0016 0000(0)
0001 0000(0)
0008 0000(2)
0022 0000(1)
0003 0000(0)
0015 0000(2)
0019 0000(3)
0004 0000(1)
0002 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 19 de julho de 2014.

Thiago Carleto Alves (São Bernardo do Campo, 24 de março de 1989), mais conhecido apenas por Carleto, é um futebolista brasileiro que atua como lateral-esquerdo. Atualmente, joga pelo Avaí.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Santos[editar | editar código-fonte]

Carleto chegou à Vila Belmiro em 2000 para atuar na categoria mirim. Destaque na base, fez sua primeira aparição como profissional em 11 de abril de 2007, na vitória por 2 a 0 sobre o Juventus pelo Campeonato Paulista. No mesmo ano, pelos juniores, foi titular na Copa São Paulo e nos títulos do Torneio Cidade de Turim e do Campeonato Paulista Sub-20. Em 13 de outubro, participou novamente do time de cima, dessa vez como titular no clássico contra o Palmeiras pelo Campeonato Brasileiro.[1]

Após defender o Santos na Copa São Paulo de 2008, voltou à equipe principal.[2]

Em Novembro de 2008, após se destacar em jogos com o Peixe, assinou pelo Valencia, da Espanha, em um contrato válido até 2014. Foi emprestado ao modesto Elche, da Segunda Divisão Espanhola, para ganhar mais experiência, onde estava se destacando.

Valencia e São Paulo[editar | editar código-fonte]

Mesmo tendo contrato até 2014 com o Valencia, no início de 2010 foi contratado pelo São Paulo, tendo contrato até o meio de 2014. Em sua apresentação, disse que era um sonho realizado jogar no São Paulo, seu clube do coração.[3]

Fez sua estreia contra o Rio Branco, pelo Paulistão 2010, em jogo que o Tricolor venceu por 2 a 1. Algumas semanas depois, em um treinamento, se machucou e teve que operar o joelho esquerdo.[4]

Olimpia e América Mineiro[editar | editar código-fonte]

Em janeiro de 2011, sem muita chance no São Paulo, Carleto é emprestado ao Olimpia, do Paraguai.[5] . Após ficar 4 meses sem receber o salário no Olimpia, Carleto pede a rescisão do contrato. Poucos dias depois, acerta com América Mineiro, novamente por empréstimo.[6] [7] .

Fluminense[editar | editar código-fonte]

Até que, em janeiro de 2012, chegou às Laranjeiras para fazer sombra a Carlinhos. Destaca-se pela potência nos chutes de esquerda e pelos bons cruzamentos.[8] .

Em 4 de Fevereiro de 2012, Carleto arriscou um chute do meio de campo e acertou um golaço, contra o Duque de Caxias sendo o seu segundo gol no Campeonato Carioca, o jogo, válido pela 4ª rodada do estadual, terminou em 1 a 1.[9]

Durante as quartas de final da Copa Libertadores de 2012, o Fluminense jogava seu segundo jogo contra o Boca Juniors e Carleto tinha uma falta para cobrar do meio de campo aos 17 minutos do primeiro tempo.[10] Carleto cobrou a falta desviou em dois marcadores e foi parar dentro do gol fazendo 1 a 0 para o Fluminense. Mas Santiago Silva fez o gol da classificação do Boca aos 45 do segundo tempo.[11] Em 18 de novembro foi vaiado pela torcida após má atuação contra o Cruzeiro em que o Fluminense perdeu por 2 a 0.[12] Carleto fez outro gol contra o Vasco de pênalti em que seu time perdeu por 2 a 1 no Engenhão.[13] Fez seu gol aos 40 minutos do segundo tempo.

Apesar de estar com o contrato de empréstimo próximo do término, Carleto afirmou, em coletiva, que seu objetivo é permanecer no Fluminense em 2013[14] . Os cariocas, porém, não fizeram a opção de compra e o atleta retornou ao São Paulo.[15] [16] Apesar de ter preferido permanecer no Rio, o jogador, depois de uma conversa com o treinador são-paulino, Ney Franco, que o tranquilizou acerca de obter possibilidades em jogar pelas competições que o time disputará em 2013, ficou mais seguro com relação a sua volta ao tricolor paulista.[17]

Retorno ao São Paulo[editar | editar código-fonte]

Se aproveitando da não-recuperação de Cortez, que ainda sentia dores nas coxas, Carleto acabou sendo escalado como titular pelo treinador Ney Franco na estreia são-paulina pelo Paulistão, diante do Mirassol. Dessa forma, o jogador começa 2013 entre os 11 titulares.[18] Fez sua primeira partida pelo São Paulo no primeiro jogo do clube no ano de 2013 contra o Mirassol.[19]

Em 2013, após conquistar espaço como titular no clube, disse que o sucesso havia lhe subido à cabeça, ao ter, desnecessariamente, três carros na garagem e por estar "sem foco", não ter entendido a grandeza dos clubes pelos quais passou. Carleto também se disse magoado com a imprensa brasileira. À exceção de Caio Ribeiro, o lateral a considera invasiva no que diz respeito à vida pessoal dos jogadores.[20] Na primeira rodada do Campeonato brasileiro cobrou o escanteio no que resultou no primeiro gol do São Paulo na competição contra a Ponte Preta, batendo o rival por 2 a 0 com o segundo gol de Jadson em 26 de maio de 2013.[21] [22]

Na segunda rodada do campeonato brasileiro, marcou seu primeiro gol pelo São Paulo na vitória de goleada sobre o Vasco por 5 a 1 no Morumbi em 29 de maio de 2013.[23]

Na rodada seguinte, quando o Tricolor empatou por 0 a 0 contra o Atlético-MG, Carleto rompeu os ligamentos cruzados do joelho direito. Dessa maneira, como o prazo de recuperação para este tipo de lesão é de seis meses, o jogador deve voltar a vestir a camisa são-paulina apenas em 2014.[24] No dia 26 de maio, o atleta foi operado. Inicialmente, o diagnóstico era de que o atleta havia rompido o ligamento cruzado anterior. Porém, no decorrer da cirurgia, que durou uma hora e meia, os médicos verificaram que também houve ruptura do posterior. Em função disto, o atleta deve ficar afastado por nove meses.[25]

Ponte Preta[editar | editar código-fonte]

Em 2014, sem espaço no São Paulo, foi emprestado para a Ponte Preta.[26]

Após um ato de indisciplina, Carleto foi devolvido ao São Paulo,[27] clube no qual detém seus direitos econômicos. O lateral-esquerdo fez em dois meses de clube apenas 6 jogos (sendo duas como titular) e marcou somente um gol.

Avaí[editar | editar código-fonte]

Em 2014, após o retorno de empréstimo da Ponte Preta para o São Paulo, foi emprestado novamente, desta vez ao Avaí. A negociação foi anunciada no dia 30 de junho.[28] [29]

Estreou pelo Leão no dia 15 de julho, contra o Atlético-GO, em vitória por 2 a 1.

Na rodada seguinte, Carleto "se vinga" da Ponte Preta fazendo o gol da vitória para o Avaí, em uma bela cobrança de falta.[30]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Até 19 de julho de 2014.

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional[a]
Competições
continentais[b]
Outros
torneios[c]
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Brasil Santos 2007 1 0 - - - - - - 1 0
2008 9 0 - - 2 0 - - 11 0
Total 10 0 - - - - - - 12 0
Espanha Valencia 2008-09 1 0 - - - - - - 1 0
Total 1 0 - - - - - - 1 0
Espanha Elche 2009-10 6 2 - - - - - - 6 2
Total 6 2 - - - - - - 6 2
Brasil São Paulo 2010 2 0 - - - - 1 0 3 0
Total 2 0 0 0 0 0 1 0 3 0
Paraguai Olimpia 2011 2 0 - - - - - - 2 0
Total 2 0 - - - - - - 2 0
Brasil América Mineiro 2011 15 2 - - - - - - 15 2
Total 15 2 - - - - - - 15 2
Brasil Fluminense 2012 8 1 - - 3 1 8 2 19 4
Total 8 1 - - 3 1 8 2 19 4
Brasil São Paulo 2013 3 1 0 0 4 0 12 0 19 1
Total 3 1 0 0 4 0 12 0 19 1
Brasil Ponte Preta 2014 0 0 1 1 0 0 3 0 4 1
Total 0 0 1 1 0 0 3 0 4 1
Brasil Avaí 2014 2 1 0 0 0 0 0 0 2 1
Total 2 1 0 0 0 0 0 0 2 1
Total na carreira 52 7 1 1 7 1 24 1 82 11

Títulos[editar | editar código-fonte]

Santos
Valencia
Fluminense

Estilo de Jogo[editar | editar código-fonte]

Thiago Carleto costuma arriscar muitos chutes de longe, e é preciso nos cruzamentos, atuando pela lateral-esquerda.

Referências

  1. Carleto não sentiu o peso de estrear como titular em um clássico Site oficial do Santos (15/10/2007).
  2. Alemão, Tiago Luís e Carleto promovidos Globo Esporte.com (25/01/2008).
  3. Carleto, cedido al Elche. Página visitada em 20 de Agosto de 2009.
  4. Carleto: ‘I’m very happy to play here’. Página visitada em 1 de Dezembro de 2009.
  5. Olimpia (PAR) anuncia contratação de Carleto, do São Paulo Lancenet (27/01/2011).
  6. Carleto, do São Paulo, é o novo reforço do América-MG Lancenet (28/04/2011).
  7. Carleto se suma a Olimpia y afirma que está para debutar ULTIMAHORA.com (29/01/2008).
  8. Carleto chega ao Fluminense, para fazer sombra para Carlinhos Fluminense Football Club (26/02/2012).
  9. Tempo Real - FLUMINENSE 1 x 1 DUQUE DE CAXIAS Lancenet (04/02/2012).
  10. Boca empata no fim e elimina Fluminense da Libertadores Lancenet (23/05/2012).
  11. Flu visita o Boca em situação diferente da fase de grupos Lancenet (16/05/2012).
  12. Flu celebra título antecipado com festa, 'OLÉ' e derrota para o Cruzeiro Globoesporte.com (18/11/2012).
  13. Em duelo de jovens, experiência de Éder Luís faz a diferença: Vasco 2 a 1. Página visitada em 2 de Dezembro de 2012.
  14. De volta, Carleto revela sondagens para sair, mas avisa: 'Quero ficar'
  15. Rodrigo Caetano admite que Carleto está de saída
  16. Carleto dá a entender que queria seguir no Fluminense. Página visitada em 15 de Dezembro de 2012.
  17. São Paulo recusa proposta do Fluminense e fica com Carleto em 2013
  18. Cortez não se recupera e dá lugar a Carleto em estreia do São Paulo
  19. São Paulo x Mirassol - GLOBOESPORTE.com. Página visitada em 19 de Janeiro de 2012.
  20. Carleto ataca comentaristas boleiros e comemora nova fase: "tinha 3 carros e nem sabia por quê"
  21. São Paulo aproveita bolas paradas para vencer a Ponte na estreia. Página visitada em 25 de Maio de 2013.
  22. EM JOGO NERVOSO, SÃO PAULO ESTREIA COM VITÓRIA SOBRE A PONTE PRETA. Página visitada em 26 de Maio de 2013.
  23. COM GOLS SÓ NO SEGUNDO TEMPO, SÃO PAULO ATROPELA VASCO E VIRA LÍDER. Página visitada em 29 de Maio de 2013.
  24. Carleto sofre ruptura no joelho e fica fora do São Paulo por seis meses
  25. Campeão brasileiro pelo Flu pode parar por nove meses. Página visitada em 13 de Junho de 2013.
  26. Aleluia! Ponte Preta contrata Thiago Carleto, do São Paulo, para Paulistão Chevrolet
  27. Após ato de indisciplina, Ponte devolve Carleto ao São Paulo Terra Networks (1 de abril de 2014). Página visitada em 30 de junho de 2014.
  28. Avaí confirma a contratação de lateral-esquerdo da Ponte Preta, Thiago Carleto Diário Catarinense (30 de junho de 2014). Página visitada em 30 de junho de 2014.
  29. Avaí acerta contratação do lateral-esquerdo Thiago Carleto Info Esporte (30 de junho de 2014). Página visitada em 30 de junho de 2014.
  30. http://globoesporte.globo.com/jogo/brasileiro-serie-b-2014/18-07-2014/avai-ponte-preta.html

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.